Contábeis o portal da profissão contábil

20
Jul 2017
17:37
você está em:

Conteúdo » Notícias

Juro do cartão de crédito cai para o menor patamar em 2 anos, diz BC

No segundo mês das novas regras do rotativo, taxa média para pessoas físicas recuou para 363% ao ano, o patamar mais baixo desde maio de 2015.

postado 28/06/2017 14:04:48 - 924 acessos

Em abril, os juros haviam caído de 490% para 422,5% ao ano. O mês de março foi o último antes das mudanças nas regras do cartão de crédito.

Pela nova regra, que começou a valer em abril, o rotativo só pode ser usado até o vencimento da fatura seguinte. Se na data do vencimento o cliente não tiver feito o pagamento total do valor da fatura, o restante terá que ser parcelado ou quitado. 

A expectativa do governo federal é que as medidas façam com que os juros do cartão caiam pela metade do patamar registrado na época em que as novas regras entraram em vigor, ou seja, para cerca de 245% ao ano. Mesmo com essa queda, a taxa de juros cobrada pelos bancos ainda seria muito elevada para padrões internacionais.

 

Juro bancário médio continua em queda

A taxa média de juros das operações de crédito do sistema financeiro caiu 1 ponto percentual em maio, ficando em 29,2% ao ano, segundo dados divulgados pelo Banco Central nesta quarta-feira (28). A taxa média no crédito livre diminuiu 2,5 pontos percentuais no mês, alcançando 46,8% ao ano.

Para pessoas físicas, a taxa média do crédito manteve a trajetória de queda, atingindo 36,9% ao ano. No segmento livre, a taxa caiu 4,5 pontos percentuais no mês, para 63,8% ao ano. No segmento direcionado, a taxa de juros aumentou 0,7 pontos percentuais, atingindo 9,7% ao ano, destacando-se a elevação de 0,9 pontos percentuais em financiamentos imobiliários.

A queda dos juros bancários acontece em momento de recuo da Selic, a taxa básica de juros da economia, fixada pelo Banco Central, que influencia a chamada "taxa de captação" dos bancos, ou seja, quanto eles pagam pelos recursos.

Em sua última reunião, Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central reduziu a taxa Selic de 11,25% para 10,25% ao ano. Foi o sexto corte seguido na taxa.

Taxa de inadimplência

A taxa de inadimplência (pagamentos atrasados há mais de 90 dias) atingiu 4% em maio, alta de 0,1 ponto percentual no mês. No crédito às famílias, a taxa também avançou 0,1 ponto, para 4,1% e, no segmento corporativo, 4%. No crédito livre, a inadimplência aumentou 0,2 ponto percentual no mês, alcançando 5,9%. O direcionado, permaneceu estável em 2,2%.

 Novas regras para o uso do rotativo do cartão de crédito (Foto: Arte G1)

Novas regras para o uso do rotativo do cartão de crédito (Foto: Arte G1) 

Fonte: G1

Notícia enviada por

ACOMPANHE NOSSAS NOTÍCIAS

Comentários

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

TOP ENVIO DE Notícias

Certificado Digital certificados digitais com preços promocionais para contadores

desconto de 15% em certificados digitais e pague no boleto ou parcele sem juros no cartão.

conheça mais

Facebook


Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso. Página carregada em 0.08 segundos.

Site desenvolvido por
Julio Guimaraes | Rogério César