x

Emissor de NF-e gratuito SEFAZ-SP

Caros amigos do fórum, este assunto e muito abrangente pra ser colocado aqui , por isso vou fazer apenas um comentário breve. O que acontece e que recentemente

19/09/2011 13:36:56

3,4 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Caros amigos do fórum, este assunto e muito abrangente pra ser colocado aqui , por isso vou fazer apenas um comentário breve.

O que acontece e que recentemente a SEFAZ-MT fez uma auditoria na recepção de NF-e que entraram em um período de mais ou menos 1 anos do estado.

Nada mais que 120 mil notas com irregularidades diversas, como falta de I.E. entre outras, não existe uma estatística exata de quais softwares foram usados nesta emissão, mais como a maioria dos contribuintes usam o gratuito do SEFAZ-SP, fica o problema. No caso o programa gratuito aceita praticamente qualquer informação lá dentro como, CST, CSOSN e CFOP que não condizem com a tributação em si e nem com o regime da empresa remetente e nem a empresa destinatária.

Pra uma pessoa emitir uma nota por este software e preciso tem um bom conhecimento fiscal e se sabe que nem todos tem isso no BRASIL atualmente

Agora fica a duvida, como estará isso daqui a dois anos, quando a maioria das empresas já tiverem usando o software?

Os contribuintes estão na sua maioria despreparados e muitos nem sabem o que é CST ou CSOSN inclusive já prestei assessoria pra alguns contadores que eles próprios desconhecem isso, como pode isso?

Não estou aqui criticando a classe , jamais, e uma classe que merece todo o nosso respeito, mais as estatísticas da prova de suficiência falam por si só.

Analisem bem esta matéria caros amigos e se conscientizem do fato, obrigado pelo espaço.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.