Contábeis o portal da profissão contábil

22
Set 2014
03:12

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


cálculo de salário meses com 28, 29, 31 dias

20   respostas
39.622   acessos
  

POSTS RELACIONADOS

Marta Martins

Usuário Iniciante

postada em: Quarta-Feira, 31 de outubro de 2007 às 09:11:57
Como é feito o cálculo do salário nos meses com 28, 29, 31, dias?

obrigada


Marta Martins
Eugenio Lopes

Usuário 4 Estrelas de Prata

postada em: Quarta-Feira, 31 de outubro de 2007 às 09:17:51
Olá Marta,

Dias no Mês em 28, 30 e 31 dias.

Consideramos sempre o mês comercial, ou seja, 30 dias.


Comportamento do cálculo igual 31 dias, o último dia não será considerado

28 serão pagos dois dias a mais (28 + 2)

29 dias, será pago um dia a mais

At

Cláudio Lopes

EUGÊNIO LOPES
Mozart Rodrigues e Silva Neto

Usuário Estrela Dourada

postada em: Quinta-Feira, 1 de novembro de 2007 às 14:30:05
Mas qnd da admissão "em meio do mês", tipo no dia 15/10, o cálculo deverá ser feito pelos dias trabalhados, ou seja, considerando o dia 31/10.
Juliana Mira

Usuário 4 Estrelas Novas

postada em: Quinta-Feira, 1 de novembro de 2007 às 14:48:37
Mozart eu aprendi aqui mesmo no forum que qd a adimssao é feita em meio o mes deve ser pago os dias trabalhados contando o mes corrido ou seja considerando se o mes tiver 30,31,28 ou 29...
Mozart Rodrigues e Silva Neto

Usuário Estrela Dourada

postada em: Quinta-Feira, 1 de novembro de 2007 às 14:53:51
Juliana,

Foi isso mesmo q eu aprendi. Paga-se pelos dias trabalhados, independente de o mês ter 28, 29, 30 ou 31 dias. Só desconsidera a quantidade de dias qnd se paga o mês trabalhado completo.
postada em: Quinta-Feira, 1 de novembro de 2007 às 17:58:13
Qdo o contrato d trabalho é feito d forma mensalista o mês considerado é d 30 dias independente de o mês ter 28, 30 ou 31 dias, mas no primeiro mês d salário desse funcionário mensalista, é contado os dias d trabalho até o ultimo dia do mês, ou seja, se ele foi admitido em 15/10 serão contados os dias até o dia 31/10, somente neste caso; porém se o funcionário for contrato como diarista, então serão computados os meses com os dias q têm, 28, 29, 30 ou 31 dias.
Lucas Lima

Usuário Iniciante

postada em: Sexta-Feira, 31 de julho de 2009 às 16:33:21
Alguem tem o embasamento legal das considerações acima?

Atenciosamente
Lucas Lima
Kennya Eduardo

Consultor Especial

postada em: Sexta-Feira, 7 de agosto de 2009 às 14:58:20
Amigo Lucas, há embasamento para isso, eu apenas não o tenho aqui, mas sei que há um enunciado (ou portaria, não lembro) do TST, dá uma pesquisada no google que vc acha.
Outra opção de pesquisa é o tópico fixo daqui do forum, na sala mesmo de Depto Pessoal, lá no começo você vê "Legislação" ou coisa assim, há muita súmula postada, talvez vc encontre o embasamento.
Espero ter ajudado.
Vanderlei Pereira

Usuário Novo

postada em: Quinta-Feira, 26 de abril de 2012 às 13:46:21
Oi eu gostaria de saber se o trabalhador é obrigado a trabalhar o 31º do mês??
postada em: Quinta-Feira, 26 de abril de 2012 às 14:01:20
Quando o Mês é inteiro paga-se pelos 30 dias. Quando a admissão for no meio do mês ou retorno de férias etc paga-se pelos dias efetivamente trabalhados.

