x
CONTEÚDO artigos

adaptação às mudanças

Coronavírus, demonstrações contábeis e relatórios de auditoria

O presente trabalho visa demonstrar os impactos da pandemia do novo coronavírus sobre os trabalhos dos contadores e auditores e as ações de adaptação às mudanças.

06/04/2020 08:50:01

17,6 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Coronavírus, demonstrações contábeis e relatórios de auditoria

Resumo

O presente trabalho visa demonstrar os impactos da pandemia do novo coronavírus sobre os trabalhos dos contadores e auditores e as ações de adaptação às mudanças. A crise sanitária que começou na província de Wuhan, China, e desde então ultrapassa as barreiras mundiais vem amedrontando mundo, não só na questão da saúde, mas também, econômica e contábil. A busca por frear o espalhamento do vírus trás a desaceleração da atividade econômica, mudanças na forma como são coletados os dados e modificações relevantes nas demonstrações contábeis.

 

Introdução

A pandemia de coronavírus continua a se espalhar em muitos países, inclusive no Brasil. A Organização Mundial da Saúde (OMS) e as autoridades nacionais orientam para que seja feito o isolamento social, como medida indispensável para combater o vírus. Essa crise também tem efeitos econômicos significativos nas empresas devido às restrições de produção, comércio e consumo e proibições de viagens.

Esses efeitos econômicos têm impacto nas demonstrações contábeis e nos relatórios de auditoria das empresas ou grupos envolvidos. Este artigo destaca algumas dessas implicações potenciais. No entanto, o impacto difere-se de empresa para empresa e seus contadores e auditores devem considerar como isso afeta os negócios e analisá-los regularmente. O desenvolvimento, a duração e o impacto do coronavírus não podem ser previstos. De qualquer forma, os contadores e auditores devem lembrar às empresas das várias iniciativas de ajuda do Governo central e local para mitigar os efeitos da crise.

Desenvolvimento

Efeitos do coronavírus nas demonstrações das empresas em 31 de dezembro de 2019
Em 31 de dezembro de 2019, a China alertou a Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre vários casos de uma forma incomum de pneumonia em Wuhan. No entanto, informações substanciais sobre o que agora foi identificado como coronavírus só vieram à luz no início de 2020.

As empresas afetadas diretamente pelo coronavírus, por exemplo, nas áreas de turismo, lazer, hotelaria e aviação, devem considerar a possibilidade de falência. Os seus administradores precisam executar os indicadores de desempenho para determinar se há alguma incerteza sobre sua capacidade de geração de receitas e pagamento aos credores a médio e longo prazo. Isso pode resultar em divulgações adicionais de demonstrações e notas explicativas, especialmente se houver alguma incerteza relevante. Em algumas circunstâncias, pode ser necessário considerar se é apropriado preparar as contas de forma contínua. Para isso, a empresa deve considerar todas as informações disponíveis sobre o impacto nas negociações futuras. Em relação ao prazo, é necessário considerar pelo menos os primeiros doze meses após a data do balanço ou após a data em que as demonstrações financeiras serão assinadas. Essa avaliação de continuidade operacional deve ser atualizada continuamente até a data em que as demonstrações contábeis sejam aprovadas em definitivo

Efeitos do coronavírus nas demosntrações após o balanço de 31 de dezembro de 2019

O requisito geral é que o balanço reflita a posição no final do exercício social. Portanto, para as empresas no Brasil seria 31 de dezembro de 2019, desse modo, o surgimento do coronavírus é um evento não retificável, uma vez que o surto ocorreu em janeiro de 2020.

A natureza de qualquer evento relevante, que não demande retificação e tenha uma estimativa de seu efeito financeiro devem ser divulgadas em nota explicativa. Portanto, as empresas precisam considerar o impacto do coronavírus em seus negócios, que variará de acordo com as circunstâncias específicas em que opera. Isso implica um impacto em potencial no próximo exercício social.

Efeitos do coronavírus nas demonstrações para 2020
À medida em que percorremos o ano de 2020, mais informações são reveladas sobre a escala e o impacto do coronavírus. Nesse contexto, é necessário um maior grau de atenção ao identificar o cenário nas datas dos balanços após 2019, portanto, deve-se avaliar se os efeitos do vírus sobre as contas são eventos de ajuste ou não. O coronavírus provavelmente é um evento de ajuste para qualquer período do relatório que termina em 31 de janeiro de 2020.
As companhias precisarão revisar, além da preocupação continuada, todas as áreas das contas sujeitas a julgamento e incerteza de estimativa, incluindo: mensurações do valor justo; imparidade de ativos; provisão para créditos de liquidação duvidosa etc. O impacto de violações de contratos, com cláusulas contratuais onerosas e planos de reestruturação também merecem consideração.

Inclusão de fatos relevantes no relatório da administração

As empresas devem considerar incluir o iminente impacto do coronavírus em seu relatório de análise de riscos, por ser uma ameça às operações da empresa, trazendo diversas dúvidas quanto ao futuro dos negócios. Em princípio, uma revisão da análise SWOT é o mais indicado, por ser uma análise focada no que pode afetar o negócio. Segundo Chiavenato e Sapiro (2003), sua função é cruzar as oportunidades e as ameaças externas à organização com seus pontos fortes e fracos. A SWOT serve para posicionar ou verificar a situação e a posição estratégica da empresa no ambiente em que atua (MCCREADIE, 2008).

