Contábeis o portal da profissão contábil

20
Abr 2014
20:28
você está em:

FÓRUM CONTÁBEIS » Contabilidade

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Bens de pequeno valor

36respostas
50.328acessos
  

mostrando página 1 de 2
1 2

POSTS RELACIONADOS

Levy Lozano Campos

Usuário Iniciante

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens46
pontos252
membro desde18/02/2008
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quinta-Feira, 12 de junho de 2008 às 16:33:16
Olá colegas,

Por favor até que valor pode-se considerar um bens como despesa direto não tendo necessidade de deprecia-lo, e neste caso como ficaria o lançamento?

Por exemplo, a compra de uma impressora Deskejet no valor de R$ 299,00 à vista, como ficaria o lançamento? Posso lançar ela normalmente e seguir a depreciação?

Grato.
Ricardo C. Gimenez

Moderador

profissãoAssessor(a) Contabilidade
mensagens3.363
pontos34.876
membro desde27/02/2008
cidadeLins - SP
Postada:Quinta-Feira, 12 de junho de 2008 às 16:50:51
Boa tarde, Levy

Segundo instruções da Receita Federal, sim, esta impressora pode ser lançada diretamente como despesa. Observe esta consulta:

336 - Podem ser consideradas como despesas operacionais as aquisições de bens de pequeno valor?

Sim. Poderá ser deduzido, como despesa operacional, o custo de aquisição de bens do ativo permanente cujo prazo de vida útil não ultrapasse a um ano ou de valor unitário não superior a R$326,61 (valor vigente a partir de 01/01/1996), desde que atinja a utilidade funcional individualmente (não empregados em conjunto, RIR/1999, art. 301). Sobre bens em conjunto vide os PN CST no 100, de 1978 e no 20, de 1980.

Fonte: Receita Federal

Em relação à depreciação, convém mencionar que são passíveis de disto somente os bens registrados no Imobilizado. Considerando que este bem não será assomado ao Ativo, não será possível o depreciar. Trando-se de uma empresa optante pelo lucro real, a melhor opção seria classificar o bem diretamente como despesa, visto que sua depreciação seria de 5 anos.

e-mail de moderador: rcgimenez.moderador@gmail.com
skype : rc.gimenez - twitter: rcgimenez
http://www.blogdoprofessorricardo.blogspot.com.br
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
Ricardo C. Gimenez

Moderador

profissãoAssessor(a) Contabilidade
mensagens3.363
pontos34.876
membro desde27/02/2008
cidadeLins - SP
Postada:Quinta-Feira, 12 de junho de 2008 às 19:49:48
Complementando:

Fiscalmente, a imobilização do bem de pequeno valor é opcional e contabilmente, para fins de análise, seria bom imobilizar.

No entanto, a decisão depende do planejamento tributário, que leva em conta a forma de tributação da empresa.

e-mail de moderador: rcgimenez.moderador@gmail.com
skype : rc.gimenez - twitter: rcgimenez
http://www.blogdoprofessorricardo.blogspot.com.br
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
Marco Aurelio Bitencourt

Usuário 5 Estrelas

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens190
pontos1.162
membro desde10/12/2007
cidadeSerra - ES
Postada:Quinta-Feira, 12 de junho de 2008 às 20:05:53
Como já citado acima pelo colega Ricardo, imobilização de pequeno valor é opcional, mas se quiser lançar como despesa, poderia criar uma conta dentro de Despesas Operacionais com o nome de "Bens de Natureza Pernamente Não Imobilizado".
Levy Lozano Campos

Usuário Iniciante

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens46
pontos252
membro desde18/02/2008
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Segunda-Feira, 16 de junho de 2008 às 13:54:43
Valeu amigos, muito obrigado. Um abraço a todos.
Luiz Jose do Nascimento

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens1
pontos14
membro desde04/11/2009
cidadeMaceio - AL
Postada:Terça-Feira, 24 de novembro de 2009 às 22:47:47
Luiz,
Gostaria de saber dos amigos:
Sabendo que o valor minimo para considerar um bem do imobilizado é de R$ 326,61, mas se um bem com seu valor inferior a R$ 326,61, e com vida util de mais de um ano, ele pode ser lançado no imobilizado.