Antônio Carlos P. Damasceno
Assistente de Recursos Humanos
Graduando em Ciências Contabéis
Kennya Eduardo

Consultor Especial

postada em: Quinta-Feira, 26 de abril de 2012 às 19:53:05
Sim, Vanderlei. Para o empregado mensalista existe a convenção de que o mês é comercial, isto é, de 30 dias. Assim, se for fevereiro (28/29), ele recebe o mesmo que em qualquer outro mês, como janeiro (31), ou abril (30 dias).

Se o trabalhador for diarista, cuja remuneração é por dia trabalhado, mesmo assim, ele não pode faltar ao trabalho sem uma justificativa que abone sua ausência ao serviço.

Afinal, nenhum deles (mensalista ou diarista) assinou contrato para trabalhar exatos 30 dias por mês, posto que ele não pode trabalhar 30 das sem folga semanal e nenhum mês tem 34 dias, certo?
postada em: Sexta-Feira, 8 de junho de 2012 às 20:34:00
sai de ferias dia 30/04/12 retornei 30/05/12 trabalhando o dia 30 e dia 31 de maio.porem só recebi um dia.está correto? se não,como posso provar a empresa de que eles erraram?lei?regras? gostaria de reaver esse dia trabalhado se realmente me for de direito.
trabalho a 6 anos na empresa,fui 'fichado' dia 22/06/2006 e estou trabalhando até hoje 08/06/2012.
e mais uma duvida,alguem sabe o valor do piso salarial do setor de instalador de tv a cabo telecomunicação?
Agradeço a ajuda.
Obrigado.
Jhonny Scolari

Usuário 3 Estrelas Novas

postada em: Sábado, 9 de junho de 2012 às 12:47:58
Waldemberg,

Com certeza você deveria receber 2 dias de trabalho.

Art 64

Parágrafo único - Sendo o número de dias inferior a 30 (trinta), adotar-se-á para o cálculo,
em lugar desse número, o de dias de trabalho por mês.


Sendo assim se trabalhado mês com dias superior a 30, também será calculado proporcional.
Kennya Eduardo

Consultor Especial

postada em: Sábado, 9 de junho de 2012 às 15:05:05
Waldemberg, verifique se seu salario de Abril foi pago integralmente ou sobre 29 dias, apenas.

Caso tenha pago integralmente, ali á estavam pagando antecipamente 1 dia de trabalho.

O modo em que eles fizeram foi errado. Por isso toda essa confusão.

As férias e os salários de abril e maio deveriam ter sido calculadas somando os dias de ambos os meses e sendo o dobro de seu salário dividido por aquela soma de dias (abril+maio). Pagando-se 29 dias de salário de abril, os 30 dias de férias, e os 2 dias restantes de maio. Sendo vc mensalista, claro!

O que não poderia ocorrer seria vc receber num mês valor maior que outro empregado na mesma função, desempenhando-as na mesma perfeição técnica, apenas por ter saído de férias. Obviamente que excluímos desta consideração oadicional de 1/3 sobre as férias.
Danilo V Daher

Usuário Novo

postada em: Segunda-Feira, 9 de julho de 2012 às 11:49:25
Kennya, no caso do Waldemberg, ele teria que receber 2 dias referente ao 30 e 31 de maio? Pelo que entendi dos posts anteriores estaria correto ele receber apenas 1 dia.

Porque considerando que ele tenha recebido 29 dias de Abril + 30 dias de 30/Abril a 29/Maio, para completar os 60 dias de trabalho dos dois meses estaria faltando 1 dia que ele recebeu depois mesmo trabalhando dia 30 e 31 de maio. Não estaria correto?
postada em: Sexta-Feira, 31 de agosto de 2012 às 15:29:01
E como é calculado o dia? eu divido por 30, ou 31, 29/28?
Thiago Ferreira

Usuário Frequente

postada em: Sexta-Feira, 31 de agosto de 2012 às 15:40:08
vc sempre vai dividir por 30
postada em: Sexta-Feira, 31 de agosto de 2012 às 16:29:21
Obrigada.
Kennya Eduardo

Consultor Especial

postada em: Sábado, 1 de setembro de 2012 às 11:51:07
Danilo, em respeito ao Princípio da Isonomia, o correto mesmo seria ter sido calculadas as Férias considerando o salário mensal dos 2 meses envolvidos nas férias, e apurado o correspondente aos dias trabalhados em cada mês + o valor das férias.

