x

Sistemas E.R.P. (Enterprise Resource Planning) e a contabilidade gerencial

As empresas inseridas em um mercado competitivo, buscam na tecnologia, as ferramentas necessárias para enfrentar a competição globalizada e as inovações tecnológicas

16/03/2007 00:00:00

25,9 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

As empresas inseridas em um mercado competitivo, buscam na tecnologia, as ferramentas necessárias para enfrentar a competição globalizada e as inovações tecnológicas advindas da evolução da Tecnologia da Informação.

Dentre as inovações tecnológicas modernas com maior impacto na gestão contábil e financeira das empresas, destacamos a Internet, o E-commerce (Comércio Eletrônico) e os sistemas ERP - Enterprise Resource Planning (Planejamento dos Recursos das Empresas).

Podemos definir os sistemas ERP como uma arquitetura de software que facilita a integração do fluxo de informações entre todas as áreas da empresa, permitindo soluções e informações com base em um único banco de dados que interage com todos os aplicativos do sistema, eliminando redundância e redigitação de dados , assegurando a integridade das informações obtidas, oferecendo um conjunto de módulos que são pacotes funcionais individualizados para cada unidade de negócio dentro da organização ( contábil, financeiro, engenharia, planejamento e controle da produção, administração e materiais, etc.).

O sistema gerencial moderno exige informações de qualidade com rapidez e confiabilidade o que vem de encontro com as propostas do sistema ERP onde a Contabilidade Gerencial encontra fontes de informações que utilizadas de forma conveniente pode tornar a contabilidade importante instrumento de gerenciamento.

Atualmente, as empresas buscam na implantação de sistemas de gestão empresarial informatizados, conhecidos como E.R.P. "Enterprise Resource Planning", uma mudança real de postura gerencial e da implementação efetiva de todas as alternativas e esforços de melhorias.

A evolução da tecnologia da informação vem permitindo soluções para integrar as diversas funções da empresa, gerando informações para a tomada de decisão gerencial de um empreendimento como um todo, no Brasil, devido à complexidade de sua legislação, as empresas são obrigadas a manter uma série de registros contábeis, financeiros e fiscais, incorrendo em pesados custos administrativos e acabam centrando no uso do ERP, quando utilizado para gerenciamento contábil e financeiro, apenas a elaboração de trabalhos de natureza burocrática que atendam as exigências da legislação quanto ao controle e programação de pagamento dos tributos, elaboração de balanço patrimonial e demonstração de resultado do exercício de acordo com as normas contábeis e legais, e relatórios de controle de caixa e contabilidade de custos históricos.

Hoje em dia, os administradores estão conseguindo ver que gerenciar a função contábil e financeira de uma atividade, um departamento, um processo ou uma rede de operações com informações integradas é completamente diferente do trabalho isolado de silos funcionais simplesmente destinados a atender as normas da legislação, regulamentos contábeis e procedimentos financeiros e fiscais, e, o mais importante, visualizar que o módulo contábil e financeiro dos sistemas ERP, pode gerar informações a serem utilizadas num contexto estratégico maior, isto é, usar a tecnologia de informação como meio para um gerenciamento eficaz.

Com o advento da Internet, aumentou não só a velocidade como a interatividade na disseminação da informação, diminuindo a defasagem entre a contabilidade financeira (tradicional) e contabilidade gerencial e diminuindo a distância entre as duas abordagens.

Gustavo Henrique Ramalho Pereira
Contador
Consultor de Negócios do Grupo GSW

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.