Contábeis o portal da profissão contábil

25
Jul 2017
23:34

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Nota fiscal de saída referente á degustação.

4respostas
114acessos
  

Bianca Antoniuk

Usuário 5 Estrelas Novas

profissãoAnalista Fiscal
mensagens417
pontos3.716
membro desde20/05/2014
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quinta-Feira, 13 de julho de 2017 às 09:12:07
Bom dia,

Uma empresa do Lucro Presumido efetuou um evento de degustação de bebidas. Muitas garrafas foram compradas para utilizar neste evento, sendo assim utilizaram muitas delas também.

Minha dúvida é o seguinte...

Essas garrafas que foram utilizadas no evento precisa efetuar nota fiscal de saída? Pelo fato dar baixa no estoque. Qual seria á operação? Ou não há necessidade de efetuar está execução?

Desde já agradeço á ajuda!!!

* Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina!!
Adilson Castro de Queiroz

Consultor Especial

profissãoAnalista Tributos
mensagens4.189
pontos30.342
membro desde12/08/2009
cidadeBirigui - SP
Postada:Quinta-Feira, 13 de julho de 2017 às 11:16:34
Olá Bianca Antoniuk

Onde foi realizado esse evento? Na própria empresa ou em um outro local?

Adilson Queiroz (Analista Fiscal Tributário - Auditor de Arquivos SPED)
Acesse já o SPED Easy (http://spedeasy.blogspot.com.br/)
Realizo uma Analise Sintética em seu arquivo SPED, sem compromisso.
Envie um e-mail: engenheiroadilsoncastro@gmail.com

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Bianca Antoniuk

Usuário 5 Estrelas Novas

profissãoAnalista Fiscal
mensagens417
pontos3.716
membro desde20/05/2014
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Sexta-Feira, 14 de julho de 2017 às 11:57:32
Adilson, na própria empresa!

* Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina!!
Adilson Castro de Queiroz

Consultor Especial

profissãoAnalista Tributos
mensagens4.189
pontos30.342
membro desde12/08/2009
cidadeBirigui - SP
Postada:Sexta-Feira, 14 de julho de 2017 às 16:07:46
Ola Bianca.

Em termos gerais, da remessa de produtos para degustação, precisamos entender primeiramente que há tratamento expresso na legislação paulista.

Artigo 2º - Ocorre o fato gerador do imposto (Lei 6.374/89, art. 2º, na redação da Lei 10.619/00, art. 1º, II, e Lei Complementar federal 87/96, art. 12, XII, na redação da Lei Complementar 102/00, art. 1º):

I - na saída de mercadoria, a qualquer título, de estabelecimento de contribuinte, ainda que para outro estabelecimento do mesmo titular;

II - no fornecimento de alimentação, bebidas e outras mercadorias por qualquer estabelecimento, incluídos os serviços que lhe sejam inerentes;

Vale destacar que não há na legislação paulista qualquer previsão de incentivo fiscal (isenção, não incidência, suspensão ou diferimento) que autorize o não destaque do ICMS na referida operação. Agora, por exemplo, se o produto remetido a título de degustação for beneficiado por isenção, a remessa será acompanhada de Nota Fiscal sem o destaque do ICMS, devendo ser consignado no campo "Dados Adicionais", nas informações de Interesse do Fisco (quando NF-e) do documento fiscal essa circunstância, com a indicação do dispositivo pertinente da legislação.

A Nota Fiscal de "Remessa para Degustação" (nome que estamos dando a esta operação) deve ser emitida então com o destaque do ICMS, ressalvada a hipótese de o produto ou a operação estar amparada por algum incentivo fiscal, caso em que essa circunstância será indicada no campo "Dados Adicionais" do documento fiscal, como anteriormente mencionado.

Emissão:

Natureza da Operação: “Remessa para Degustação”;

CFOP : 5.949, (operações internas) – 6.949, (operações interestaduais);

Tributação: Normal, na forma do Regulamento ICMS/SP. Isso depende da tributação da mercadoria, é claro;

Base de Cálculo: Valor real da operação e o devido destaque de ICMS.



Você não mencionou se a empresa que está fazendo a degustação é fabricante ou comerciante. Eu acredito que seja comerciante, com grande chance de ser SUBSTITUÍDO tributário. Portanto, na condição de contribuinte substituído, ao realizar remessas para degustação, de mercadoria cujo imposto já tenha sido retido anteriormente, deverá emitir documento fiscal, sem destaque do valor do imposto, que conterá além dos demais requisitos, a seguinte indicação "Imposto Recolhido por Substituição – Artigo.....do RICMS", conforme disposição do artigo 274 do RICMS/SP.

Natureza da Operação: “Remessa para Degustação”;

CFOP: 5.949 (Remessa de mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária, na condição de contribuinte substituído);

CST: 60 - ICMS cobrado anteriormente por substituição tributária.



Certo minha querida?

Siga esse procedimento ai que dará certo.

Lembrando que, como a degustação está sendo feito na própria empresa, o Destinatário então será a própria empresa, ok?

Adilson Queiroz (Analista Fiscal Tributário - Auditor de Arquivos SPED)
Acesse já o SPED Easy (http://spedeasy.blogspot.com.br/)
Realizo uma Analise Sintética em seu arquivo SPED, sem compromisso.
Envie um e-mail: engenheiroadilsoncastro@gmail.com
Bianca Antoniuk

Usuário 5 Estrelas Novas

profissãoAnalista Fiscal
mensagens417
pontos3.716
membro desde20/05/2014
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Segunda-Feira, 17 de julho de 2017 às 08:20:46
Adilson, muito obrigada pelo esclarecimento!!

* Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina!!

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

Certificado Digital certificados digitais com preços promocionais para contadores

desconto de 15% em certificados digitais e pague no boleto ou parcele sem juros no cartão.

conheça mais

Facebook


Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.11 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César