Ex.: Uma clinica medica comprou um estetoscopio no valor de R$ 100,00 uma bandeja inox para curativo R$ 50,00 esses bens logico tem vida util mais de um ano. Os mesmos podem ser lançados direto no imobilizado?.

Ficarei grato se alguem mim ajudar.
Reginaldo Teixeira da Silva

Usuário Iniciante

profissãoContador(a)
mensagens57
pontos1.173
membro desde26/08/2009
cidadeTeresina - PI
Postada:Quarta-Feira, 25 de novembro de 2009 às 02:04:56
Interessante a colocação do colega Luiz José.

Esse questionamento também levantei com os meus colegas de trabalho e chegamos ao consenso de que melhor seria contabilizá-los diretamente na Despesa Operacional seguindo o que estabelece o RIR/1999, porém para efeito de controle físico da real situação do Patrimônio da Entidade fazemos os registros nos controles de Imobilizado, também como Bens Permanentes porém não depreciáveis.
Ricardo C. Gimenez

Moderador

profissãoAssessor(a) Contabilidade
mensagens3.363
pontos34.876
membro desde27/02/2008
cidadeLins - SP
Postada:Quarta-Feira, 25 de novembro de 2009 às 11:12:42
Bm dia, Luiz Jose do Nascimento


Bem vindo ao Fórum Contábeis!

Sabendo que o valor minimo para considerar um bem do imobilizado é de R$ 326,61, mas se um bem com seu valor inferior a R$ 326,61, e com vida util de mais de um ano, ele pode ser lançado no imobilizado.

Antes de deixar minha opinião, é importante apresentar o Art. 301 do Regulamento do Imposto de Renda, com grifos meus:

Art. 301. O custo de aquisição de bens do ativo permanente não poderá ser deduzido como despesa operacional, salvo se o bem adquirido tiver valor unitário não superior a trezentos e vinte e seis reais e sessenta e um centavos, OU prazo de vida útil que não ultrapasse um ano (Decreto-Lei nº 1.598, de 1977, art. 15, Lei nº 8.218, de 1991, art. 20, Lei nº 8.383, de 1991, art. 3º, inciso II, e Lei nº 9.249, de 1995, art. 30).

§ 1º Nas aquisições de bens, cujo valor unitário esteja dentro do limite a que se refere este artigo, a exceção contida no mesmo não contempla a hipótese onde a atividade exercida exija utilização de um conjunto desses bens.

§ 2º Salvo disposições especiais, o custo dos bens adquiridos ou das melhorias realizadas,
cuja vida útil ultrapasse o período de um ano, deverá ser ativado para ser depreciado ou amortizado (Lei nº 4.506, de 1964, art. 45, § 1º).

Conclusões:
1) Se o bem tiver valor inferior a R$ 326,61 e/ou duração inferior a 1 ano, ele poderá ser jogado diretamente em despesas;

2) Indepentendemente do valor ser maior ou menor que R$ 326,61, se o bem durar mais que um ano ele deverá ser imobilizado.


Bom trabalho

e-mail de moderador: rcgimenez.moderador@gmail.com
skype : rc.gimenez - twitter: rcgimenez
http://www.blogdoprofessorricardo.blogspot.com.br
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
Ricardo C. Gimenez

Moderador

profissãoAssessor(a) Contabilidade
mensagens3.363
pontos34.876
membro desde27/02/2008
cidadeLins - SP
Postada:Quarta-Feira, 25 de novembro de 2009 às 11:30:12
Bom dia, Reginaldo


chegamos ao consenso de que melhor seria contabilizá-los diretamente na Despesa Operacional seguindo o que estabelece o RIR/1999, porém para efeito de controle físico da real situação do Patrimônio da Entidade fazemos os registros nos controles de Imobilizado, também como Bens Permanentes porém não depreciáveis.

