x

Trabalhista

Saiba como inibir o Assédio Moral no ambiente de Trabalho

Muito presente no dia a dia das empresas, o Assédio Moral nada mais é do que a exposição de alguém as situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções.

07/05/2019 17:01:58

3.964 acessos

Saiba como inibir o Assédio Moral no ambiente de Trabalho

Muito presente no dia a dia das empresas, o Assédio Moral nada mais é do que a exposição de alguém as situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções. Medidas para inibir esses tipos de comportamentos devem ser inseridos na política da empresa visando a diminuição dos altos índices de casos envolvendo o Assédio.

Há vários casos e depoimentos em que a vítima relata situações de extremo constrangimento. Em sua grande maioria, mulheres que sofrem com assédios sexuais por parte do seu chefe ou até mesmo colegas de trabalho, que atuam no mesmo nível hierárquico. O que mais ocorrem em casos assim e em vários outros, é a inibição por parte da vítima, ou seja, o medo em realizar a denúncia, seja por medo de vingança, perder o emprego, ser culpado pelo ocorrido, entre vários outros.

Segundo a pesquisa realizada pelo vagas.com, 84% dos casos ocorridos são praticados pelo chefes ou pessoas que tem um cargo hierárquico mais alto. De acordo com a pesquisa, o assédio moral, caracterizado por piadas, chacotas, agressões verbais, fofocas ou gritos constantes, lidera a incidência de casos. Entre os entrevistados, 47,3% declararam já ter sofrido este tipo de agressão. As mulheres respondem por 51,9% dos casos.

Outro dado interessantes é que os processos por Assédio Moral aumentaram 30% nos últimos anos e isso se deve ao aumento da informação dos colaboradores sobre o assunto e o facilidade de obter provas por meio da novas tecnologia.

Vale salientarmos sobre o aumento do conhecimento dos colaboradores em relação ao Assédio, e isso se deve é claro a facilidade de obter informações através da Internet.

Mas e se essas empresas tivessem um bom e estruturado Programa de Compliance? Será que o número de processos na justiça tinha aumentado significativamente?

Respondo com um sonoro SIM! Haja vista que não se trata de custo, mas um investimento em Compliance! É por esse caso entre outros que as estatísticas internacionais demonstram que para cada U$S 1,00 investido em Compliance o retorno é de U$S 5,00.

Por isso é que para as empresas e entidades, a melhor saída é o investimento em Programas de Compliance. Canais de denúncias transparentes e sérios aliado a políticas e códigos de ética que inibam o comportamento do assediador.

Além é claro de punição claras e assertivas precedidas de investigações isentas e qualificadas e um plano de comunicação objetivo sobre o tema são alguns dos parâmetros a serem trabalhados na implementação de um bom projeto de inibição do Assédio Moral.

Uma pesquisa realizada pela ICTS Outsourcing, que oferece ferramentas de denúncias anônimas para empresas, apontou que o número de denúncias de assédio moral dentro de 231 empresas, aumentou 63%. Portanto,analisando este crescimento, podemos levar em consideração o maior conhecimento das pessoas em relação ao tema e a disponibilidade da ferramenta.

Segundo o estudo do ICTS, o valor médio de indenização por assédio é de R$ 17.423 e com custos com advogados, pode chegar a R$ 20.907 por processo. Mediante a estas informações, chegamos à conclusão que ações que inibem o assédio moral são extremamente importantes, inclusive para a empresa pois evita processos e consequentemente desgastes maiores, como de imagem e reputação.

Se você é Colaborador e está vivendo um momento de Assédio Moral em seu local de trabalho não se hesite em pedir ajuda e denunciar, pois ações como estas precisam ser inibidas de uma vez por todas. E se, você, Empresário ou Dirigente de Entidade ainda não implantou um Programa de Compliance em sua Cultura Empresarial, está na hora de rever alguns conceitos.

E então, alguma dúvida sobre a importância da aplicabilidade do Compliance nas empresas?

MATÉRIAS RELACIONADAS

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL

cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.