Contábeis o portal da profissão contábil

26
Nov 2014
03:09
você está em:

FÓRUM CONTÁBEIS » Contabilidade

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


ESTOQUE FINAL

46   respostas
53.092   acessos
  

mostrando página 1 de 2
1 2

POSTS RELACIONADOS

Marcos Santelli

Usuário Frequente

postada em: Sexta-Feira, 1 de agosto de 2008 às 15:38:51
estou com duvidas para contabilizar o estoque de uma empresa lucro real, é o seguinte.

um exemplo

estoque inicial: 1.500,00
compras: 700,00
estoque final: 900,00 ( inventario)

cmv: 1.300,00

pis a recuperar: 11,55
cofins a recuperar: 53,20
icms a recuperar: 49,00

estou contabilizando assim:

D: ESTOQUE
C: FORNECEDORES: 700,00

D: ICMS A RECUPERAR
C: ESTOQUE: 49,00

D: PIS A RECUPERAR
C: ESTOQUE: 11,55

D: COFINS A RECUPERAR
C: ESTOQUE: 53,20

D: CMV
C: ESTOUE: 1.300,00

Gostaria de saber se esta correto esses lançamentos, no caso o estoque final ficou com um saldo de 786,25.
André Controller

Usuário 5 Estrelas

postada em: Sexta-Feira, 1 de agosto de 2008 às 16:37:09
Boa tarde.

Como você apurou o seu CMV? Como chegou ao valor de R$ 1300,00?

AMS
Marcos Santelli

Usuário Frequente

postada em: Sexta-Feira, 1 de agosto de 2008 às 16:54:59
andré ei + c -ef= cmv

ou seja 1500,00 + 700,00 - 900,00 = 1.300,00
Ricardo C. Gimenez

Moderador

postada em: Sexta-Feira, 1 de agosto de 2008 às 17:21:40
Marcos Santelli


Considerando que os impostos a recuperar que estão embutidos no valor das notas de entradas das mercadorias, são destacados do valor da compra nos lançamentos contábeis de entradas, o saldo contábil sempre será o valor puro das mercadorias.

Portanto, o saldo final do estoque para ser utilizado na fórmula de cálculo do CMV para estoques de empresas que não tenham controle permanente só será válido se pegarmos a listagem do inventário fornecido pela empresa (que será bruto) e nesta listagem, produto por produto extrairmos os valores dos impostos a recuperar que contabilmente já foram destacados e utilizados (sabe-se que dentre estes produtos alguns são isentos, outros são por substituição tributária, etc.).

Desta maneira, seriam incabíveis os lançamentos supervenientes que você propôs:
D: ICMS A RECUPERAR
C: ESTOQUE: 49,00

D: PIS A RECUPERAR
C: ESTOQUE: 11,55

D: COFINS A RECUPERAR
C: ESTOQUE: 53,20


Fazendo estes lançamentos, os impostos que já foram deslocados para a recuperação estariam sendo destacados pela segunda vez, distorcendo o valor final do CMV e também criando um valor fictício de impostos a recuperar.

Esta é minha opinião.

e-mail de moderador: rcgimenez.moderador@gmail.com
skype : rc.gimenez - twitter: rcgimenez
http://www.blogdoprofessorricardo.blogspot.com.br
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
André Controller

Usuário 5 Estrelas

postada em: Sexta-Feira, 1 de agosto de 2008 às 17:23:09
Desculpe Marcos, não me expessei bem...

Seu estoque final deverá ser de R$ 786,25, OK?
Neste caso você deverá alterar o seu CMV.

Você já apresentou um número fechado para o CMV, o que me fez pensar em um "Custo apurado" e não em um "Custo calculado por fómula".

AMS
Marcos Santelli

Usuário Frequente

postada em: Sexta-Feira, 1 de agosto de 2008 às 17:29:03
André neste caso, os lançamentos são esses mesmo então, so terei que rever meus conceitos em relação ao CMV.
Luiz José

Moderador

postada em: Sexta-Feira, 1 de agosto de 2008 às 22:50:09
Boa noite amigos.


Ricardo, sem entrar no mérito da questão, apenas utilizando os dados informados temos o segunte:

Pela contabilização da compra:

D -ESTOQUE 586,25
D -ICMS A RECUPERAR 49.00
D - PIS A RECUPERAR 11,55
D - COFINS A RECUPERAR 53,20
C - FORNECEDORES 700,00

Apuração do CMV

Estoque inicial 1.500,00
(+) Compras 586,25
(- )Estoque final 900,00
=CMV 1.186,25

Lembrando que o estoque final é o apurado pelo invetário correto? então é 900,00 mesmo.

