MOMENTO CONTÁBEIS

Autenticação de documentos |informações sobre a EFD|Atestados Médicos

Contábeis o portal da profissão contábil

20
Oct 2018
06:18

artigo

Os desafios atuais na capacitação de um profissional contábil diante as necessidades do mercado

O profissional contábil assim como em toda e qualquer profissão deve se manter atualizado em sua área. O contador qualificado é aquele que sempre está a par das alterações jurídicas que vinculam e regem na esfera contábil.

14/11/2014 08:02

8.118 acessos

Desde os primórdios, dando início a mais de 20.000 anos atrás, a contabilidade evoluiu e se tornou o que se ver hoje. Após diversos pensadores a observarem e criarem meios da qual se manteve mais forte e praticada, diversas doutrinas foram escritas ao longo dos anos, algumas mais usadas e mais conhecidas que outras, porém nenhuma merecendo ser desmerecida. O mundo vem quebrando antigos padrões de comportamento, impondo novas regras, que precisam ser assimiladas e adequadas às diversas áreas profissionais. O profissional contábil se depara a um novo problema, a capacitação para um mercado cada vez mais competitivo, do qual a forma de recrutamento só se aperfeiçoa.

“As pessoas e organizações não nasceram juntas. As organizações escolhem as pessoas que desejam como funcionários e as pessoas escolhem as organizações onde pretendem trabalhar e aplicar seus esforços. [...]” (CHIAVENATO, 2004, p.102)

As empresas vão acolhendo funcionários ao longo de sua jornada, aparentemente os que assimilam mais a sua cultura e clima organizacional ficam por mais tempo, claro sempre dependendo da motivação. Já em pequenos comércios, infelizmente, muitas vezes cabe à motivação salarial, seguida pela amizade com os patrões. O perfil dos empregados mudam assim como os perfis das empresas, ambos sempre buscam aperfeiçoar-se com intenção de sempre estarem prontos para uma nova oportunidade, tanto para um emprego melhor como para uma nova aquisição ou investimento.

A ponto de Deixar assim de contratar pessoas que apenas possuem vontade de trabalhar, sem a menor estrutura, para contratar pessoas realmente a altura do cargo, podendo desempenhar de forma mais gradativa desde o início dos trabalhos. Para isso, existem as técnicas de seleção, que são as formas das empresas garimparem funcionários que possam contribuir de fato para a organização. Algumas formas de recrutamento estão ficando obsoletas, é o caso de indicações e das entrevistas. Hoje em dia existem outras formas de recrutamento, por exemplo, pode ser citado à dramatização, que é uma simulação da qual coloca o candidato no cotidiano real da organização assim os futuros empregados passam por problemas corriqueiros e são analisados pelos gestores.

A comparação e análise de currículos também são comuns, sem esquecer os testes psicológicos e específicos, tudo com a intenção de escoar todos os maus profissionais e a empresa progredir. Com a difusão da internet em meados do ano 2000, o uso dela para recrutamento se destacou com as redes sociais. Com a massificação da rede no meio social as empresas passaram a escolher os melhores currículos através de perfis do Facebook, Orkut, e Twitte, também surgiram redes sociais direcionados para interação, registro e troca de informações entre profissionais, a exemplo pode se destacar o linkedin.com, o site cataloga a necessidade cadastradas com os perfis, levando sempre o melhor profissional ao melhor cargo e empresa.

Assim os profissionais devem estar cada vez mais preparados para as necessidades do mercado. O homem em sua história sempre buscou aperfeiçoar-se tanto para o mercado quanto para se mesmo, ser detentor de conhecimento sempre é bom para o próprio ego. O homem é um ser que provoca e vive em constante mudança, mas nota-se que em alguns casos ele mesmo não consegue acompanhar a mudança ocorrida no seu meio social, e com essa afirmação o contador ou profissional contábil deve estar sempre preparado para o mercado.

“[...] O homem primitivo buscava, assim, memorizar aquilo que dispunha e que não precisava mais buscar na natureza, porque armazenara.” (SÁ, 1997, p.20)

Já se havia transposto a ótica de observar o registro e a conta como objetos de estudos, ou seja, estava consolidada a ideia de que vale a informação se não sabemos o que fazer com a mesma e que a conta é um simples instrumento de registro e não o objeto de observação. (SÁ, 1997, p.59)

No início a contabilidade surgiu espontaneamente com a necessidade de saber o que se tinha e o que deveriam ter, a evolução dessa ciência social é esplêndida, já que hoje em dia ela é indispensável não apenas para empresas, mas também para toda e qualquer organização. Após a quebra da bolsa de valores de Nova Iorque em 1929, o mundo contábil começou a perceber os erros que levaram a aquele prejuízo, um dos motivos foi cada país ter uma forma de fazer sua contabilidade, sendo que as contas sofriam grandes impactos quando comparadas a de outro país ou região do planeta. Em 1973, foi criado o IASC (International Accounting Standards Committee) que tinha como intuito desenvolver um novo padrão de normas contábeis internacionais para serem aceitas internacionalmente. Desde então os profissionais contábeis de todo o mundo vêm trabalhando com pesquisas e implantações paralelas de contabilidades.