Minha opinião pessoal é que sua empresa está usando dois pesos e duas medidas, o que pode ocasionar alguma insegurança, e por outro lado, de acordo com sua afirmação, não é possível controlar por registros no Imobilizado os valores de bens que foram classificados como despesas, e se eles estão imobilizados devem sim ser depreciados, de acordo com as normas contábeis.

Portanto, conclui-se que se a legislação facultar classificar como despesa, conforme as fontes em minha postagem anterior, e se a empresa assim quiser, os bens de pequeno valor vão para as despesas e não se fala mais nisto, e se a empresa pretender os imobilizar, ou a lei mandar, a depreciação torna-se obrigatória, por questões profissionais


Saudações

e-mail de moderador: rcgimenez.moderador@gmail.com
skype : rc.gimenez - twitter: rcgimenez
http://www.blogdoprofessorricardo.blogspot.com.br
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
Edson Ribeiro

Usuário Novo

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens3
pontos19
membro desde18/09/2009
cidadeSao Jose dos Campos - SP
Postada:Quinta-Feira, 26 de novembro de 2009 às 11:56:27
Mensagem Editada por Edson Ribeiro em 26/11/2009 11:58:21
Mensagem Editada por Edson Ribeiro em 26/11/2009 11:59:55
Bom dia amigos,
E se eu comprar um bem de R$1000,00 com vida util acima de 1 ano e contabilizar direto como despesa operacional, posso vir a ter alguma penalidade?

Saudaçoes
Ricardo C. Gimenez

Moderador

profissãoAssessor(a) Contabilidade
mensagens3.363
pontos34.876
membro desde27/02/2008
cidadeLins - SP
Postada:Quinta-Feira, 26 de novembro de 2009 às 12:51:01
Boa tarde, Edson


Se estivermos falando de uma empresa tributada com base no lucro real, em uma ação fiscal tal despesa é passível de ser glosada pelo AFTN e a empresa automaticamente intimada a pagar a diferença de impostos, fora os conceitos de despesas fictícias, contabilidade fraudulenta, etc, que certamente servirão de base para outros processos.

Vale lembrar que a contabilização deste bem no Ativo Imobilizado é obrigatória pela legislação vigente.


Saudações

e-mail de moderador: rcgimenez.moderador@gmail.com
skype : rc.gimenez - twitter: rcgimenez
http://www.blogdoprofessorricardo.blogspot.com.br
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
M Messias Santos

Usuário 2 Estrelas Douradas

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens1.644
pontos9.661
membro desde25/11/2007
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quinta-Feira, 26 de novembro de 2009 às 17:15:57
Mensagem Editada por M Messias Santos em 26/11/2009 17:16:53
Edson Ribeiro

É como o Ricardo falou. Fazendo isto voce está diminindo ilegalmente a base do IRPJ e CSLL.

Voce só pode contabilizar como despesas se o valor do bem for igual ou inferior a R$326,21 e se a prazo de vida util do bem for menor do que um ano, se for maior do que um ano voce tem que imobilizar.
Art 301 RIR/99

Só sei que nada sei.
Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância.
frases do Mestre dos Mestres-SÓCRATES
Mariano Carneiro da Cunha Rijo

Usuário Iniciante

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens31
pontos184
membro desde15/09/2009
cidadeRecife - PE
Postada:Quinta-Feira, 3 de dezembro de 2009 às 16:51:35
Grande debate, me ajudou muito. Obrigado a todos.


Tenham uma boa tarde
Marcelo Lobrito

Usuário Novo

profissãoController
mensagens2
pontos15
membro desde23/06/2010
cidadeBauru - SP
Postada:Segunda-Feira, 5 de julho de 2010 às 13:49:32
Se caso podemos imobilizar os Bens de pequenos valores, ai surge uma dúvida:

"Qual seria a sua taxa de Depreciação? "

Deprecia tudo em um tempo de 5 anos? Deprecia com a sua respectiva vida útil (puts, seria loucura hein, não apenas pra identificar o tempo, mas também para controlar) ?

