ASSISTA AGORA

SEMANA MEI 2018: LIVE | Dúvidas do Microempreendedor Individual

Contábeis o portal da profissão contábil

28
May 2018
06:51

Economia

Rodrigo Maia: reforma tributária depende de Previdência e de mudanças nos gastos públicos

Para o presidente da Câmara, melhoria e reorganização das contas públicas - que inclui a reforma da Previdência - é pré-condição para reforma tributária.

18/01/2018 08:23

3.977 acessos

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse nesta quarta-feira (17) que a reforma tributária só será bem-sucedida se precedida de mudanças estruturais do Estado e da aprovação da reforma da Previdência.

Maia está em missão oficial em Washington (EUA) e participou de uma entrevista coletiva em que reforçou a defesa de um governo que preze pela responsabilidade fiscal. Disse ainda que mudanças no setor energético brasileiro - como a privatização da Eletrobras e a mudança no marco regulatório do pré-sal - também serão prioridades de 2018.

Em relação à reforma tributária, o presidente da Câmara considera que propostas relacionadas aos tributos brasileiros sempre buscam compensações em outros setores e não olham a economia como um todo. Para ele, o fundamental é rediscutir os gastos e a gestão dos recursos públicos antes de tentar mudar o sistema de tributação, sob pena de prejudicar algum setor.

“Se a gente não organizar primeiro as despesas do Estado brasileiro, toda a reforma vem respaldada pela Receita Federal e pelos estados na procura de novos recursos. Por exemplo: na hora em que se está discutindo a simplificação do PIS/Cofins, descobre-se que, no final, tem sempre um trabalho para aumentar alíquota de algum setor”, disse.

Gastos obrigatórios

Rodrigo Maia disse que já pediu que o deputado Pedro Paulo (PMDB-RJ) centralize a discussão sobre uma proposta que trate dos gastos obrigatórios do poder público. “Independentemente de conseguir colocar em votação esse ano ou não, essa PEC pode ser um tema da eleição, ou seja, como se pode pensar um Estado que gasta 100% das receitas com despesas que são obrigatórias; de que forma a gente consegue desmontar isso para que o Estado possa ter melhores condições de alocação dos recursos. É um debate importante”, avaliou.

O presidente da Câmara destacou ainda que alguns municípios brasileiros perdem recursos públicos a serem investidos para saúde ou educação por falta de quadros que façam os projetos ou encaminhem para os ministérios. “Na maior parte das vezes, nossos problemas passam muito mais pela qualidade do nosso gasto, pela falta de gestão pública. O Brasil perdeu a capacidade de formar para o serviço público quadros de qualidade. Criamos muitos municípios sem quadros e esse é um debate difícil”, disse.

Urgência da reforma
Maia voltou a defender a reforma da Previdência e disse que o governo precisa convencer a população de que uma grande parte não será afetada. Disse ainda que tem sido mal interpretado pela imprensa. “Às vezes sou mal interpretado pela imprensa, que me chama de pessimista, mas eu tento sempre colocar o que eu acredito: não é fácil colocar uma reforma da Previdência em votação hoje no Brasil. Mas a situação é tão grave que a gente precisa se manifestar”, afirmou.

O presidente da Câmara disse que, se não houver responsabilidade e controle dos gastos, o País pode voltar a cenários econômicos anteriores de hiperinflação e falta de credibilidade.

Reportagem - Carol Siqueira
Edição - Alexandre Pôrto
 
Fonte: Agência Câmara Notícias

Enviado por

Wellington dos Santos

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César