Contábeis o portal da profissão contábil

22
Feb 2017
05:44

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Empresa inativa só falta dar baixa na Prefeitura

6respostas
179acessos
  

Eden Caldas

Usuário Novo

profissão
mensagens2
pontos13
membro desde11/01/2017
cidadeRecife - PE
Postada:Quarta-Feira, 11 de janeiro de 2017 às 18:29:21
Tenho uma empresa inativa desde 2013 e já dei baixa na receita e na junta comercial.
A prefeitura está cobrando imposto mercantil de todos esses anos. Acredito que seja o licenciamento. Lá diz que a empresa está ativa.

Tem alguma forma de eu informar que estava inativa todo esse tempo e eles removerem esses débitos?
A prefeitura entra naquela lei que empresa 5 anos parada pode fechar sem pagar os tributos?
Simplesmente ignorar isso pode me acarretar problemas?

Qual a melhor forma de lidar com isso sem pagar por algo que não usei?
Lucélia Fiuza

Usuário Frequente

profissãoContador(a)
mensagens92
pontos997
membro desde14/04/2010
cidadeBelo Horizonte - MG
Postada:Quinta-Feira, 12 de janeiro de 2017 às 16:14:12
Prezado Eden;
Boa Tarde!

Aqui em BH, existe um processo em que pode-se pleitear a exclusão destas taxas em caso de inatividade comprovada.
Te aconselho a procurar a Prefeitura da sua cidade, munido da documentação da empresa e Declarações de Inativas e Comprovante de Baixa e verificar a possibilidade a pleitear extinção dessas taxas.
Boa Sorte

Lucélia Fiuza
Victor Rodrigues

Usuário Novo

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens3
pontos124
membro desde09/01/2017
cidadePiracicaba - SP
Postada:Quinta-Feira, 12 de janeiro de 2017 às 17:45:07
Boa tarde Eden,
Você deve levar a documentação que comprove a data da qual a empresa fora cancelada à prefeitura, junto com um Ofício explicando a situação, deverá fazer este recurso requerendo a anulação dos débitos posteriores ao cancelamento da empresa. Protocole na prefeitura de sua cidade!
Eden Caldas

Usuário Novo

profissão
mensagens2
pontos13
membro desde11/01/2017
cidadeRecife - PE
Postada:Quinta-Feira, 12 de janeiro de 2017 às 19:07:20
Muito obrigado a ambos. Farei isso.

A cidade em questão é Recife.
Junia Meireles

Usuário 5 Estrelas

profissãoContador(a)
mensagens198
pontos2.064
membro desde11/09/2013
cidadePirapora - MG
Postada:Segunda-Feira, 23 de janeiro de 2017 às 13:58:26
Mensagem Editada por Junia Meireles em 23/01/2017 14:04:18
boa tarde,
colegas,

baixei uma empresa agora em janeiro/2017 e logo depois tenho que fazer a declaracao de extinçao, isso era feito no mesmo local que se faz as inativas, com essas mudancas havera de ser feita pelo DCTF?
alguem saberia me dizer?



grata

junia

Luciano Fayer Bastos

Usuário 5 Estrelas Douradas

profissãoCoordenador(a) Fiscal
mensagens3.762
pontos23.906
membro desde26/06/2014
cidadeRio de Janeiro - RJ
Postada:Segunda-Feira, 23 de janeiro de 2017 às 14:05:56
Junia boa tarde voce deve fazer a DCTF de extinção normal.Nada haver com inativas ok

Luciano Fayer Bastos

https://br.linkedin.com/in/lucianobastos2020


“O saber é saber que nada se sabe. Este é a definição do verdadeiro conhecimento.” (Confúcio)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Antonia

Usuário Novo

profissãoAnalista Administrativo
mensagens1
pontos7
membro desde23/01/2017
cidadeSenador Canedo - GO
Postada:Segunda-Feira, 23 de janeiro de 2017 às 14:47:40
Ola boa tarde,
Me ajudem..
Tenho um escritorio trabalho com placas de fotovoltaicos.
Dai vou começar a fazer vendas de materiais e vou alugar um deposito somente para armazenar,me digam eu precisarei abrir um novo cnpj ou poderei faturar as nfs de venda com o cnpj do escitorio ?
E no caso qual programa de emissao de nf posso usar
?? me indiquem um que seja bom !!
aqui do estado de Goias

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

Facebook


Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.1 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César