Contábeis o portal da profissão contábil

1
Set 2014
08:16
você está em:

FÓRUM CONTÁBEIS » Contabilidade

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Ativo Imobilizado, Depreciação

14   respostas
2.514   acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Juliana Popovicz

Usuário Novo

postada em: Segunda-Feira, 16 de julho de 2012 às 13:52:12
Boa tarde!

Meu cliente possui algumas dúvidas acerca de ativo imobilizado, preciso de uma segunda opinião...

01. Dúvida em relação a depreciação das benfeitorias realizadas em imóvel próprio: qual é o critério para depreciação neste caso? Pode ser utilizada a taxa de 10% e depreciar a benfeitoria em 10 anos?

02. Caso um imóvel que sofreu benfeitorias (própria ou de terceiros em caso de aluguel), seja vendido, o valor de custo de aquisição do imóvel seria avaliado pelo valor original sem correção? E a tributação seria pelo ganho de capital na alienação do imóvel?

03. Se eu fizer a construção pela empresa "A", locatária, e utilizar como benfeitorias em bens de terceiros, como ficaria a tributação deste imóvel em caso de venda após a depreciação total das benfeitorias, sendo que as benfeitorias seriam revertidas para a proprietária, empresa "B"?

Desde já agradeço a ajuda!

Att.

Juliana
postada em: Quarta-Feira, 25 de julho de 2012 às 11:48:33
Bom dia,

1-Se a benfeitoria do bem altera sua vida util ou o valor do mesmo, e não for somente uma reforma de rotina você deve somar ao valor do imobilizado , porém a taxa de depreciação deve ser igual ao do bem, fazendo somente um ajuste no valor a depreciar posterior a benfeitoria.

2- Se a benfeitoria entra como valor do bem sim , nos casos em que essa benfeitora for contabilizada diretamente como despesa não pode ser feito essa soma, e correção monetaria não é permitida pela legislação corrente.



Att.

Welligton
Renata Vicente da Silva

Usuário Novo

postada em: Quarta-Feira, 25 de julho de 2012 às 21:46:12
Boa noite,

se um bem vinha sendo depreciado e a depreciação ia para despesas e nao existia a conta de depreciação acumulada, ja que o valor da depreciação vinha sendo baixado no valor do proprio bem.
Como posso arrumar essa conta, corrijo a partir de agora, ou tenho que rever as antigas?

att,

Renata
postada em: Quarta-Feira, 25 de julho de 2012 às 22:49:33
Faça um lançamento de

C- DEPREC ACUMULADA
D- IMOBILIZADO

H- reversão de saldos para correção de lançamento anteriores. ( ou algo que identifique e explique o fato).

-> Ficará com os saldo correto nas duas contas.
Renata Vicente da Silva

Usuário Novo

postada em: Quinta-Feira, 26 de julho de 2012 às 10:18:37
Bom dia.

Obrigada.

Renata
Mikael Oliveira

Usuário 2 Estrelas Novas

postada em: Quinta-Feira, 26 de julho de 2012 às 10:38:28
Renata Vicente da Silva, lembrando que conforme legislação do imposto de renda, não é permitida a depreciação de imóveis, exceto em raros casos de desvalorização.

"As coisas podem chegar àqueles que esperam, mas serão apenas as coisas deixadas para trás por aqueles que agem" Abraham Lincoln
ESPERAR SOMENTE EM DEUS!
Marcos Vinicius Araujo Moura Silva

Usuário Estrela Dourada

postada em: Quinta-Feira, 26 de julho de 2012 às 10:45:55
Prezado Mikael,

Posso lhe perguntar qual o embasamente que você utilizar para afirmar que não é permitido a depreciação de imóveis?
postada em: Quinta-Feira, 26 de julho de 2012 às 10:51:07
Creio que ele ententeu imobilizado como terrenos - sendo que imobilizado é um grupo do ativo nao circulante.
Jean Ramos

Usuário Iniciante

postada em: Quinta-Feira, 26 de julho de 2012 às 18:08:39
Boa tarde Marcos Vinicius,
Mikael tem razão, vamos ao conceito de depreciação:
A depreciação de bens do ativo imobilizado corresponde à diminuição do valor dos elementos ali classificáveis, resultante do desgaste pelo uso, ação da natureza ou obsolescência normal.(Conceito adotado pela Receita Federal.)
Portanto, seguindo este conceito, que leva um bem a ser depreciado é a ação do tempo sobre ele, caracterizando sua desvalorização, fato que não ocorre com um terreno por exemplo, este com o tempo e benfeitorias feitas ao seu redor só tem a valorizar-se.