Obrigado!
M Messias Santos

Usuário 2 Estrelas Douradas

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens1.644
pontos9.661
membro desde25/11/2007
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Segunda-Feira, 5 de julho de 2010 às 14:12:52
Marcelo Lobrito

Seja bem vindo ao forum.

A taxa de depreciação não depende do valor do bem.

Faça uma busca aqui no forum que voce irá encontrar a relação de taxa de depreciação para cada bem.

Só sei que nada sei.
Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância.
frases do Mestre dos Mestres-SÓCRATES
Marcelo Lobrito

Usuário Novo

profissãoController
mensagens2
pontos15
membro desde23/06/2010
cidadeBauru - SP
Postada:Segunda-Feira, 5 de julho de 2010 às 17:15:47
Olá!

Obrigado! Eu estou a um bom tempo acompanhando o forum (só faltava postar).

Eu já procurei saber sobre as depreciações dos bens de pequenos valores, e o site mais "completo" que eu encontrei foi esse:

http://www.mmcontabilidade.com.br/flash/taxasdepreciacao.htm

Porém o que eu queria saber, é que em vez de eu colocar uma taxa individual para cada bem, eu não poderia simplesmente depreciar tudo por uma taxa só.

OBS: eu estou postando pelo simples fato de não ter encontrado essa resposta tanto no Fórum quanto no Google. Se alguem souber, me avise! Obrigado!
M Messias Santos

Usuário 2 Estrelas Douradas

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens1.644
pontos9.661
membro desde25/11/2007
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 6 de julho de 2010 às 09:18:00
Marcelo Lobrito

Porém o que eu queria saber, é que em vez de eu colocar uma taxa individual para cada bem, eu não poderia simplesmente depreciar tudo por uma taxa só


Infelizmente não pode, cada bem possue sua taxa. A maioria dos software de contabilidade faz o calculo automaticamente. Eu uso uma planilha do excel para esta finalidade. Só mudo a data e os cálculos são feito automaticamente

No link abaixo voce irá encontrar 2 anexos onde consta as taxas por bem.



Depreciações

Só sei que nada sei.
Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância.
frases do Mestre dos Mestres-SÓCRATES
Decio Soares de Matos

Usuário Novo

profissãoEncarregado(a) Contabilidade
mensagens3
pontos53
membro desde01/07/2010
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Sexta-Feira, 16 de julho de 2010 às 11:07:30
Mensagem Editada por Ricardo C. Gimenez em 16/07/2010 12:56:01

Bom dia a todos...

Poxa otimo isso só temos a aprender esclareçer duvidas

acrescentar conheçimentos...

Decio Soares de Matos

Usuário Novo

profissãoEncarregado(a) Contabilidade
mensagens3
pontos53
membro desde01/07/2010
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 20 de julho de 2010 às 12:23:24
Mensagem Editada por Ricardo C. Gimenez em 21/07/2010 08:45:20
boa tarde a todos, especialmente ao pessoal do forum....

estou com um problema ou melhor duvida ....

fechamos 2009 entregamos o sped contabil , só que fomos

verificar o saldo de uma conta bancaria nao bate com

o extrato sendo que o sped ja foi enviado, gostaria de

saber se poderá dar algum problema e se posso ajustar

esse saldo em janeiro 2010.

agradeço mais uma vez aos senhores...

decio soares


Nota da Moderação
Mensagem editada por ter sido redigida toda em LETRAS MAIÚSCULAS, o que segundo as Regras do Fórum é desaconselhável.
M Messias Santos

Usuário 2 Estrelas Douradas

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens1.644
pontos9.661
membro desde25/11/2007
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 20 de julho de 2010 às 13:05:22
Mensagem Editada por M Messias Santos em 20/07/2010 13:06:53
Decio Soares de Matos

Em primeiro lugar procure não escrever seus tópicos em maiuscula. Se voce lê as regras do forum verás que há este alerta.

