x

Empresarial

DRE (Demonstração dos Resultados do Exercício) - Seus gestores estão sabendo utilizar?

A mais importante ferramenta de Gestão Empresarial é desconhecida por grande parte das empresas, e isso pode comprometer o futuro dessas empresas!!!

07/01/2019 09:54:54

1.556 acessos

DRE (Demonstração dos Resultados do Exercício) - Seus gestores estão sabendo utilizar?

 

Antes de falarmos dos benefícios, vamos explicar o que exatamente é a DRE, ou Demonstração dos Resultados do Exercício; a DRE como é comumente chamada é um dos principais Demonstrativos de Gestão ( se não o mais importante) juntamente com o Balanço Patrimonial e o Fluxo de Caixa, é lógico que acompanhado de outros relatórios de Gestão, que podem ser desenvolvidos especificamente de empresa a empresa, ou mesmo por departamentos.

A DRE consolida toda a movimentação de uma empresa no que se refere aos Resultados, ou seja, Despesas x Receitas (Vendas / Impostos / Custos e Despesas) e ao final da sua estruturação demonstra se a empresa teve Lucro ou Prejuízo.

A DRE deve ser desenvolvida para atender as necessidades da empresa no que se refere aos Resultados, nela é possível analisar períodos (meses/anos) diferentes por linha de Resultado, é uma forma muito eficiente de identificar distorções na Gestão e com as tomadas de ações, seus efeitos em exercícios seguintes.

É possível estruturar esse Demonstrativo baseado nas informações de qualquer sistema de Gestão, seja um ERP dos mais completos ou um simples sistema Financeiro (é lógico que com algumas limitações) que apesar de não ter a eficiência de um ERP completo, pode com certeza agregar informações importantíssimas a Gestão Empresarial.

Entre outras informações podemos obter: Volume de Vendas, Lucro Bruto, Margem de Contribuição, Despesas Administrativas, Comerciais e Financeiras, entre outras; além é logico de podermos isolar a tão costumeira pratica de misturar as despesas dos sócios com as da empresa. Isso é possível sim, e importante para identificarmos até que ponto a empresa é ou não lucrativa.

É muito comum no meio empresarial empresas serem lucrativas operacionalmente e as retiradas dos sócios as tornarem deficitárias, ou seja, há sócios que acabam por “sangrar” a empresa, essa pratica deve ser identificada, mensurada e um novo objetivo de Resultados deve ser definido, a Empresa estabelece uma nova meta de vendas ou os custos e despesas deverão ser reduzidos, tudo isso baseado no Ponto de Equilíbrio obtido também com as informações da DRE.

Walber Almeida Xavier de Sousa - Diretor da AXS Consultoria Empresarial ( www.axsconsultoria.com.br ), atua como Consultor e Assessor em Gestão Empresarial (Administração, Finanças e Controladoria) em empresas de pequeno e médio porte; atua também como Conselheiro Empresarial. Graduado em Ciências Contábeis (UNISO), Pós-Graduado em Contabilidade Gerencial e Controladoria (UNISANTANA) e com MBA em Gestão Empresarial (FGV).

Exclusivamente no mercado de Consultoria e Assessoria há 07 anos.

MATÉRIAS RELACIONADAS

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL

cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.