Dessa forma o valor do CMV seria 1.186,25 ou vocês querem que volte para o banco da escola? :)

AVISO AOS NAVEGANTES: Qualquer pessoa tem o direito de presumir–se inocente até a sua culpabilidade ser provada. Cabe a cada um ser reto em suas ações para que seja sempre inocente.
André Controller

Usuário 5 Estrelas

postada em: Segunda-Feira, 4 de agosto de 2008 às 10:40:33
Bom dia.

Luiz, você esta completamente certo!!!

AMS
postada em: Sexta-Feira, 15 de agosto de 2008 às 08:52:10
Ola
E o lançamento na contabilidade com se realiza.

Digamos que minha empresa tem um saldo anterior no estoque de 36.500,00 eu comprei 25.000,00 saldo atual 61500,00.

D-
C-?
Claudio Rufino

Moderador

postada em: Sexta-Feira, 15 de agosto de 2008 às 09:40:39
Edson Ubiratan de Oliveira, bom dia.

A sistemática para apuração do estoque final, está além do simples Ef = Ei + compras - vendas, isoto por que há todo um enredo envolvido e para darmos inicio nesse estudo, eis aqui um exemplo bem prático que certamente irá ajuda-lo a entender de forma clara e objetiva, vale lembrar que os valores aqui apresentados são meramente hipotéticos e nos servirão de parâmetros.

CUSTO DAS MERCADORIAS VENDIDAS - CMV
A apuração do custo das mercadorias vendidas está diretamente relacionada aos estoques da empresa, pois representa a baixa efetuada nas contas dos estoques por vendas realizadas no período.
O custo das mercadorias vendidas pode ser apurado através da equação:

CMV = EI + C - EF
Onde:
CMV = Custo das Mercadorias Vendidas
EI = Estoque Inicial
C = Compras
EF = Estoque Final (inventário final)

RESULTADO COM MERCADORIAS - RCM
O resultado com mercadorias surge do confronto entre as vendas efetuadas e o custo das mercadorias vendidas.
Se o valor das vendas for maior do que o CMV, pode-se dizer que houve um lucro bruto.
Se o valor das vendas for menor do que o CMV, pode-se dizer que houve um prejuízo com mercadorias.
O resultado com mercadorias pode ser apurado através da equação:

RCM = V - CMV
Onde:
RCM = Resultado Com Mercadorias
V = Vendas
CMV = Custo das Mercadorias Vendidas

Consideraremos os seguintes dados para calcular o resultado com mercadorias no período de 01.01.01 a 31.03.01.
Estoque em 01.01.01 R$ 1.600,00
Compras para revenda R$ 1.300,00
Vendas de mercadorias R$ 3.840,00
Compras devolvidas R$ 300,00
PIS/Cofins R$ 930,00
Fretes R$ 250,00
Vendas canceladas R$ 100,00
Estoque inventariado (31.03.01) R$ 1.270,00
ICMS sobre compras e vendas - alíquota de 17%.
Assim temos:
Compras totais R$ 1.300,00
(-) ICMS sobre compras R$ 170,00
(-) Compras devolvidas R$ 300,00
(+) Fretes R$ 250,00
(=) Compras Líquidas R$ 1.080,00
Nota: ICMS sobre compras: 17% de R$ 1.300,00 = R$ 221,00
ICMS compras devolvidas: 17% de R$ 300,00 = R$ 51,00
Valor líquido da conta ICMS sobre compras R$ 170,00

Vendas totais R$ 3.840,00
(-) ICMS sobre vendas R$ 635,80
(-) Vendas canceladas R$ 100,00
(-) PIS/Cofins R$ 930,00
(=) Vendas Líquidas R$ 2.174,20
Nota: ICMS sobre vendas: 17% de R$ 3.840,00 = R$ 652,80
(-) ICMS sobre devoluções: 17% de R$ 100,00 = R$ 17,00
(=) Valor líquido da conta de ICMS sobre vendas R$ 635,80

Substituindo nas fórmulas teremos:

CMV = EI + C - EF
CMV = 1.600,00 + 1.080,00 - 1.270,00
CMV = 1.410,00
RCM = V - CMV
RCM = 2.174,20 - 1.410,00
RCM = 764,20

