Contábeis o portal da profissão contábil

20
Out 2014
22:27

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Entrega da DCTF de empresa inativa

3   respostas
1.165   acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Adriele Andrade

Usuário Novo

postada em: Terça-Feira, 7 de janeiro de 2014 às 10:25:59
Prezados, bom dia.
Empresas inativas devem entregar DCTF?
Desde já agradeço.
Luciana Dias Barros

Usuário 4 Estrelas de Prata

postada em: Terça-Feira, 7 de janeiro de 2014 às 10:31:04
Bom dia Adriele.
Se a empresa estiver realmente inativa não precisa apresentar a DCTF.
Mas para isso a empresa deverá apresentar a Declaração Simplificada da PJ Inativa.
Caso contrário a receita solicitará a apresentação da DCTF.

At.
postada em: Terça-Feira, 7 de janeiro de 2014 às 10:50:41
Bom dia Adriele,


Ver a seguir, Inciso II e § 5º e 6º do Artigo 3º da IN RFB nº 1.110/2010:


Art. 3 º Estão dispensadas da apresentação da DCTF:


II - as pessoas jurídicas que se mantiverem inativas durante todo o ano-calendário ou durante todo o período compreendido entre a data de início de atividades e 31 de dezembro do ano-calendário a que se referirem as DCTF, observado o disposto no inciso II do § 2º deste artigo; ( Redação dada pela Instrução Normativa RFB nº 1.258, de 13 de março de 2012 )

§ 5 º Considera-se pessoa jurídica inativa aquela que não tenha efetuado qualquer atividade operacional, não-operacional, patrimonial ou financeira, inclusive aplicação no mercado financeiro ou de capitais, durante todo o ano-calendário.

§ 6 º Na hipótese do § 5 º , o pagamento, no ano-calendário a que se referir a declaração, de tributo relativo a anos-calendário anteriores e de multa pelo descumprimento de obrigação acessória não descaracterizam a pessoa jurídica como inativa no ano-calendário.



Assim sendo, se a empresa permaneceu INATIVA em todo o ano-calendário, conforme conceito acima, esta dispensada da entrega das DCTF´s, em relação a este ano-calendário.

"O conhecimento é a única riqueza que quando é dividida, automaticamente se multiplica"
Saulo Heusi

Usuário VIP

postada em: Terça-Feira, 7 de janeiro de 2014 às 13:37:34
Boa tarde Adriele

Além das orientações acima, tenha em conta que se a empresa em questão entrou em inatividade no curso do ano calendário de 2013 estará obrigada também a transmissão do EFD-Contribuições conforme disposto no § 2º do Artigo 5º da IN RFB 1252/2012 cuja integra dispõe:

Art. 5º Estão dispensados de apresentação da EFD-Contribuições:

III - as pessoas jurídicas que se mantiveram inativas desde o início do ano-calendário ou desde a data de início de atividades, relativamente às escriturações correspondentes aos meses em que se encontravam nessa condição;

§ 2º As pessoas jurídicas que passarem à condição de inativas no curso do ano-calendário, e assim se mantiverem, somente estarão dispensadas da EFD-Contribuições a partir do 1º (primeiro) mês do ano-calendário subsequente à ocorrência dessa condição, observado o disposto no inciso III do caput .


Note que o Mário informou que para a dispensa da DCTF a empresa deve estar inativa durante todo o ano calendário, a mesma regra também vale para a EFD-Contribuições.

...

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.32 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César