Contábeis o portal da profissão contábil

22
Ago 2014
20:35

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Nota fiscal - Pessoa Fisica/Juridica

1respostas
1.214acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Cristina Santos Ferreira

Usuário Novo

profissão
mensagens1
pontos6
membro desde22/08/2007
cidadeRecife - PE
Postada:Quarta-Feira, 22 de agosto de 2007 às 14:10:45
Srs, tenho duvida com relação a emissão de nota fiscal de pessoa jurídica. Por exemplo, uma pessoa fisica foi contratado por uma empresa de RH para prestar serviços de informatica para uma empresa X. Esse funcionario deveria ter aberto empresa, mas por diversos problemas nao conseguiu e 6 meses depois foi mandado embora. A empresa de RH diz que para regularizar a situaçao ele deve emitir uma nota fiscal unica com os valores recebidos. Um amigo dele tem a empresa Y aberta, e disse que emitiria a nota, porém, a empresa de RH mandou um contrato em nome dessa empresa Y e com os dados desse Funcionario, como se a empresa Y o tivesse contratado para prestar tal serviço.
Minha duvida é a seguinte: esse procedimento é correto e legal?
Que problemas a empresa Y poderia ter visto que nao houve contrataçao alguma por parte dela se esse contrato fosse assinado?
Como esse funcionário deveria proceder para regularizar sua situaçao ?
Muito obrigada
Luiz José

Moderador

profissãoContador(a)
mensagens4.383
pontos52.773
membro desde10/10/2006
cidadeNiteroi - RJ
Postada:Quarta-Feira, 22 de agosto de 2007 às 20:16:19
Está tudo errado nessa história, como o funcionário não conseguiu constituir uma empresa, o correto seria a empresa de RH pagar o rapaz que contratou, seja por registro em carteira, seja na qualidade de autônomo.

Se por alguma razão não possa faze-lo, existiria a alternativa de fazer o pagamento em nome da empresa Y, mas isso causaria um problema maior para a empresa Y, que a princípio, não tem nada haver com história.

Quem tem de resolver a questão é a empresa de RH fazendo o que o o tem que ser feito. Quanto ao funcionario, pode recorrer a justiça do trabalho para garantir seus direitos.

AVISO AOS NAVEGANTES: Qualquer pessoa tem o direito de presumir–se inocente até a sua culpabilidade ser provada. Cabe a cada um ser reto em suas ações para que seja sempre inocente.

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

Facebook

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

Quem participa

Facebook


Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.15 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César