Impactos do coronavírus na avaliação de risco por parte do auditor
As orientações contidas na NBC TA 315 (R1) - Identificação e avaliação dos riscos de distorção relevante deve ser utilizada para os trabalhos de auditoria nesse período, além, de outras normas de contabilidade e auditoria dos órgãos orientadores dos trabalhos. A avaliação de risco do auditor precisa ser revisada constantemente devido à ameaça de novos riscos significativos, por exemplo, a liquidez da empresa diante da suspensão das atividades para a quarentena no isolamento social. Como a situação atual é ainda muito incerta, será necessário reconsiderar constantemente durante a auditoria interna.

Os auditores terão que se adaptar para reunir evidências de auditoria apropriadas e suficientes para os relatórios. Nesse sentido, eles devem estar preparados para alterar a abordagem de auditoria e desenvolver procedimentos alternativos, particularmente em trabalhos de auditoria de grupos de profissionais, para mitigar os riscos de contágio. O uso da tecnologia no compartilhamento de dados ou na realização de reuniões virtuais é uma ótima alternativa.

Avaliação da continuidade da empresa por parte do Auditor

Este será, sem dúvida, o foco principal de muitas auditorias atuais e futuras, dado que há incerteza sobre a economia global e as perspectivas imediatas para muitas empresas. A aplicação da NBC TA 570 – Continuidade Operacional, estabelece os requisitos que devem constar do relatório do auditor versando sobre a continuidade operacional da entidade.

O auditor deve considerar as dificuldades que a administração pode ter para preparar projeções futuras, reconhecendo a situação altamente incerta e fluida. De fato, essas projeções podem mudar significativamente em um curto espaço de tempo. É essencial que o auditor use julgamento profissional e seja cético. Eles precisam ter cuidado para garantir que quaisquer projeções reflitam a situação como e quando um relatório de auditoria deve ser assinado.

O auditor precisa garantir que as divulgações da administração descrevam adequadamente as perspectivas da empresa e como os usuários das demonstrações contábeis podem ser afetados. Tudo isso enquanto reconhece o alto grau atual de incertezas.

Implicações práticas para a auditoria das demonstrações financeiras
Discussões proativas dos auditores com suas empresas e clientes

Os auditores devem ser proativos e tentar discutir com seus clientes o impacto do coronavírus na empresa, seus negócios, operações, cronograma de relatórios e cronograma de auditoria relacionado, incluindo seus respectivos planos de contingência. Uma situação a considerar é que existe o risco de atrasos porque a empresa pode ser interrompida na preparação das informações.

Questões logísticas na preparação de contas e na realização de auditorias

Algumas empresas e auditores estão enfrentando dificuldades práticas na preparação de contas e na realização de auditorias. Isso provavelmente afetará como as empresas de auditoria auditarão essas empresas. Dadas as viagens, as reuniões e o acesso cada vez mais restritos aos locais da empresa, os auditores precisam desenvolver procedimentos de auditoria “alternativos” para reunir evidências de auditoria apropriadas e suficientes.

Conclusão

Como os cientistas ainda não têm uma compreensão clara do comportamento do vírus, taxa de transmissão e toda a extensão do contágio; a incerteza fará parte do pano de fundo por um bom tempo ainda. No entanto, com respostas políticas coerentes, coordenadas e que passem credibilidade teremos melhores chances de limitar as consequências sociais, econômicas e contábeis dessa infeliz tragédia humana em termos globais, adaptando de maneira eficiente os trabalhos na área contábil. Portanto, para manter um trabalho contábil e de auditoria devem ser modificados alguns procedimentos e processos, adaptando às circunstâncias atuais.

 

 

5. Referências

RELATÓRIOS DE AUDITORIA. Disponível em: <https://portaldeauditoria.com.br/relatorios-de-auditoria/ >. Acesso em: 10 mar. 2020.

NA CRISE EMPRESAS ENCONTRAM OPORTUNIDADES. Disponível em: <https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/03/27/na-crise-do-coronavirus-as-empresas-que-encontram-oportunidades/ >. Acesso em: 28 mar. 2020. 

NBC TA – DE AUDITORIA INDEPENDENTE DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL HISTÓRICA. Disponível em: <https://cfc.org.br/tecnica/normas-brasileiras-de-contabilidade/nbc-ta-de-auditoria-independente/ >. Acesso em: 15 mar. 2020.

CRISE ECONÔMICA: COMO O CONTADOR PODE AJUDAR A EMPRESA. Disponível em: <https://www.lafscontabilidade.com.br/blog/crise-economica-como-o-contador-pode-ajudar-a-empresa/ >. Acesso em: 29 mar. 2020. 

MUTOTO, Eugenio. CONTABILIDADE GERAL E ESQUEMATIZADA. São Paulo, 2015.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.