x

Empresarial

O chefe do garimpo e o líder corporativo!

Na novela o Outro Lado do Paraíso, que está no ar, ocorre uma circunstância no garimpo que faz parte da trama e que podemos muito bem fazer um link com a realidade corporativa que muitos de nós conhece por ter vivenciado.........

19/04/2018 08:39:39

1,2 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

O chefe do garimpo e o líder corporativo!

Na novela o Outro Lado do Paraíso, que está no ar, ocorre uma circunstância no garimpo que faz parte da trama e que podemos muito bem fazer um link com a realidade corporativa que muitos de nós conhece por ter vivenciado ou por alguém ter relatado.

No capítulo que foi ao ar hoje, dia 03/04/2018, as dificuldades de Zé Vitor como líder – ou nas palavras do personagem “chefe” – ficam mais marcantes, pois a dona do garimpo, a personagem Sofia diz o seguinte:

- O que está havendo Zé Vitor? Este garimpo está rendendo bem menos do que na época do Mariano (antigo chefe dos garimpeiros)?

Mariano que está próximo responde:

- É que antes eles trabalhavam com alegria e agora trabalham na base da chibata!

Logo que Mariano encerra sua frase, Zé Vitor demonstra contrariedade e grita:

- Bora cambada, vamo produzir, é agora, não quero ver ninguém parado!

Mariano, diferente de Zé Vitor, era além de chefe o exemplo de líder que todos querem seguir: tem domínio técnico da função, é carismático, defende a equipe, tem domínio moral sobre o grupo, mas sabe cobrar resultados.

O atual chefe do garimpo Zé Vitor, em quase todas as suas falas repete: “Agora eu sou chefe”, “Vocês tem que me obedecer pois agora eu sou chefe” ou ainda “vamo, vamo cambada, vamo produzir, vocês acham que isso aqui (o garimpo) é o que?”

O personagem Zé Vitor demonstra um total despreparo para a função, e podemos dizer que exemplifica muito bem casos de um líderes que saem do operacional (ele era bom na extração de esmeraldas) e passam a ser lideranças táticas (gerentes, encarregados) mas com extrema dificuldade de gerenciamento, insegurança e nenhum perfil de 
liderança.

Ele retrata situações onde muitas vezes a empresa perde 2 vezes: primeiro por perder um excelente colaborador operacional e segundo por torná-lo um gerente de nível médio para baixo.

Entendo que vale a reflexão: Sou líder ou sou chefe?

Posso ajudá-lo a entender sobre quem você é:

1 – Se você está mais preocupado com processos do que com pessoas, você é chefe!
2 – Se você precisa afirmar várias vezes que o comando é seu, que você é o líder….você é chefe!
3 – Se você mantém uma grande distância entre você e a equipe…..você é chefe!
4 – Se você acompanha o desenvolvimento técnico e comportamental da equipe…..você é líder!
5 – Se você entende que um bom ambiente é peça chave para a obtenção de resultados…..você é líder!
6 – Se você além de dar ordens tem domínio técnico da função…..você é líder!
7 – Se você não possui o domínio técnico mas procura aprender junto com a equipe….você é líder!

São apenas 7 dicas, mas fundamentais para o seu desenvolvimento como líder!


Espero que tenha gostado e principalment que sejam úteris para o seu escritório contábil!

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.