x

Programação Anual dos Trabalhos de Auditoria

Uma auditoria com o enfoque nos processos da empresa avalia e classifica os riscos identificados nos macros processos da empresa, para definição do seu grau

26/11/2006 00:00:00

4,2 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Uma auditoria com o enfoque nos processos da empresa avalia e classifica os riscos identificados nos macros processos da empresa, para definição do seu grau de importância dentro no negocio exercido.
Para a definição da programação anual dos trabalhos de auditoria, são necessários alguns cuidados, para que os trabalhos ocorram considerando os principias processos e as metas, consideradas, pela Empresa, como primordiais para o período. Podemos destacar os seguintes passos para definição de uma programação de trabalho ideal:

  • Definição do prazo para realização dos trabalhos, sugiro fazer uma programação nova a cada ano, considerando a atualização de todos os processos;

  • Envolver a alta gestão, solicitando sugestões de processos a serem auditados, considerando o plano estratégico da Empresa, para o período, assim como seus principais produtos;

  • Levantar todas as metas definidas, junta a cada diretoria do grupo, visando avaliar como os trabalhos de auditoria poderão auxiliar em seu atingimento;

  • Classificar os processos em riscos Alto, Médio e Baixo, detendo a maior parte de seus recursos nos processos de riscos Altos., logicamente sem esquecer dos demais riscos. Dentro do possível, adotar uma filosofia de rotação de ênfase, para a auditoria dos demais processos;

  • Temos que também considerar trabalhos feitos no ano anterior, para a constatação da necessidade de algum follow-up sobre a aplicação das ações corretivas. Este trabalho de follow-up, deve ocorrer logo após o termino do período determinado para a implantação das ações corretivas;

  • Obter a aprovação dos processos escolhidos para auditoria no ano, junto à posição hierárquica que a área de auditoria ou o prestador contratado se reporte e as demais diretorias da Empresa, demonstrando a importância de um trabalho em parceria;

  • Dividir os processos selecionados e aprovados para auditoria, considerando os meses de sua execução no ano e o staff técnico disponível.

  • É importante que nessa divisão sejam identificados os períodos de férias e possíveis licenças dos auditores, assim como a necessidade de viagens e deslocamentos;

  • Na definição dos responsáveis pelos trabalhos, devem ser criadas equipes de trabalho que proporcionem a passagem do conhecimento, dos auditores mais experientes, para aqueles que ainda estão iniciando seu desenvolvimento profissional.

  • Para a alocação de tempo e profissionais em cada projeto é importante avaliar os recursos permitidos para os serviços de auditoria, visando manter sempre a melhor relação custo-benefício;

  • Avaliar a criação de equipes de auditores especialistas para as áreas de negócios e operacionais da empresa, visando facilitar o entendimento dos processos e o atendimento as necessidades da Empresa; e

  • É importante não estabelecer os projetos com prazos muitos justos, pois trabalhos especiais, não programados, que surgem de solicitações das Diretorias, são fatores que obrigam a definição de períodos bem realistas, para execução dos trabalhos, considerando prazos que possibilitem o atendimento destas solicitações sem prejuízo a programação original da área de Auditoria Interna.

Modelo de uma programação dos trabalhos de uma área de auditoria de processos para o período de um ano:

 

Staff Técnico Dez Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
Fabrício-Gerente 1           1.1            
                           
Leda-Sênior 1 2 2 2 3 4 1.1 2 2 5 4 4  
                           
Márcia-Trainee 1 2 2 2   4   2 2 5     1
                           



Legenda dos Processos Verificados:


1 - Processo de Vendas: considerando operações efetuadas a prazo e descontos concedidos
1.1 Processo de Recebimento de Vendas: considerando operações efetuadas em JUN na expectativa dos recebimentos integrais
2 - Processo de Pagamentos: Verificação se todos pagamentos foram quitados no prazos.
3 - Follow UP - Foi definido um plano de ação criando um método de cobrança interna para diminuir os casos de inadimplência, no Processo de Faturamento.
4 - Processo de Compras - Verificação da compra dos materiais de insumos para fabricação.
5 - Processo de Recebimento - Verificar se as vendas efetuadas em JUN/05 tiveram os recebimentos registrados corretamente.

Texto retirado do Livro Auditoria de Processos Organizacionais
Autor Prof. Sergio Vidal
Editora Atlas - 11/2006

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

?>