Com base nos dados acima, os registros contábeis poderão ser efetuados do seguinte modo:

a) Pelo valor do estoque inicial em 01.01.01:
D - CUSTO DE MERCADORIAS VENDIDAS (Conta de Resultado)
C - ESTOQUE DE MERCADORIAS (Ativo Circulante) R$ 1.600,00

b) Pelo valor das compras efetuadas no período:
D - CUSTO DE MERCADORIAS VENDIDAS (Conta de Resultado)
C - COMPRAS (Conta de Resultado) R$ 1.080,00

c) Pelo valor do estoque final inventariado em 31.03.01:
D - ESTOQUE DE MERCADORIAS (Ativo Circulante)
C - CUSTO DE MERCADORIAS VENDIDAS (Conta de Resultado) R$ 1.270,00

d) Pela transferência do custo para o resultado com mercadorias:
D - RESULTADO COM MERCADORIAS (Conta de Resultado)
C - CUSTO DE MERCADORIAS VENDIDAS (Conta de Resultado) R$ 1.410,00

e) Pela transferência das vendas para o resultado com mercadorias:
D - VENDAS (Conta de Resultado)
C - RESULTADO COM MERCADORIAS (Conta de Resultado) R$ 2.174,20

f) Pela transferência do Resultado com mercadorias para apuração do resultado do exercício:
D - RESULTADO COM MERCADORIAS (Conta de Resultado)
C - RESULTADO DO EXERCÍCIO (Conta de Resultado) R$ 764,20

Bons estudos!!!

Não as franquias de serviços contábeis
Professor de Contabilidade
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/
twitter @claudio_rufino
skype : c_rufino
@FCSContabeis
http://www.facebook.com/fcscontabeis
postada em: Segunda-Feira, 25 de agosto de 2008 às 13:25:41
o tecnico contabil antes responsável pela empresa fez o seguinte lançamento :
No custo de aquisição de mercadorias:
D-Mercadorias para Revenda
C- Fornecedor
já com ás deduções, eu tenho certeza que nesse caso os lançamentos estão aumetando ás minhas despesas sem um controle está correto.
Claudio Rufino

Moderador

postada em: Segunda-Feira, 25 de agosto de 2008 às 13:35:21
Caro amigo Edson Ubiratan de Oliveira.

O que necessariamente o amigo quer dizer com essa afirmativa? ou é uma dúvida? geltileza ser mais conciso, posto que sua pergunta e/ou afirmativa está muito confusa, motivo pelo qual talvez não obterás uma resposta satisfatória.

Sds.

Não as franquias de serviços contábeis
Professor de Contabilidade
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/
twitter @claudio_rufino
skype : c_rufino
@FCSContabeis
http://www.facebook.com/fcscontabeis
postada em: Segunda-Feira, 25 de agosto de 2008 às 15:53:54
Ola me desculpe se me expresei mau.

estou com duvida no seguinte lançamento :

D - Mercadorias para revenda ( Resultado)
C - Fornecedor

o lançamento esta sendo lançado direto no custo de mercadorias este lançamento é correto pois no final do periodo é realizado o C.M.V ?
postada em: Quinta-Feira, 7 de janeiro de 2010 às 15:28:09
Boa tarde

Estou com uma dúvida e gostaria de ajuda

Considerem os seguintes dados:

1) Empresa comercial inscrita no simples
2) Estoque Inicial: 378.036,62
3) Compras: 925.492,21
4) Vendas: 702.251,51

Como calcular o Estoque Final e o CMV?
Quais seriam o(s) lançamento(s)?
postada em: Quinta-Feira, 7 de janeiro de 2010 às 15:34:10
oi ,alguem pode me ajudar ?
preciso saber como contabilizar a compra e a venda de um veiculo por consignação
digamos que o veiculo seja no valor de 35.000,00,sei que uso as contas de compensaçao mais contabilizo o lançamento em si ?
grato pela atenção

thomas
Claudio Rufino

Moderador

postada em: Quinta-Feira, 7 de janeiro de 2010 às 15:36:41
Ef = Ei + compras - vendas

CMV = EI + C - EF

Ps...

Se você olha a postagem de acima verá que sua duvida já foi respondida.

Sds.

Não as franquias de serviços contábeis
Professor de Contabilidade
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/
twitter @claudio_rufino
skype : c_rufino
@FCSContabeis
http://www.facebook.com/fcscontabeis
postada em: Quinta-Feira, 7 de janeiro de 2010 às 15:42:58
Eu vi o que foi escrito, mas no caso acima existe icms e no meu não. Fiquei na dúvida porque se for usar a fórmula direto meu CMV será no valor das minhas vendas. Está correto?

