Contábeis o portal da profissão contábil

28
Ago 2014
08:13

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Carta de Correção Nota Fiscal de serviços

5respostas
36.355acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Leandro Martins Tostes

Usuário Novo

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens10
pontos58
membro desde30/06/2006
cidadeBicas - MG
Postada:Quinta-Feira, 1 de fevereiro de 2007 às 16:21:00
Prezados Colegas,

Caso ocorra um erro no valor de uma nota fiscal de serviço , posso fazer uma carta de correção , visto que, não envolve ICMS ? Existe algum impedimento legal ?

Grato,

Leandro
Claudia Eliza Tavares

Usuário 4 Estrelas Novas

profissãoContador(a)
mensagens361
pontos2.579
membro desde13/11/2006
cidadeMachado - MG
Postada:Quinta-Feira, 1 de fevereiro de 2007 às 17:19:00
Boa tarde Leandro, eu acho que não pois a carta de correção não pode corrigir o total da NF, por isso independente de ter ou não ICMS e sendo nota de serviço, acho melhor fazer o cancelamento da mesma.

"Quando você está satisfeito por ser simplesmente você mesmo e não se compara ou compete, todo mundo te respeitará." (Lao Tsé)
Felipe Bicalho

Usuário Iniciante

profissãoSupervisor(a) Contabilidade
mensagens45
pontos277
membro desde25/01/2007
cidadeContagem - MG
Postada:Quinta-Feira, 22 de fevereiro de 2007 às 12:01:13
Leandro,

a Carta de correção não pode alterar, valores, datas, quantidades... por isso não pode ser feita a carta, o que pode ser feito, caso nao tenha possibilidade de cancelamento, é fazer uma nota fiscal complementar alterando apenas o valor que esta menor
Paulo César S. Lima

Usuário Iniciante

profissãoAnalista Fiscal
mensagens40
pontos302
membro desde24/07/2008
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 14 de dezembro de 2010 às 11:27:21
Saudações.

Minha dúvida é a mesma de voces, ou seja:

Recebemos uma nota fiscal de um fornecedor, de um serviço por ele prestado, sujeito ao ISSQN. Porém os dados cadastrais registrados no endereço do remetente, diverge do real, ou seja, o mesmo informou o numero do CNPJ correto de nossa filial, mas com endereço de nossa matriz, sendo que ambas estão em municipios distintos. Uma está em São Paulo, outra em São Caetano do Sul-SP. O fornecedor então, alegando a impossibilidade de cancelamento de sua NF, enviou-nos Carta de Correção com os dados corretos de endereço e municipio. Não encontrei nada a respeito em legislação municpal, a respeito da carta de correção para alterar endereço.

Obrigado.


Miria Miranda de Sá

Usuário Iniciante

profissãoAuxiliar Escrita Fiscal
mensagens44
pontos473
membro desde08/03/2010
cidadeUbatuba - SP
Postada:Segunda-Feira, 27 de junho de 2011 às 16:33:44
Boa tarde a todos.
Minha duvida é, emiti Nota Fiscal de prestação de serviços Serie 1, e eu não coloquei a expressão " Documento emitido por ME ou EPP optante pelo simples nacional".
A empresa contratante acabou retendo o ISS e Inss, como posso fazer uma carta de correção para tentar recuperar estes valores retidos, já que os mesmos já estão sendomrecolhido atraves do DAS?
Obrigada
Marcelo Pereira Damasceno

Usuário Iniciante

profissãoAssistente Contabilidade
mensagens59
pontos890
membro desde16/05/2011
cidadeVilhena - RO
Postada:Terça-Feira, 28 de junho de 2011 às 11:07:13
Olá Miria,
Ja aconteceu com umas de nossas empresas igual o teu caso, eu me informei e não tem carta de correção para nota Fiscal de Serviço Eletrônica.
Eu fiz o seguinte: Pegar os comprovante de ISS e INSS retidos pela empresa, levar na prefeitura e dar baixa nos imposto, já que eles são recolhidos através do Simples Nacional. No meu caso deu tudo certo, o Das veio com os valores descontado, como se fosse retido.
Espero ter ajudado, qualquer duvida estamos aqui.
Abraço

Marcelo Damasceno

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

Facebook

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

Quem participa

Facebook


Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.34 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César