Explico:
Suponhamos que o salário do trabalhador é de R$800,00. As férias integrais começam dia 30/Abr e terminam em 29/Mai (30 dias corridos). Multiplique o salário por 2 e divida pela quantidade de dias ocorridos nos meses em questão (Abr + Mai). Assim temos, R$1.600,00 dividido por 61 dias. O que resulta em valor do salário-dia de R$26,229.
Como o empregado teve salário sobre 29 trabalhados em Abril, sua remuneração neste mês será de (26,229 x 29 = )R $760,64.
Os 2 dias trabalhados em Maio resultará num salário de (26,229 x 2 = ) R$52,458.
O valor dos 30 dias de Férias será de (26,229 x 30 = ) R$786,87, e sobre esse valor será acrescido o adicional de 1/3.
Ao somarmos as 3 parcelas aqui calculadas (salário Abr + Férias + salário Maio), obtemos o total de R$1.599,968. (= 1.600,00)

Esse deve ser sempre o procedimento quando as férias são quebradas e ocorrem em mês diferente de 30 dias, isto é, começam num mês e terminam no subsequente.

É sempre bom lembrar que a Lei não diz "férias de 1 mês", mas sim, "Férias de 30 dias".

O Princípio da Isonomia é importante neste caso pois, havendo outro funcionário que labore na mesma função e condições, recebendo o mesmo salário, será prejudicado pois aquele que saiu de férias receberia a mais que ele caso o cálculo fosse feito com base exclusiva no valor do salário-dia de acordo com a convênção comercial que é dividindo o salário por 30.

Pois, vejamos.
Com o mesmo exemplo acima, o empregado receberá no computo dos 2 meses envolvidos nestas férias o seguinte: { (29 dias de Abril = R$773,14) + Férias de 30 dias = R$800,00) + (2 dias de Maio = R$53,33) } = R$1.626,646. Enquanto que seu colega, que desempenha a mesma função, receberia apenas R$1.600,00.
Erika de Sa

Usuário Ativo

postada em: Terça-Feira, 6 de novembro de 2012 às 16:31:17
Kennya boa tarde,

Então com base nesta sua resposta poderiamos dizer que um funcionario que entrou de ferias de 01/10 a 30/10 receberia de ferias o salario base/31*30 e receberia pelo dia 31/10 com 1 dia trabalhado,poisja li muito sobre este assunto e a duvida continua?

Att,
Erika
Kennya Eduardo

Consultor Especial

postada em: Terça-Feira, 6 de novembro de 2012 às 19:45:49
Quando as ferias são quebradas (começam num mês e terminam em outro) é que leva em consideração os dias exatos dos meses apenas para calcular com exatidão o quanto ele receberá entre ferias e de salários nos 2 meses, que sendo salario fixo invariável, não poderá uiltrapassar 2 salários mensais mais o adic adc 1/3 do salário mensal.

No caso de outubro, vc deve dividir o salário base por 31 e multiplicar por 30 e acrescentar 1/3 deste valor, o que sobrar (o 31º dia) será o salário a ser pago em outubro. Lembrando que a Lei dizférias de 30 dias, e não de 1 mês.

Espero ter ajudado.

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Quem participa

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Receba Novidades


Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

ACOMPANHE NOSSO PORTAL FACEBOOK

facebook.com/portalcontabeis

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários e visitantes deste site, tudo nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Página carregada em 0.37 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César