Contábeis o portal da profissão contábil

22
Aug 2017
00:22
você está em:

FÓRUM CONTÁBEIS » Contabilidade

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Balanço de Abertura - Empresa com C/C negativa

8respostas
486acessos
  

Ana Paula Rodrigues

Usuário 5 Estrelas

profissãoContador(a)
mensagens150
pontos1.356
membro desde13/03/2013
cidadeGuarulhos - SP
Postada:Terça-Feira, 18 de abril de 2017 às 21:30:32
Boa noite,

Vou iniciar a contabilidade de uma empresa que estava como MEI - Simei, mas mudou em Jan/2016 para ME - Simples, por isso já movimenta a conta corrente juridica desde o inicio de sua atividade em 2011.

A dúvida é como realizar o Balanço de Abertura sendo que a conta corrente esta negativa (utilizando o limite de credito) ?


Fico no aguardo dos colegas.

Obrigada,

Att,

Ana Paula
Hugo Ribeiro

Moderador

profissãoContador(a)
mensagens4.385
pontos71.668
membro desde29/11/2007
cidadeCristalina - GO
Postada:Terça-Feira, 18 de abril de 2017 às 22:01:04
Ana Paula.

Saldos a descoberto em conta corrente equivale dizer que contribuinte tomou empréstimo do banco (cheque especial).

Dessa forma, seguem sugestões de lançamentos:

D - Conta Transitória (Ou Lucros/Prejuizos Acumulados)
C - Saldos a Descoberto (PC).

Att,

Hugo Ribeiro - Cristalina Goiás.
"Presto assessoria contábil completa para profissionais em início de atividades".
http://www.contabilidadecgc.com.br
http://www.facebook.com/cgccontabil
profissãoContador(a)
mensagens3.300
pontos24.851
membro desde21/02/2010
cidadeBelo Horizonte - MG
Postada:Quarta-Feira, 19 de abril de 2017 às 08:38:54
Bom dia Ana Paula

Pelo que entendi, favor me corrigir se eu estiver errado, seu cliente "estourou" o limite do cheque especial.

Se for isso, eu costumo lançar:


D - Balanço de Abertura (PL)
C - Saldo Devedor - Banco X CC 999999 (PC)

A cada inicio de mês eu transfiro:

D - Saldo Devedor - Banco X CC 999999 (PC)
C - Banco X CC 999999 (AC)

Ao fim do mês se o saldo da conta bancária for positivo, deixo assim, caso ele tenha ficado negativo de novo:

D - Banco X CC 999999 (AC)
C - Saldo Devedor - Banco X CC 999999 (PC)

att

Contador CRC MG 106412/O Perito CNPC 087
Corretor CRECI MG 033981
Pericias em Apuração de Haveres, Financeiras
Consultoria Tributária, societária e contabil
Avaliação de imóveis urbanos e rurais
http://www.prosperarecontabil.com.br
http://www.phresolve.com.br

Anderson Kolera Silva

Usuário Estrela de Prata

profissãoContador(a)
mensagens551
pontos4.855
membro desde10/01/2011
cidadeLeme - SP
Postada:Quarta-Feira, 19 de abril de 2017 às 13:53:00
boa tarde !!

Saldo de conta corrente negativa (cheque especial/conta garantida) deve permanecer credor no ativo circulante, pois compõem a gestão de caixa e equivalentes de caixa da entidade.

Fonte: CPC 03-R2

Att.
Anderson Kolera Silva
ansilva@ciamuller.com.br

"Nada é certo nesse mundo, exceto a morte e os impostos. "
Benjamin Franklin
profissãoContador(a)
mensagens3.300
pontos24.851
membro desde21/02/2010
cidadeBelo Horizonte - MG
Postada:Quarta-Feira, 19 de abril de 2017 às 16:08:04
Boa tarde Anderson.

Discordo pois o limite do cheque especial nada mais é que um emprestimo que o banco lhe faz, onde ele pode te cobrar e protesta-lo caso não pague...

Mas valeu a dica.

att

Contador CRC MG 106412/O Perito CNPC 087
Corretor CRECI MG 033981
Pericias em Apuração de Haveres, Financeiras
Consultoria Tributária, societária e contabil
Avaliação de imóveis urbanos e rurais
http://www.prosperarecontabil.com.br
http://www.phresolve.com.br

Anderson Kolera Silva

Usuário Estrela de Prata

profissãoContador(a)
mensagens551
pontos4.855
membro desde10/01/2011
cidadeLeme - SP
Postada:Quarta-Feira, 19 de abril de 2017 às 16:30:47
Boa tarde Paulo,

No começo também discordava, mas depois de analisar melhor a operação com base no CPC-03, cheguei a conclusão que esta correta esta classificação.

Segue texto retirado do CPC 03-R2, iem 8:

8. Empréstimos bancários são geralmente considerados como atividades de financiamento. Entretanto, saldos bancários a descoberto, decorrentes de empréstimos obtidos por meio de instrumentos como cheques especiais ou contas correntes garantidas que são liquidados em curto lapso temporal compõem parte integral da gestão de caixa da entidade. Nessas circunstâncias, saldos bancários a descoberto são incluídos como componente de caixa e equivalentes de caixa. Uma característica desses arranjos oferecidos pelos bancos é que frequentemente os saldos flutuam de devedor para credor.