Sds
Claudio Rufino

Moderador

postada em: Quinta-Feira, 7 de janeiro de 2010 às 15:46:50
Thomas Cleiton de Santana Silva.

A partir desse link você saberá como contabilizar esse fato.

Sds.

Não as franquias de serviços contábeis
Professor de Contabilidade
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/
twitter @claudio_rufino
skype : c_rufino
@FCSContabeis
http://www.facebook.com/fcscontabeis
postada em: Quinta-Feira, 7 de janeiro de 2010 às 15:47:09
caro colega claudio o sr,teria uma resposta para minha pergunta ? a respeito do lancamento de compra e venda por consignação !!!
Claudio Rufino

Moderador

postada em: Quinta-Feira, 7 de janeiro de 2010 às 16:06:52
Thomas Cleiton de Santana Silva.

Veja no link que lhe indiquei a postagem de Esther.

Lá tem o que voce precisa, basta apenas substituir algumas contas.

Sds.

Não as franquias de serviços contábeis
Professor de Contabilidade
http://www.contabilidadesemsegredos.com.br
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/
twitter @claudio_rufino
skype : c_rufino
@FCSContabeis
http://www.facebook.com/fcscontabeis
postada em: Quinta-Feira, 7 de janeiro de 2010 às 16:09:58
obrigado vou analisar o material..
Paula Ataides Teles

Usuário Novo

postada em: Quinta-Feira, 22 de abril de 2010 às 12:08:01
Bom dia pessoal estou com uma duvida.

Estou realizado o calculo do inventario de uma empresa cuja a atividade dela começou no ano passado.

estoque inicial - 0,00
comprou - 6.049,85
vendeu - 10.057,60

estoque final na contagem deu 7.992,30

eu nao estou encontrado a margem de lucro ???

por favor alguem poderia me ajudar
Saulo Heusi

Usuário VIP

postada em: Domingo, 25 de abril de 2010 às 10:23:07
Bom dia Paula,

A margem do lucro na operação demonstrada acima, é invejavelmente assustadora.

Esta empresa (que não tinha estoques) comprou 6.049,85 vendeu 10.057,60 e ainda tem nos seus estoques 7.992,30 que é muito mais do que comprou.

É claro que deve ter havido algum engano na demonstração dos valores. Torne a demonstrá-los para que possamos responder a seu questionamento.

...

Paula Ataides Teles

Usuário Novo

postada em: Segunda-Feira, 26 de abril de 2010 às 15:28:29
Na contagem fisica do final do periodo os valores referente a compra foi esse mesmo EF-7.992,30 tanto que o CMV deu negativo em R$( 1.942,45), eu fiz uma pesquisa e o q pode entender q qdo CMV da negativo a empresa está sonegando omissao de receita. Por favor qual orientacao voce me daria pra resolver esse problema dessa empresa.

Obrigada


Paula
Saulo Heusi

Usuário VIP

postada em: Domingo, 2 de maio de 2010 às 14:30:58
Boa tarde Paula,

Pelos valores demonstrados por você não dá para afirmar que a empresa está omitindo receitas, pois está ocorrendo o contrário.

De modo simplista se pode dizer que a empresa está comprando menos do que vende, pois o total das compras é inferior ao das vendas. Isto evidencia dois fatos: Ou a empresa está deixando de enviar à contabilidade toda a documentação necessária, ou está comprando sem Notas Fiscais.

Você deve reunir-se com os interessados e solicitar (se for o caso) que lhe enviem toda a documentação para elaboração da contabilidade. Caso se comprove que está havendo aquisição de mercadorias sem a cobertura de Notas Fiscais, é imperativo que sejam notificados do risco fiscal que incorrrem.

A diferença constatada por você será facilmente detectada pelo fisco.

...
Eduardo Dress

Usuário Novo

postada em: Domingo, 5 de setembro de 2010 às 23:28:00
Vou tentar retomar o Assunto proposto pelo Marcos Santelli e comentado pelo Ricardo evitando a abertura de um novo POST.
Gostaria de comentar que não achei nesse fórum e em nenhum outro lugar da internet resposta para minha pergunta.
Minha pergunta é
Quanto nos contadores solicitamos o inventario PERIODICO a uma empresa devemos solicitar o valor do produto sem o valor dos impostos que da direito a credito?
Pegamos uma empresa no lucro real.
- A mesma compra 100 un. de um produto por R$ 80, vende 40 logo:
inventario
60 un produto xxx R$ 80,
Porem não devia informar R$ 80 - (2,4 PIS) - (6,08 COFINS) - (9,6 ICMS) = 61,92

A questão acima é muito pertinente e tem tudo haver com a pergunta do Marcos. Os lançamentos do Marcos estão corretos, mas como visto pelo Luiz José o calculo no CMV estava incorreto
POREM, a colocação do Ricardo é muito valida e é justamente o que eu questiono. Mesmo usando o calculo CMV corrigido pelo Luiz, o CMV de 1.186,25 esta menor, quanto deveria ser maior, visto que se os 900 reais do EF retirados os impostos ficaria menor vamos supor que em torno de R$ 800,00 logo o CMV ficaria em 1086,25.

