Contábeis o portal da profissão contábil

2
Out 2014
11:30

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


cfop 5125 x 5124

5   respostas
5.063   acessos
  

POSTS RELACIONADOS

postada em: Segunda-Feira, 6 de agosto de 2012 às 09:20:13
Pessoal, bom dia.

Preciso fazer uma nota de industrialização, só que acontece o seguinte vou fazer retorno usando o cfop 5925 (Nf de entrada de um fornecedor de cliente) e o cfop 5902 (nf de entrada do cliente); A minha duvida é a seguinte nesta operação qual cfop de usar na Nf de industrialização o 5124 ou 5125, ja que vou ter que fazer retorno das duas NFs?

se alguem poder me ajudar, ficarei grata!
Valdemir João Albanes

Usuário Estrela Dourada

postada em: Segunda-Feira, 6 de agosto de 2012 às 14:36:42
Boa tarde, Karen!

Entendo que vc deva levar em conta a entrada dessa nota de remessa p/ industrialização, foi dado entrada no CFOP 1901 ou 1924?

veja o que diz a RICMS/SP, com relação a Industrialização(mão de Obra):

5.124/6.124-Industrialização efetuada para outra empresa.
Classificam-se neste código as saídas de mercadorias industrializadas para terceiros, compreendendo os valores referentes aos serviços prestados e os das mercadorias de propriedade do industrializador empregadas no processo industrial.

5.125/6.125-Industrialização efetuada para outra empresa quando a mercadoria recebida para utilização no processo de industrialização não transitar pelo estabelecimento adquirente da mercadoria.
ou seja Classificam-se neste código as saídas de mercadorias industrializadas para outras empresas, em que as mercadorias recebidas para utilização no processo de industrialização não tenham transitado pelo estabelecimento do adquirente das mercadorias, compreendendo os valores referentes aos serviços prestados e os das mercadorias de propriedade do industrializador empregadas no processo industrial.


att..

Cianorte - PR - "Capital do Vestuário"
"O entendido sabe tudo, o sábio apenas o essencial"
postada em: Segunda-Feira, 6 de agosto de 2012 às 14:48:12
Valdemir, muito obrigado pela resposta...

Só que no caso Valdemir eu tenho duas Nfs de entrada do mesmo cliente como falei anteriormente uma com cfop 5924 (Nf que veio direto do fornecedor do meu cliente) e uma com cfop 5901 (nf vinda do cliente) entao seria as duas entradas 1901 e 1924,no caso eu tenho que fazer o retorno das duas Nfs, só que na industrialização não sei se uso 5125 ou 5124?Já que os dois se encaixariam.

Valdemir João Albanes

Usuário Estrela Dourada

postada em: Segunda-Feira, 6 de agosto de 2012 às 15:33:38
correto, os dois se encaixariam, pelo que entendi veio duas notas do mesmo produto, é isso?

nesse caso ao meu ver, faça a indust. efetuada (mão de obra) no 5124, já que é o real dono do produto.


att..

Cianorte - PR - "Capital do Vestuário"
"O entendido sabe tudo, o sábio apenas o essencial"
postada em: Segunda-Feira, 6 de agosto de 2012 às 15:46:45
Valdemir, são duas notas diferentes não são os mesmos produtos por isso uso os dois cfops de retorno; mas mesmo assim acho que você esta certo ja que é o real dono do produto é o cliente!




muito obrigado!

tenha um otimo final de dia!

Valdemir João Albanes

Usuário Estrela Dourada

postada em: Segunda-Feira, 6 de agosto de 2012 às 15:58:52
nesse caso, vc tem que fazer duas notas sendo:
5124 para q que entrou no cfop 1901 e
5125 para a que veio no cfop 1924.

temos muito desse caso aqui também, e geralmente utilizamos esse procedimento.



att..

Cianorte - PR - "Capital do Vestuário"
"O entendido sabe tudo, o sábio apenas o essencial"

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.29 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César