x

Empresarial

Como é possível prevenir autuações fiscais na empresa? Veja!

Os ensinamentos dos seus avós também valem (e muito!) para qualquer empresa: prevenir é melhor do que remediar.

14/01/2019 16:27:08

1.840 acessos

Como é possível prevenir autuações fiscais na empresa? Veja!

Cuidar das questões fiscais da empresa é um dos maiores desafios dos empreendedores, principalmente por que qualquer erro despercebido pode causar muitos transtornos para o negócio, entre eles, as autuações fiscais, que podem ocorrer quando na investigação do Fisco alguma irregularidade é encontrada e uma penalidade é aplicada.

É possível adotar medidas para obter vantagem econômica tributária sem ser penalizado por isso, como na elaboração de um planejamento tributário e demais estratégias em conformidade com a legislação vigente, chamadas de elisão fiscal.

Contudo, é muito importante saber diferenciar esse conceito da evasão fiscal, que são técnicas ilegais usadas para suprimir ou diminuir o recolhimento de impostos, o que é considerado crime contra a ordem tributária e, obviamente, pode gerar diversos problemas.

Pensando nisso, elaboramos este texto com algumas dicas eficazes para ajudá-lo a organizar as questões fiscais e evitar autuações na sua empresa. Confira!

Emita os documentos fiscais corretamente

É muito importante ter atenção ao preencher e emitir os documentos fiscais (NF-e, NFS-e, NFC-e, CF-e, CT-e, etc.) para evitar eventuais riscos e a geração de passivos tributários. Antes de qualquer coisa, avalie se os dados estão coerentes, claros e corretos, afinal, o fisco consegue averiguar todas as informações cadastradas pela companhia nos diversos sistemas relacionados às esferas de governo.

Como os dados são agregados e compartilhados, é preciso atenção para não fornecer informações contraditórias e, assim, expor a empresa as autuações.

Tenha uma gestão fiscal eficiente

Por meio de boas práticas de gerenciamento da organização, é possível se desenvolver sem dores de cabeça. Seguir as normas tributárias e aplicar métodos de gestão, evitam preocupações desnecessárias com a Receita Federal, Secretarias da Fazenda estaduais, Prefeituras Municipais e demais órgãos relacionados.

Para isso, você pode contar com o auxílio de softwares próprios para controle fiscal e tributário, auditoria eletrônica e cruzamento de informações integrados aos diversos setores do negócio. Existem empresas específicas disponíveis no mercado, que podem ajudar a garantir a qualidade desse processo.

Faça auditorias internas com frequência

As auditorias preventivas devem ser feitas com frequência, já que têm a finalidade de analisar o andamento das atividades contábeis, trabalhistas e fiscais, garantindo que o serviço esteja sendo realizado corretamente ou identificar possíveis problemas que possam ser causas de autuações e prejudicar a empresa.

Mantenha a equipe atualizada

A legislação tributária muda com frequência, por isso, é necessário buscar novos conhecimentos, estar por dentro de todas as alterações e manter a equipe bem treinada. Isso vai evitar que falhas ocorram por falta de instrução, garantindo que as obrigações sejam todas cumpridas dentro do exigido pelas normas e órgãos fiscalizadores.

Conte com uma assessoria competente

O contador é o profissional indicado para orientar a respeito das práticas de gestão fiscal adequadas. Para que o trabalho tenha um resultado positivo, é preciso levar em consideração suas orientações, já que ele possui o conhecimento e as condições técnicas para manter uma empresa regular perante o fisco, bem como ajudar na execução das tarefas realizadas pelos colaboradores no dia a dia da empresa.

Autuações fiscais podem afetar um negócio de diversas maneiras, por exemplo, no seu crescimento ou até mesmo na suspensão ou encerramento de suas atividades. Por este motivo, é preciso contar com equipes capacitadas e qualificadas, além de colocar as dicas apresentadas em prática. Afinal, essas são estratégicas eficientes que vão impedir prejuízos, transtornos e garantir a regularidade sua empresa.

MATÉRIAS RELACIONADAS

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL

cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.