Contábeis o portal da profissão contábil

22
Oct 2017
15:06

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Dirf - MEI

5respostas
247acessos
  

Rebeka

Usuário Ativo

profissãoAutônomo(a)
mensagens110
pontos1.036
membro desde28/05/2013
cidadeBela Vista do Paraiso - PR
Postada:Quarta-Feira, 19 de abril de 2017 às 10:37:31
Estou com uma grande dúvida. O Microempreendedor que faz sua declaração do MEI lá pelo portal do empreendedor também que se fazer a Declaração de Imposto de Renda pelo programa IRPF2017?

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Marcelo Moreira

Usuário Frequente

profissãoAnalista Tributos
mensagens90
pontos892
membro desde22/07/2010
cidadeCuritiba - PR
Postada:Quarta-Feira, 19 de abril de 2017 às 10:55:54
Bom dia Rebeka

De acordo com a legislação da Microempresa, o Lucro líquido obtido pelo MEI é isento, portanto não tributável do Imposto de Renda Pessoa Física desde que:

Este valor fique limitado ao valor resultante da aplicação dos percentuais previstos para o lucro presumido, que são:

8% para comércio, indústria e transporte de carga;
16% para transporte de passageiros;
32% para serviços em geral.

Ou que o MEI mantenha escrituração contábil e por ela evidencie lucro superior aos limites mencionado acima.

Apenas para elucidar melhor, tomamos como exemplo o seguinte quadro:

Receita Bruta Auferida no Ano: R$ 60.000,00
Despesas necessárias à atividade, com comprovação (água, luz, telefone, aluguel, compra de materiais): R$ 20.000,00
Evidencia-se um Lucro de R$ 40.000,00

Tratando-se de um salão de cabeleireiros, por exemplo, o percentual isento será de 32%, assim, R$ 40.000,00 x 32% = R$ 12.800,00
Estes R$ 12.800,00 referem-se à parcela isenta, logo, R$ 40.000,00 - R$ 12.800,00 = R$ 27.200,00.

Com este resultado, Rebeka, o empreendedor ficaria desobrigado da entrega da Declaração na Pessoa Física neste ano, por não atingir o valor de R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis e por não chegar aos R$ 40.000,00 na parcela isenta.

À disposição,

Marcelo Moreira
Analista Tributário
M11 Assessoria

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Rebeka

Usuário Ativo

profissãoAutônomo(a)
mensagens110
pontos1.036
membro desde28/05/2013
cidadeBela Vista do Paraiso - PR
Postada:Quarta-Feira, 19 de abril de 2017 às 11:06:12
Obrigada querido Marcelo... Então qual seria o procedimento para eu conseguir visualizar a situação da empresa na no portal ECAC.. Tipo estou com uma CND bloqueada e pra eu visualizar um relatório é só pelo ECAC não é? e por lá qndo pesso pra gerar o codigo de acesso pede a Declaração de IMposto de Renda do responsável pelo CNPJ

Samuel Lima Paulo do Ramo

Usuário 5 Estrelas

profissãoCoordenador(a) Contabilidde
mensagens160
pontos1.221
membro desde08/01/2013
cidadeFortaleza - CE
Postada:Quarta-Feira, 19 de abril de 2017 às 11:11:12
Marcelo Moreira,

O percentual de presunção deve ser aplicado na Receita Bruta e depois reduzido o valor devido ao simples nacional no período (nesse caso, o DASIMEI).

Então o cálculo seria 60.000 x 32% - Débitos de DAS durante o Ano = Parcela Isenta.

Arredondando o DAS para 50,00 mensais, ficaria: 60.000 x 32% - 50 x 12 = 19.200 - 600 = 18.600

Com a suposição do Lucro do período sendo R$ 40.000,00, ficaria:

Lucro do período = R$ 40.000
Parcela Isenta = R$ 18.600
Rendimentos Tributáveis = R$ 21.400,00

FONTE: LC 126/2003 (art. 14)

Samuel Lima
Contador Formado pela Universidade Federal do Ceará
Consultor e Palestrante.
Fanpage: http://www.facebook.com/samuellimacontador
Linkedin: http://www.linkedin.com/in/samuel-lima-contador/
Marcelo Moreira

Usuário Frequente

profissãoAnalista Tributos
mensagens90
pontos892
membro desde22/07/2010
cidadeCuritiba - PR
Postada:Quarta-Feira, 19 de abril de 2017 às 11:13:24
Mensagem Editada por Marcelo Moreira em 19/04/2017 11:25:30
Exato, Rebeka. Para o cadastramento no eCAC, será necessário o número dos dois últimos recibos da entrega da DIRPF do responsável.
O titular ou Prourador poderá acessar o relatório também diretamente numa Unidade da Receita Federal...

Samuel, muitíssimo obrigado pela correção. Me equivoquei na interpretação e apuração das receitas x despesas.
Peço desculpas à Rebeka e aos demais colegas que tomaram minha primeira resposta como orientação.

Marcelo Moreira
Analista Tributário
M11 Assessoria
Samuel Lima Paulo do Ramo

Usuário 5 Estrelas

profissãoCoordenador(a) Contabilidde
mensagens160
pontos1.221
membro desde08/01/2013
cidadeFortaleza - CE
Postada:Quarta-Feira, 19 de abril de 2017 às 20:55:04
Apenas uma retificação na informação que coloquei acima: O MEI não precisa tirar os pagamentos de DASMEI da parcela isenta*

Samuel Lima
Contador Formado pela Universidade Federal do Ceará
Consultor e Palestrante.
Fanpage: http://www.facebook.com/samuellimacontador
Linkedin: http://www.linkedin.com/in/samuel-lima-contador/

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

WebContábeis Conteúdo contábil atualizado e de qualidade em seu site.

Desconto de 10% na mensalidade dos planos básicos de conteúdo.

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.1 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César