Gostaria de saber se os amigos do fórum podem me ajudar quanto à questão:
Empresa adquire um bem já totalmente depreciado(Veículo para entrega de mercadorias), como deve ser a contabilização dessa aquisição?

D Veículos (AC)...........27.000,00
C Banco (AC)..............27.000,00

uma vez que o valor do bme em 27.000,00 já está atualizado pela FIPE.
está correto este entendimento?

Atenciosamente.

"Se sabes, ensina. Se não sabes, aprende"
postada em: Quinta-Feira, 26 de julho de 2012 às 18:44:35
Jean,

O terreno nao pode ser depreciado, porem a Edificação sim ,

e quando colocamos somente a palavra "IMOBILIZADO" , comunente nos
referimos a ITENS do GRUPO, então sim há depreciação.

Respondendo a sua pergunta, sim o lançamento é quase esse, porem o veiculo se é para entrega deve ser classificado nesse Grupo do imobilizado, no Ativo Não circulante.

Att;

Wellington
Marcos Vinicius Araujo Moura Silva

Usuário Estrela Dourada

postada em: Sexta-Feira, 27 de julho de 2012 às 09:10:38
Prezado Jean,

A contabilização da aquisição do imobilizado usado é conforme o Wellington comentou. Já quanto a sua depreciação a RFB diz o seguinte:


O prazo de vida útil admissível para fins de depreciação de bem adquirido usado é o maior dentre os seguintes (RIR/1999, art. 311):

> metade do prazo de vida útil admissível para o bem adquirido novo;
> restante da vida útil do bem, considerada esta em relação à primeira instalação ou utilização desse bem.


At.
Marcos Vinicius
Jean Ramos

Usuário Iniciante

postada em: Sexta-Feira, 27 de julho de 2012 às 09:28:21
Bom dia meus caros,
Gostaria de agradecer os esclarecimentos.

Wellington, Ativo circulante foi um enorme equívoco meu, você está com toda a razão, quando me dei conta que faltava o "N" (ANC) já havia espirado o prazo para edição, de qualquer forma sua ressalva pode ajudar futuramente outros colegas principalmente iniciantes no Fórum, parabéns.

Tenham um bom dia.

Abraços.

"Se sabes, ensina. Se não sabes, aprende"
postada em: Terça-Feira, 6 de novembro de 2012 às 11:04:22
Prezado Colegas

Bom dia,

Tenho um dúvida quanto a depreciação de bens cujo a depreciação não vinha sendo calculada.

Exemplo: Bem cujo a vida útil é 10 anos

Nos primeiros 5 anos de uso, não ocorreu o cálculo da depreciação deste bem, entretanto agora gostaria de começar a calcular. Pergunta-se: Posso depreciá-lo pelos próximos 10 anos e aproveitar essa despesas para dedução do IRPJ/CSLL?

Ou terei que depreciá-lo somente pelos próximos 5 anos, considerando perdido o tempo transcorrido e não depreciado?

Atenciosamente
Marcos Vinicius Araujo Moura Silva

Usuário Estrela Dourada

postada em: Terça-Feira, 6 de novembro de 2012 às 11:49:31
Prezado Carlos,

Você terá que calcular a depreciação referente ao período já transcorrido e lança-lo contra a conta de ajuste de exercício anterior e evidenciar tal situação no LALUR. Feito isso, deverá ser calculado a cota mensal normalmente até o complemento dos 5 anos restantes.

At.
Marcos Vinicius
postada em: Terça-Feira, 6 de novembro de 2012 às 12:48:29
Marcos

Boa tarde,

Obrigado pelo auxilio.

Atenciosamente

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.75 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César