Contábeis o portal da profissão contábil

23
Oct 2017
11:16
você está em:

Conteúdo » Notícias

Saiba qual é a lei que define a tributação de INSS para microempresas do Simples

Uma situação cada vez mais comum na área da tributação fiscal é encontrar Microempresas (ME) ou Empresas de Pequeno Porte (EPP), prestadoras de serviços optantes do Simples Nacional, sendo tributadas indevidamente. A razão é que essas empresas têm

postado 07/04/2017 08:27:30 - 1.320 acessos

Uma situação cada vez mais comum na área da tributação fiscal é encontrar Microempresas (ME) ou Empresas de Pequeno Porte (EPP), prestadoras de serviços optantes do Simples Nacional, sendo tributadas indevidamente. A razão é que essas empresas têm sido enquadradas no Anexo errado da lei vigente.

Como descreveremos a seguir, a ME ou EPP prestadora de serviços deve ser tributada conforme Anexo IV da Lei Complementar nº 123, de 2006. A medida foi publicada no Diário Oficial da União, de 18/05/2009, em Instrução Normativa 938 da Receita Federal, em razão da obrigatoriedade de retenção do INSS em Notas Fiscais emitidas, a partir de 01/01/2009, por cessão ou locação de mão de obra,

Mas quais são as atividades tributadas, previstas nesta Lei Complementar? São Microempresas ou Empresas de Pequeno Porte, que tenham prestado serviços nas áreas de construção de imóveis e obras de engenharia em geral (inclusive subempreiteiras de hidráulica, eletricidade, pintura e alvenaria); execução de projetos e serviços de paisagismo (incluindo carpintaria); decoração de interiores; terceirização de serviços de vigilância (exceto da área eletrônica); limpeza ou conversação; e de manutenção ou reparo de veículos.

A novidade é que prestadores de serviços de demais setores, os quais sofriam retenção até 31/12/2008 (quando aplicável), deixaram de reter o tributo proporcional ao valor bruto de NFs, faturas ou recibos emitidos pelo Microempreendedor Individual (MEI) a partir de 01/01/2009,

Então, fique atento! Se você é prestador de serviços de uma das áreas mencionadas anteriormente e se encontra em situação irregular, é hora de regularizar as contribuições ao INSS. Caso contrário, sua empresa poderá acumular um volume de débitos muito maior do que o montante de créditos, dos quais teria direito.

Lembrando que, segundo a Lei Complementar nº 123 de 2006, o Microempreendedor Individual que contrata um único empregado e paga a ele apenas um salário mínimo (ou piso salarial de sua respectiva categoria profissional), compromete-se a prestar informações e recolher contribuição previdenciária patronal, com alíquota de 3% sobre a remuneração do funcionário.

Para ajudar a sua empresa nessa tarefa, a dica é contar com uma assessoria capacitada no assunto. A Campconsulting é especialista em tributação fiscal, com um histórico de dez anos de sucesso nessa área. Seus profissionais podem auxiliar na revisão e organização de lançamentos contábeis, bem como na interpretação correta da legislação vigente para o recolhimento devido de impostos. A experiência de uma década da Campconsulting no rápido atendimento às exigências da Receita Federal é reconhecida por todos os seus clientes.

Fonte: Jornal Contábil

Notícia enviada por

ACOMPANHE NOSSAS NOTÍCIAS

Comentários

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

TOP ENVIO DE Notícias

Consulta de NFes direto da Sefaz Com download automático de XMLs de NFes e NFSes, DANFes e mais

20% de desconto nos primeiros 6 meses! Descontos especiais para escritórios contábeis.

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.06 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César