Em segundo lugar digite aqui os lançamentos que tem de ser feitos para regularizar o saldo da conta. Feito isto o pessoal do forum te dará a resposta correta.

Só sei que nada sei.
Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância.
frases do Mestre dos Mestres-SÓCRATES
Danielle Araujo

Usuário Novo

profissãoAnalista Fiscal
mensagens4
pontos46
membro desde18/05/2011
cidadeFortaleza - CE
Postada:Sexta-Feira, 29 de julho de 2011 às 11:04:28
Gostaria de saber se bens de reduzido valor podem sair como comodato, caso nao possa, seria doação? Só que assim eu não receberia de volta.
Neusa Vil

Usuário Ativo

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens111
pontos1.460
membro desde01/11/2007
cidadeRibeirao Preto - SP
Postada:Sexta-Feira, 29 de julho de 2011 às 20:01:36
boa noite messias,


lendo este topico , li que vc, tem a planilha de depreciacao, vc , poderia se possivel colocar a disposicao dos colegas , e que estou precisando fazer depreciacao de varios bens de pequenos.


agradeco antecipado sua colaboracao
Ricardo C. Gimenez

Moderador

profissãoAssessor(a) Contabilidade
mensagens3.363
pontos34.876
membro desde27/02/2008
cidadeLins - SP
Postada:Quarta-Feira, 10 de agosto de 2011 às 14:54:07
Boa tarde, Danielle Araujo


Gostaria de saber se bens de reduzido valor podem sair como comodato, caso nao possa, seria doação? Só que assim eu não receberia de volta.

Entendo que podem ser cedidos a terceiros a título de comodato somente os bens "Ativados", isto é, classificados no Ativo.

Quando algum bem deste tipo é adquirido e já classificado nas contas de resultado como despesa com bens de pequeno valor, seria incoerente classificar o fato de remetê-lo a terceiros como "despesas com doação" porque a mesma coisa estaria sendo lançada duas vezes como despesa, além de não haver conta credora suficiente para isto.

Portanto, o lançamento mais sensato para a doação de um bem já classificado como despesa seria o de transferência entre contas:

D) Despesas com Doações
C) Despesas com Bens de Pequeno Valor

Por outro lado, de acordo com as características do fato, caso se trate de comodato, e não uma doação pura e simples, julgo mais prudente ativar o bem e depois cedê-lo, desde que ele tenha sido adquirido no decorrer do exercício fiscal:

1 - Ativação do bem:
D) Bens de Pequeno Valor (Ativo Permanente)
C) Despesas com Bens de Pequeno Valor (Contas de Resultado)

2 - Cessão do mesmo a título de comodato:
D) Bens em Comodato (Contas de Compensações Ativas)
C) Bens Comodatados (Contas de Compensações Passivas)


Bom trabalho

e-mail de moderador: rcgimenez.moderador@gmail.com
skype : rc.gimenez - twitter: rcgimenez
http://www.blogdoprofessorricardo.blogspot.com.br
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
Camila Melo

Usuário Ativo

profissãoContador(a)
mensagens128
pontos1.094
membro desde07/12/2007
cidadeRibeirao Preto - SP
Postada:Quarta-Feira, 5 de outubro de 2011 às 13:30:41
Mensagem Editada por Camila Melo em 05/10/2011 14:05:21
Boa tarde!

Eu posso ter uma conta de bens de pequeno valor no Ativo Permanente?

Se sim , como funcionaria?

Esse meu post é com base nesse ultimo comentário do Ricardo, com isso, fiquei na duvida...

Outra duvida... Suponhamos que o bem que tenho em mãos eu já classifiquei como "Desp. Bens de pequeno valor" nesse caso qual cfop devo utilizar para dar entrada nessa NF?