Att.
Anderson Kolera Silva
ansilva@ciamuller.com.br

"Nada é certo nesse mundo, exceto a morte e os impostos. "
Benjamin Franklin
profissãoContador(a)
mensagens3.300
pontos24.851
membro desde21/02/2010
cidadeBelo Horizonte - MG
Postada:Quarta-Feira, 19 de abril de 2017 às 17:23:33
Mensagem Editada por Paulo Henrique de Castro Ferreira em 19/04/2017 17:26:56
Boa tarde Anderson.

So marcar esta parte

Entretanto, saldos bancários a descoberto, decorrentes de empréstimos obtidos por meio de instrumentos como cheques especiais ou contas correntes garantidas que são liquidados em curto lapso temporal


Supondo que por um motivo de força maior você ultrapasse o limite, ai eu concordo contigo, mas se a pessoa sempre ultrapassa esse limite com frequencia, já é um caso a se pensar pois foge do estipulado na norma.


Por isso que esse tipo de situação, são aquelas que, mesmo amparadas (como você muito bem apresentou), eu não concordo.

É que nem no Decore falar que você pagando a guia do MEI você pode declarar 1 SM.

E esta eu vou continuar colocando no passivo mesmo, mas cabe sempre analisar caso a caso.

Mas como lhe disse agradeço a dica.

att

Contador CRC MG 106412/O Perito CNPC 087
Corretor CRECI MG 033981
Pericias em Apuração de Haveres, Financeiras
Consultoria Tributária, societária e contabil
Avaliação de imóveis urbanos e rurais
http://www.prosperarecontabil.com.br
http://www.phresolve.com.br

Mario V. Dias

Usuário 5 Estrelas Novas

profissãoContador(a)
mensagens493
pontos3.244
membro desde23/12/2014
cidadeCanoas - RS
Postada:Quarta-Feira, 26 de abril de 2017 às 16:05:51
Colegas,

Entendo que o saldo devedor de bancos deve sim ser lançado no Passivo Circulante. Embora o CPC referenciado, a meu ver está somente caracterizando para fins de Demonstração do Fluxo de Caixa. Vejam o que diz, item 7, no site do CRC a respeito de alguns itens que podem ser considerados irregularidades no Balanço:
Demonstrações Contábeis
Referentes às Demonstrações Contábeis

Adequação às novas Normas Contábeis

Em dezembro de 2007, foi sancionada a Lei nº 11.638, que trouxe novas regras para a elaboração e divulgação das demonstrações contábeis. O Conselho Federal de Contabilidade, por sua vez, editou atos normativos, visando à sua aplicação prática.

Com a edição da Lei nº 11.638/07, atos normativos foram editados pelo CFC. Cabe ao CRCRS fiscalizar a aplicação dessas novas normas, que passaram a vigorar a partir de 2008, de forma escalonada. Desde 1º/01/2010, a legislação passou a ser aplicável às Pequenas e Médias Empresas (PME’s).

Com referência a esse tema, os procedimentos do CRCRS têm sido, acima de tudo, de identificação de ocorrências e de orientações aos profissionais contábeis. Assim, com o intuito preventivo e de esclarecimento aos Contadores e Técnicos em Contabilidade, seguem alguns itens que têm sido objeto de verificação pelo CRCRS:

No Balanço Patrimonial

1. Falta de indicação da data de encerramento do Balanço Patrimonial.
2. Utilização de outros termos para identificar o Balanço Patrimonial.
3. Falta de destaque de termos tais como: Ativo Circulante e Não Circulante, Passivo Circulante e Não Circulante.
4. Discriminação das contas que compõem o Ativo Não Circulante: Realizável a Longo Prazo, Investimentos, Imobilizado, Intangível.
5. Destaque das depreciações acumuladas no Ativo Não Circulante – Imobilizado – e discriminação das taxas praticadas, em Notas Explicativas.
6. Utilização de designações genéricas para contas com saldo superior ao percentual máximo permitido (10% do total do grupo – §2º art. 176 Lei 6.404/76).
7. Contas com saldo credor classificadas indevidamente no Ativo e com saldo devedor classificadas indevidamente no Passivo (exceto contas redutoras).
8. Ordenação das contas do Patrimônio Líquido: Capital Social, Reservas de Capital, Ajustes de Avaliação Patrimonial, Reservas de Lucros, Ações/Quotas em Tesouraria, Lucros Acumulados, Prejuízos Acumulados.
9.Divulgação do exercício de comparabilidade.
Jackson

Usuário Novo

profissãoConsultor(a) Contabilidade
mensagens2
pontos44
membro desde13/03/2017
cidadeCampo Grande - MS
Postada:Quarta-Feira, 26 de abril de 2017 às 17:53:49
Olá,
Para realizar o balanço de abertura, há a necessidade de laudo ou algum outro documento? Qual seria a base legal?

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

WebContábeis Conteúdo contábil atualizado e de qualidade em seu site.

Desconto de 10% na mensalidade dos planos básicos de conteúdo.

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.23 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César