Contábeis o portal da profissão contábil

21
Abr 2014
04:05

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Pedido de Férias (2)

4respostas
895acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Vanivaldo Avelar

Articulista

profissãoContador(a)
mensagens367
pontos2.763
membro desde02/06/2006
cidadeGoiania - GO
Postada:Quinta-Feira, 7 de dezembro de 2006 às 09:47:00
conforme art. 136 da CLT:
1 - Os membros de uma família, que trabalharem no mesmo estabelecimento ou empresa, terão direito a gozar férias no mesmo período, se assim o desejarem e se disso não resultar prejuízo para o serviço.
2- O empregado estudante, menor de 18 anos, terá direito a fazer coincidir suas férias com as férias escolares.

Agora lhes pergunto:

Este empregado estudante equivale somente para menores de 18 anos?

Se este funcionário (acima de 18 anos) estiver estudando em uma faculdade, fazendo um curso superior? Como proceder?

O empregado PAI com filhos menores de 18 anos não tem direito a ferias coincidir com as ferias escolares dos filhos?

Proteja a sua familia, REZE por ela! EU protejo a minha familia, EU REZO POR ELA.
Paulo da Costa Machado

Usuário Estrela Dourada

profissãoContador(a)
mensagens1.402
pontos8.514
membro desde09/08/2006
cidadeRio de Janeiro - RJ
Postada:Quinta-Feira, 7 de dezembro de 2006 às 09:51:00
Olá Vanivaldo: Eu penso que em qualquer dos dois casos deve preponderar sempre o bom senso. Não havendo incovenientes para a empresa porque não fazer prevalecer o que for melhor para o empregado. Não que sejamos paternalistas, porém nesta regra deve haver exceções. É sempre bom ter um empregado satisfeito. Concorda?

Quando o jogo termina o peão e o rei vão prá mesma caixa.
Nilce Peres

Usuário 2 Estrelas Novas

profissãoAdministrador(a)
mensagens295
pontos2.152
membro desde19/09/2006
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quinta-Feira, 7 de dezembro de 2006 às 09:55:00
Vanivaldo, bom dia!

Vou expressar a minha opinião, espero que outros colegas, acrescente mais informações em sua pergunta:

A lei protege o menor, que não deve abondonar os estudos por causa do trabalho, quanto a estudante maior de idade, hoje qualquer pessoa de qualquer idade está cursando uma faculdade, daí o bom relacionamento com a chefia imediata poderá beneficiar o funcionário quanto ao tempo para os estudos.

Eu por exemplo, tirava férias em época de provas, e sempre negociava a saída antecipadamente para estudar e pagava as horas depois...

Quem determina a saída do funcionário é o empregador, geralmente as empresas passam uma relação para os funcionários escolherem o período que desejam, mais imagine se na empresa tenha inúmeros pais de famílias querendo sair na época de férias dos filhos, imagine ainda se nesta época é pico na empresa?

Atenciosamente,
Nilce
Vanivaldo Avelar

Articulista

profissãoContador(a)
mensagens367
pontos2.763
membro desde02/06/2006
cidadeGoiania - GO
Postada:Quinta-Feira, 7 de dezembro de 2006 às 09:55:00
Concordo plenamente Paulo, com o funcionário satisfeito a sua produtividade é bem mais compensatória para a empresa. Mas tem empregadores que não pensa dessa forma, que com certeza é uma coisa complicada. Que prevaleça o BOM SENSO.

Proteja a sua familia, REZE por ela! EU protejo a minha familia, EU REZO POR ELA.
Wandercy Cirilo de Sousa

Usuário 4 Estrelas Novas

profissãoEncarregado(a) Recursos Humanos
mensagens355
pontos2.449
membro desde11/10/2006
cidadeCuiaba - MT
Postada:Quinta-Feira, 7 de dezembro de 2006 às 11:26:00
Olá Vanivaldo,

Complementado as respostas dos colegas que, porventura, responderam muito bem! O art.136 em questão é claro, os empregados podem exigir do empregador, somente, nessas duas questões: 1- aos menores de 18 anos que estão estudando, 2- e aos membros da mesma família que trabalhem na mesma empresa.
Para evitar tais conflitos uma escala de férias seria uma boa ferramenta, buscando qual a melhor época que atenda, tanto as necessidades da empresa, como a dos empregados, deixando, assim, todos satisfeitos e livrando-os de futuros prejuízos. Essa escala possibilitará, também, um bom controle, evitando que funcionários estourem o seu período de férias. Para empresa é um bom negócio, pois evita que erros de administração possibilite o seu pagamento em dobro. O Bradesco, por exemplo, onde eu trabalhava, não deixava que funcionários acumulassem férias, venceu o período aquisitivo, já era efetuado o pagamento e liberava-o para gozo.


Atenciosamente,

Wandercy

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

Facebook

Receba Novidades


POSTS RELACIONADOS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

Quem participa

Facebook


Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.19 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César