Obrigada,

Camila Melo
Contadora
Luiz Carlos Mendonça

Usuário Novo

profissãoAuxiliar Contabilidade
mensagens21
pontos286
membro desde18/08/2011
cidadeEstiva - MG
Postada:Quarta-Feira, 8 de fevereiro de 2012 às 08:37:59
Bom Dia Colegas,
Estava com duvidas quanto o lançamento de bens de menor valor, e no decorrer da leitura deste tópico, tive uma outra duvida, o nosso amigo Ricardo C. Gimenez, conclui que:
Conclusões:
1) Se o bem tiver valor inferior a R$ 326,61 e/ou duração inferior a 1 ano, ele poderá ser jogado diretamente em despesas;

2) Indepentendemente do valor ser maior ou menor que R$ 326,61, se o bem durar mais que um ano ele deverá ser imobilizado.


Esta vida util de bem maior que um ano, é a vida em relação a depreciação? Ou apenas considerando que esse bem venha a durar mais de um ano ou não? Sendo que no anexo Anexo I, nao existe bem com vida util de um ano.

Desde ja Agradeço a Atenção.
Obrigado.

Luiz Carlos Mendonça
Auxiliar contábil
http://www.facebook.com/luizcarlosmendonca
profissãoCoordenador(a) Fiscal
mensagens9
pontos111
membro desde28/07/2011
cidadeOsasco - SP
Postada:Quinta-Feira, 16 de fevereiro de 2012 às 14:22:38

Boa tarde Pessoal,

Estou com a mesma dúvida da nossa amiga Camila Melo, pra não ser repetitivo, alguem poderia nos ajudar? Minha dúvida mesmo é ref a CFOP de entrada.

Obrigado.
profissãoAuxiliar Contabilidade
mensagens8
pontos53
membro desde17/11/2011
cidadeTucurui - PA
Postada:Sexta-Feira, 31 de agosto de 2012 às 09:43:41
Como lançar no livro razão uma compra de bem pro ativo imobilizado? qual conta debita e qual conta credita?
Luiz Carlos Mendonça

Usuário Novo

profissãoAuxiliar Contabilidade
mensagens21
pontos286
membro desde18/08/2011
cidadeEstiva - MG
Postada:Quarta-Feira, 5 de setembro de 2012 às 14:33:06
Boa Tarde mara Cristina,

Na aquisição de bens para o ativo imobilizado, deve se registrar o bem em sua respectiva conta, por exemplo veiculos, terreno, etc.

O lançamento contabil pode ser, como exemplo, na compra de um veiculo financiado.

D-Veiculos (AI)
C-Financiamentos (PNC)
Pelo seu valor de aquisição.

Att,

Luiz Carlos Mendonça
Auxiliar contábil
http://www.facebook.com/luizcarlosmendonca
Diego Oliveira Santana

Usuário Freqüente

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens91
pontos836
membro desde04/06/2012
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quarta-Feira, 5 de setembro de 2012 às 18:18:38
Luiz, no exemplo citado provavelmente tem juros.
Suponhamos que o veículo A custe R$8.000,00 à vista, mas caso você financie, ele sairá por R$10.000,00. Nesse caso, os lançamentos serão os seguintes:

D - Veículos (Ativo Imobilizado) 8.000,00
D - Juros Passivos a Transcorrer (PNC) 2.000,00
C - Financiamentos (PNC) 10.000,00

Diego Oliveira Santana
Contador 1SP292724
Luiz Carlos Mendonça

Usuário Novo

profissãoAuxiliar Contabilidade
mensagens21
pontos286
membro desde18/08/2011
cidadeEstiva - MG
Postada:Quinta-Feira, 6 de setembro de 2012 às 08:13:17
Sim Diego, concordo com você em seu lançamento, mas apenas dei um exemplo para especificar basicamente o que seria feito, ja que a nossa colega não detalhou sua duvida.

Att,

Luiz Carlos Mendonça
Auxiliar contábil
http://www.facebook.com/luizcarlosmendonca

mostrando página 1 de 2
1 2

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

Facebook

Receba Novidades


POSTS RELACIONADOS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

Quem participa

Facebook


Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.72 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César