x

Motivação - Acorde os sonhos!

Muito já se ouviu falar sobre motivação, muitos livros já foram escritos, muitas fitas VHS vendidas e...você então pensa: Porque meus colaboradores andam

30/01/2004 00:00:00

5.598 acessos

Muito já se ouviu falar sobre motivação, muitos livros já foram escritos, muitas fitas VHS vendidas e...você então pensa: Porque meus colaboradores andam tão desmotivados????
Esta é uma pergunta que muito aflige a cabeça de inúmeros empresários e lideres de organizações. O fato é, o que está acontecendo?
Existem diversas formas de motivar e aguçar a fome de crescer do ser humano, mas cada um se motiva por uma razão diferente, o importante e essencial é conhecer um pouco de cada um.
Imagine comigo, o trabalhador "Zé Batalha" mora na Zona Norte da capital, a empresa em que trabalha situa-se na Zona Sul; numa manhã fria e chuvosa de agosto sem tomar o café da manhã, Zé acorda as 5:30hs, para então chegar as 8:00hs na empresa que trabalha. Enfrenta primeiramente o barro terrível que existe entre sua casa e a parada, lama que também insiste em grudar-se em seu sapato, após é pisoteado sem dó no ônibus lotado, com marcas da chuva da cabeça aos pés. Isto não é apenas mais uma história triste contada por alguém que a vê de longe, e sim uma realidade constante refletida dia a dia no olhar de quem convive com isso. Agora me diga, este trabalhador, passando por esta maratona diariamente, terá condição de enfrentar tudo isso sem uma MOTIVAÇÃO???
É, a resposta é simples, lógico que não, isto verifica-se no acompanhamento de seu desempenho na organização, verifica-se no olhar cansado de um ser que luta pra acabar no 0 x 0. Quando isto ocorre e as forças do "Zé" acabarem, quem perde com certeza é a organização.
Um pensamento que infelizmente ainda existe, ou melhor, que na maioria da cabeça dos empresários insiste em alocar-se é o seguinte: "Eu estou os pagando, se não querem mais trabalhar tem um monte aí fora que estão precisando". Este é um pensamento arcaico em vista do desenvolver de uma organização que almeja sucesso. O que acontece é que o trabalhador não quer somente o trabalho x dinheiro. O "Zé Batalha" quer um pouco de ouvidos, quer sentir-se importante dentro da entidade, quer atenção! Não demonstrando-lhe a importância de sua presença dentro da empresa, "Zé Batalha" deixa de ter um trabalho e ao invés de ter serviço ele terá apenas "um emprego". A desmotivação será um problema para o colaborador que estacionará profissionalmente e também para a organização, que perderá a qualidade dos seus serviços. Neste momento é necessário que a entidade abra os olhos e comece a tentar entender o porquê do baixo desempenho atingido por cada um de seus colaboradores, quais são os problemas??? O que está faltando???

Onde estão os problemas?

Inicialmente o empresário ou a liderança que predomina em determinado setor, deverá de alguma forma aproximar-se do indivíduo que está vivenciando a desmotivação, tentar entender-lhe, saber o que está faltando para que o faça feliz consigo mesmo!
Alguns dos grandes motivos que causam a falta de interesse no desenvolvimento das atividades dos colaboradores são: salário, falta de desafios, falta de valorização e reconhecimento, baixo sentimento de participação, excesso de burocracia dentro da entidade e relação com a liderança. O descontentamento maior e mais conhecido dos itens abordados é o salário. Todo o ser que desenvolve alguma atividade, sendo ela remunerada, quer logicamente auferir resultados de maior retorno e lucratividade sempre, ou seja, jamais se contenta com o que tem, a ambição é grande. Isto está dentro de cada um de nós, não é um erro, desejamos crescer profissional e financeiramente.

Soluções:

Para que o problema do "baixo salário" e descontentamento seja resolvido, é necessário que haja uma grande flexibilidade entre as partes, empresa x colaborador. Se a empresa oferecer oportunidades de crescimento profissional como: cursos, palestras, auxílio e bolsa de estudos, planos de saúde, reconhecimento de suas atividades desenvolvidas, proporcionar desafios ; fará com que se desperte uma autoconfiança que até então estava adormecida dentro do colaborador, que trará junto a motivação de fazer sempre, mais, e melhor. Fazer com que se sinta o gosto de fazer o certo, com bom gosto, com satisfação estreitar e facilitar o canal de comunicação entre os setores, entre as hierarquias, proporcionar reuniões e seminários com freqüência, fazer o empregado ter uma visão de futuro prospera, mostrar-lhe sua importância dentro da organização, mostrar-lhe também o quanto ele tem de estar preparado para a defender e lutar por ela no mercado.
Enfim, o colaborador precisa estar de bem consigo mesmo para que gere bons frutos e o empresário precisa fazer com que os sonhos se despertem, que os sonhos acordem... precisa injetar uma dose de motivação nas veias adormecidas de perspectivas.

Rodrigo Freitas (Técnico Contábil, CRC/RS 70.097 - Graduando em Ciências Contábeis/ UNISINOS).

MATÉRIAS RELACIONADAS
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.