x

Contábil

BI como suporte à Ciência Contábil

As mudanças de mercado vieram com a necessidade de cada vez produzir mais e melhor gastando menos, com isso as empresas têm aplicado a metodologia BI para dar mais clareza aos fatos, gerenciando da melhor maneira possível a alocação de recursos.

13/12/2019 09:00:17

4.223 acessos

BI como suporte à Ciência Contábil

As mudanças de mercado trouxeram consigo a necessidade de cada vez produzir mais e melhor com o menor custo possível, com isso as empresas têm se visto sempre mais pressionadas a buscar novas fórmulas para se destacar no mercado. Dito isso, é muito importante que as organizações tenham um gerenciamento de recursos financeiros muito bem estabelecido, controlando tudo que entra e sai da empresa.

Um bom gerenciamento de recursos é o principal fator para que uma empresa tenha vantagem competitiva no mercado e visando isso, é cada vez mais comum os altos investimentos na Inteligência Empresarial ou BI (Business Intelligence). O BI é definido como um conjunto de ferramentas com o objetivo de dar mais clareza aos fatos relevantes que acontecem dentro das companhias, os quais são de suma importância para a tomada de decisão.

O BI funciona basicamente extraindo as informações geradas pela contabilidade e as organizando de forma mais dinâmica e em tempo real para que os gestores tenham acesso mais fácil e rápido, visto que todas as informações ficarão disponíveis em apenas uma base de dados. Portanto, como muitos pensam a contabilidade não tem apenas como objetivo manter a empresa em dia no âmbito tributário ou apenas registrar os fatos que acontecem nela, a contabilidade é responsável por gerar informações para a tomada de decisão, e o BI é seu suporte nesse objetivo.

Para exemplificar melhor essa relação, podemos citar o orçamento. Com um gerenciamento ajustado dos recursos da companhia, a contabilidade pode fazer com mais exatidão o orçamento para próximos períodos, atribuindo os gastos que cada setor deverá ter, sejam eles custos ou investimentos. Com o BI, os gestores terão acesso em tempo real à situação em cada setor possibilitando assim aplicar ações corretivas caso algum deles não estejam cumprindo com o orçamento ou encontrar uma justificativa para tal descumprimento.

Outro exemplo que podemos dar seria o planejamento tributário. Em um país como o Brasil, é necessário que as empresas tenham sempre suas questões tributárias muito bem gerenciadas, visto que as multas são muito pesadas. O BI pode ajudar a empresa a saber o quanto de tributos a mesma vem pagando por período, o quanto deverá pagar em períodos posteriores e a causa do pagamento desses tributos. Isso ajuda os profissionais a encontrar brechas que possibilitem a economia no pagamento de alguns tributos.

Por último temos as empresas que aplicam o BI também como forma de encontrar seu público algo e novos produtos que atendam certa demanda. Empresas como a Netflix por exemplo, usam o BI para coletar dados sobre pesquisas para saberem se certo produto seria bem aceito por determinado público e com a ajuda da contabilidade saber se a comercialização deste ajudaria a empresa a chegar em seus objetivos, quanto aos resultados.

Portanto, para se ter sucesso no mercado dinâmico que temos hoje é importante que as empresas saibam como lidar com os dados que se tem em mãos, como transformá-los em vantagem competitiva e a contabilidade tem uma responsabilidade muito grande quanto a interpretação desses dados e pelo gerencialmente de recursos.

MATÉRIAS RELACIONADAS
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.