Então como devemos solicitar o inventario para uma empresa
1. valor unitário - como normalmente é feito
ou
2. valor unitário menos impostos que dão direito a credito
Caso alternativa 1 então com certeza deveremos pegar o inventario, olhar produto por produto e avaliar o credito que cada um gerou.

Nonemar Vicentin de Oliveira

Usuário Frequente

postada em: Sexta-Feira, 17 de setembro de 2010 às 16:14:26
Boa tarde! Gostaria de aproveitar este tópico para enviar uma duvida, se alguem puder me ajudar agradecerei imensamente.

Tenho o seguinte caso: um cliente iniciou a empresa em 2009 e adquiriu mercadorias para revenda, porem ele compra e vende por encomenda, ou seja nao mantem estoque. Acontece que ele é real trimestral e no final de 2009 ele comprou a mercadoria mas a nota fiscal de venda foi emitida com data de janeiro/10, assim precisei calcular o valor do estoque final.

Eu utilizei uma formula que usava no escritorio onde trabalhei que é a seguinte: compras - impostos (icms/ipi) - vendas liquidas - margem lucro.

Gostaria de saber se esta correto o uso da venda liquida (valor venda - icms-ipi), pois aqui onde trabalho hoje eles calculam o estoque final da empresa com base nos valores brutos tanto de venda quanto de compra.

Gostaria de deixar bem claro que eu "nao possuo o valor do estoque final" é justamente esse o valor que preciso encontrar. Digo isso pois ja enviei essa pergunta para uma empresa de consultoria e eles me responderam que tenho que usar a foruma Estoque Inicial+Compras-Vendas -Estoque Final.
Obrigada e desculpe pelo tamanho da mensagem.

Nonemar Vicentin de Oliveira
Assist. Contabil
Americana/SP
Francisco Avelino Jorge

Usuário 2 Estrelas de Prata

postada em: Terça-Feira, 23 de novembro de 2010 às 14:11:47
boa tarde Eduardo,

O seu questionamento é valido. O estoque é composto pelo valor em nota fiscal diminuido do icms, pis e cofins e acrescido das despesas e impostos não recuperáveis (ex. IPI e ICMS ST) .

Por isso as empresas devem dispor de sistema informatizado que deem condições de ao lançar os produtos, fazê-lo pelo valor líquido, conforme acima. Nos sistemas de gestão melhores isso é facilmente feito pela parametrização nos CFOPs, CSTs de PIS e Cofins, CSTs de ICMS, CSTs de IPI e pelo NCM. Com isso quando se lança um produto com o CFOP 5102, CST de pis xxx, cst de cofins xxx e IPI XXX, esses calculos são automaticamente feitos e o estoque fica pelo valor líquido como deve ser.

Nota: A maioria das empresas não dispoem realemente de sistemas que fazem isso.

Espero ter respondido.
Neusa Vil

Usuário Ativo

postada em: Quarta-Feira, 2 de março de 2011 às 16:03:27
Boa tarde

gostaria que os amigos me desce uma orientacao, como faço para achar o estoque de uma empresa.

comprou X
Vendeu Y

qual a formula para achar o estoque final dessa empresa


obrigado pela atencao dos colegas


luiz carlos
Cláudia Vânia Lima

Usuário Novo

postada em: Domingo, 27 de março de 2011 às 12:18:47
Bom dia Cláudio Rufino,

Estou com uma dúvida e gostaria de saber se posso contar com sua ajuda, estive lendo todo este tópico e entendi quase tudo, porém me resta a seguinte dúvida: estou parametrizando um sistema integrando fiscal x contábil, porém gostaria de obter um plano de contas que aborde toda as contas de resultado com mercadorias, visto que o inventário não é permanente, gostaria de saber as naturezas das contas para que o próprio sistema calcule o CMV e o estoque final eu possa levar para o balanço, você poderá me fornecer?

Agradeço antecipadamente,

mostrando página 1 de 2
1 2

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.61 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César