Contábeis o portal da profissão contábil

18
Oct 2017
22:00
você está em:

FÓRUM CONTÁBEIS » Contabilidade

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Recibo em lugar de nota fiscais.

5respostas
380acessos
  

Leila Patricia

Usuário Novo

profissãoAdministrador(a) Empresas
mensagens19
pontos115
membro desde23/02/2015
cidadeMiguel Pereira - RJ
Postada:Sexta-Feira, 11 de agosto de 2017 às 15:17:43

Boa tarde,

Preciso de uma orientação, sou prestadora de serviço e contrato uma outra prestadora para realizar o serviço, ao invés de me enviar a nota fiscal ela me manda recibo, este recibo ele pode ser contabilizado.Ou visto que ela realizou uma prestação ela tem que emitir a nota fiscal.
Thaina Almeida Proença

Usuário Estrela Dourada

profissãoAssistente Administrativo
mensagens1.060
pontos6.342
membro desde08/09/2014
cidadeJandira - SP
Postada:Sexta-Feira, 11 de agosto de 2017 às 15:31:48
Leila Patricia, boa tarde!

Aconselho sempre a emissão de NF, pois no seu caso, tratando-se de autônomos, quando fornecem serviços a outrem, principalmente quando prestam serviços à empresas, competem a retenção dos Impostos,como INSS, IR, etc.
Como vemos, o recibo em si, evidencia a comprovação de pagamento, enquanto que a NF é um documento fiscal, que comprova que o contribuinte, no caso, o prestador de serviços deverá recolher os impostos pertinentes gerados pela prestação de serviços. Atenta-se também, na emissão da NF, a discriminação do tipo de serviços, pois cada serviço pode ter uma alíquota de tributação diferenciada.

Att,

Thainá Almeida Proença


1 pessoa aprovou esta mensagem.

Leila Patricia

Usuário Novo

profissãoAdministrador(a) Empresas
mensagens19
pontos115
membro desde23/02/2015
cidadeMiguel Pereira - RJ
Postada:Sexta-Feira, 11 de agosto de 2017 às 15:59:23

Neste caso é de empresa para empresa.Ou seja, a outra prestadora ela precisa fazer a nota fiscal.
Rilei Macedo Vasconcelos

Usuário Iniciante

profissãoContador(a)
mensagens34
pontos308
membro desde13/07/2014
cidadeMacae - RJ
Postada:Sexta-Feira, 11 de agosto de 2017 às 16:17:54
Boa tarde!

Como explicou a colega acima, se tratando de Pessoa física (autônomo) devem ser recolhidos os tributos pertinentes, INSS, IR, ISS, mesmo que o referido prestador emita nota fiscal de serviço pela prefeitura, pois se trata de pessoa física, sendo retido 11% sobre o rendimento, até o limite estabelecido pela previdência.
Leila Patricia

Usuário Novo

profissãoAdministrador(a) Empresas
mensagens19
pontos115
membro desde23/02/2015
cidadeMiguel Pereira - RJ
Postada:Segunda-Feira, 14 de agosto de 2017 às 14:36:42
Obrigada pela resposta, vem contribuindo muito.
Eduardo Molinari

Consultor Especial

profissãoController
mensagens2.829
pontos18.672
membro desde20/08/2012
cidadeSao Jose do Rio Preto - SP
Postada:Segunda-Feira, 14 de agosto de 2017 às 15:57:57
Boa tarde Leila Patricia!

Apesar das boas respostas dos colegas, o seu questionamento pelo que entendi, o retorno está abaixo

REGISTROS CONTÁBEIS
A Entidade deve manter um sistema de escrituração uniforme dos seus atos e fatos administrativos que atendam às normas contábeis vigentes.
DOCUMENTAÇÃO
A base dos registros contábeis é a documentação (notas fiscais, recibos, cópias de cheques, etc.).
Os documentos não devem apresentar nenhuma rasura e caso sofram algum dano que dificulte a identificação de seu conteúdo eles deverão ser reconstituídos ou substituídos, na impossibilidade de reconstituição.
A data de emissão do documento, geralmente, determina a data do registro contábil, por isso a importância que o fluxo de papéis dentro da empresa seja adequado.
Mas existem documentos, como as notas fiscais de entrada de mercadorias, que são contabilizados na data da entrada no estabelecimento, e não na data de emissão do documento.

NBC T 2 – Da Escrituração Contábil
NBC T 2.2 – Da Documentação Contábil
2.2.1 – A Documentação Contábil compreende todos os documentos, livros, papéis, registros e outras peças, que apóiam ou compõem a escrituração contábil.
2.2.1.1 – Documento contábil, estrito-senso, é aquele que comprova os atos e fatos que originam lançamento (s) na escrituração contábil da Entidade.
2.2.2 – A Documentação Contábil é hábil, quando revestida das características intrínsecas ou extrínsecas essenciais, definidas na legislação, na técnica-contábil ou aceitas pelos "usos e costumes".
2.2.3 – A Documentação Contábil pode ser de origem interna quando gerada na própria Entidade, ou externa quando proveniente de terceiros.
2.2.4 – A Entidade é obrigada a manter em boa ordem a documentação contábil.


Sds

Não se iluda com os seus seguidores no Facebook, Twiter, WhatsApp, etc....
Jesus só tinha 12 e ainda foi traído por um...

Meus filhos... minha vida

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

Consulta de NFes direto da Sefaz Com download automático de XMLs de NFes e NFSes, DANFes e mais

20% de desconto nos primeiros 6 meses! Descontos especiais para escritórios contábeis.

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.1 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César