O projeto de adoção do IFRS deve ser considerado um dos projetos mais importantes da entidade. Isso porque todas as decisões tomadas durante a fase de adoção impactará a situação financeira e patrimonial da entidade por um longo período após a adoção do IFRS deve ter um cronograma de trabalho formal com etapas e metas a serem atingidas. (MOURAD, PARASKEVOPOULOS, 2010, p.04)

A criação do CPC, formada pelos principais órgãos da classe contábil, foi iniciada com o intuito de implantar o IFRS no Brasil. Uma normatização Mundial do qual o país terá a oportunidade de participar. Sendo um meio promissor para grandes empresas nacionais e permitir que se comparem a grandes empresas de outros países, e com isso mostrar uma maior transparência, oportunidades de empregos para contadores nacionais, mesmo que a implantação atrase os serviços atuais e que aumente seus custos com treinamentos e despesas na divulgação de devidas informações.

 Para implantação da IFRS a empresa tem que está de acordo com os termos exigidos. A BR Gaab sempre em conformidade com a lei 11.638/07. Usar exemplos como erros nas demonstrações contábeis e mudanças de políticas contábeis. O uso da IAS 37 provisões, passivos contingentes e ativos contingentes. A provisão deve ser mencionada apenas quando houver fortes indícios de que o fato venha a ocorrer. Ressaltando os tipos de leasing e armadilhas contratuais. Os ativos financeiros disponíveis para a venda são os que não classificados em nenhuma das outras categorias do IAS 39. O lucro por ação básico é calculado como lucro disponível aos acionistas ordinários, dividido pela média ponderada da quantidade das ações em circulação. As demonstrações contábeis consolidadas são elaboradas utilizando-se políticas contábeis uniformes para operações e fatos semelhantes em circunstancias análogas, para todas as sociedades do grupo.

Um profissional deve estar sempre à frente no mercado e valorizando sua capacitação, parafraseando Abicalaffe, 2006, o conhecimento da existência do método, aliado a toda a historia recente da profissão contábil incendiando em muitos o desejo de mudança, certamente será uma grande força motivadora. Com isso abrange a motivação e o aperfeiçoamento intelectual do contador, sabendo mais, tendo mais domínio de sua área o profissional pode se valorizar mais, arrumando sempre uma proposta de emprego melhor.

Sendo assim, a presença de competição é crucial no mercado de trabalho, e o investimento em recursos humanos é uma excelente estratégia para está à frente nesta competição. É evidente que profissionais qualificados terão maior produtividade, e poderão cumprir as metas estabelecidas, poderão atender as necessidades dos clientes e ganhar destaque no mercado. Assim a empresa arrisca-se a alcançar o monopólio, isto é, consegue chegar a uma posição ainda inalcançada por seus competidores e dominar o processo de mercado. Empregados capacitados, que recebem de seu líder motivação e oportunidades para expor sua opinião, bem como uma boa qualidade de vida no trabalho, tende a ser uma excelente ferramenta, que deve ser usada pela empresa para tornar-se monopolista, já que com uma equipe bem preparada facilitará a percepção das melhores oportunidades.

Referencias:

ABICALAFFE, César; Sucesso Empresarial & contabilidade Exigência Vital da Empresa Moderna; 1a Ed. Paraná: Juruá, 2006.

CHIAVENATO, Idalberto; Gestão de pessoas: e o novo papel dos recursos humanos nas organizações, Rio de Janeiro, Elsevier, 2004.

MOURAD, Nabil Ahmad; PARASKEVOPOULOS, Alexandre. IFRS: introdução às normas internacionais de contabilidade. São Paulo: Atlas, 2010.

SÁ, Antonio Lopes de; História geral e das doutrinas da contabilidade; São Paulo: Atlas, 1997.

WELCH, Jack; Paixão por Vencer. Rio de janeiro: Elsevier, 2005.       

 

Escrito por

Marcio Alves de Andrade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César