x

MEI

Como a dívida do MEI pode afetar seu CPF: importância de manter em dia os impostos

O MEI é uma opção simplificada, mas a responsabilidade direta do titular, com CNPJ e CPF estão intimamente ligados.

01/10/2023 14:00:05

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Como a dívida do MEI pode afetar seu CPF

Como a dívida do MEI pode afetar seu CPF: importância de manter em dia os impostos Foto: blickpixel/Pixabay

O Microempreendedor Individual (MEI) tem se tornado uma opção cada vez mais popular para aqueles que desejam empreender de forma simplificada e legalizada no Brasil. No entanto, é fundamental entender que a criação de um CNPJ para o MEI está intimamente ligada ao CPF do titular, o que significa que as responsabilidades financeiras do MEI recaem diretamente sobre o indivíduo.

Imposto em dia

Portanto, é de extrema importância manter em dia o pagamento dos impostos do MEI, conhecidos como DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional) .

Mesmo que o titular do MEI não esteja ativamente utilizando o CNPJ criado para emissão de notas fiscais, conduzir operações financeiras ou não apresente movimentação financeira, essa condição não isenta o titular da responsabilidade de quitar todos os impostos referentes ao período em questão.

O Código Civil e a Responsabilidade do Empresário Individual

Nesse contexto, é importante destacar o que diz o Código Civil. Conforme o artigo 966, o empresário individual exerce pessoalmente a atividade econômica organizada, sem distinção entre empresário e pessoa natural. A responsabilidade do empresário individual é ilimitada e solidária, o que significa que o patrimônio pessoal do titular (CPF) está diretamente ligado ao da empresa (CNPJ).

O Vínculo entre o CPF e o CNPJ do MEI

Ao abrir um MEI, é criado um CNPJ que está diretamente vinculado ao CPF do titular. Isso significa que todas as obrigações fiscais e tributárias do MEI são de responsabilidade do indivíduo por trás do negócio. Em determinado momento, se os impostos do MEI não forem pagos adequadamente, essas dívidas são inscritas na Dívida Ativa da União e passam a ser cobradas pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

As Consequências das Dívidas Fiscais do MEI

Quando as dívidas fiscais do MEI não são regularizadas, a Procuradoria Federal pode tomar medidas para garantir o pagamento. Isso inclui a inscrição dessas dívidas no CPF do titular, o que pode resultar em diversas restrições, tais como:

  • Restrições de Crédito: Dívidas fiscais inscritas no CPF podem afetar sua capacidade de obter empréstimos ou financiamentos, prejudicando o crescimento do seu negócio;
  • Impedimentos Legais: A inscrição das dívidas no CPF pode levar a restrições legais, como a impossibilidade de participar de licitações públicas ou ações judiciais;
  • Comprometimento Financeiro Pessoal: As dívidas no CPF do titular podem resultar em penhora de bens pessoais, como imóveis e veículos, para quitar os débitos do MEI.

Aqui, apresentamos um exemplo de consulta realizada junto à Receita Federal do Brasil, que destaca o impacto surpreendente da inadimplência nos DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional) por parte do titular de um MEI. Neste caso, o empreendedor nunca havia efetuado o pagamento de nenhum DAS e estava buscando financiamento junto a Instituições Financeiras para a compra de um imóvel. No entanto, deparou-se com restrições em seu nome.

O empresário justificou sua situação, alegando que possuía um histórico positivo junto aos órgãos reguladores de crédito no Brasil. No entanto, ele não antecipava que as pendências relacionadas aos DAS não pagos em nome do seu MEI poderiam impactar negativamente as operações que pretendia realizar sob seu CPF. 

A Importância de um Contador para o MEI

Para evitar surpresas desagradáveis e garantir a regularidade fiscal do MEI, é fundamental contar com o suporte de um profissional de contabilidade. Um contador especializado em MEI pode auxiliar no acompanhamento das obrigações tributárias, na entrega de declarações e na identificação das melhores opções de parcelamento para manter o MEI em conformidade com o Fisco.

Em resumo, é crucial compreender que as dívidas fiscais do MEI podem afetar diretamente o CPF do titular. Manter os impostos DAS em dia e buscar a orientação de um contador são passos essenciais para evitar complicações financeiras e legais decorrentes do não pagamento dessas obrigações.

Afinal, o MEI é uma oportunidade valiosa para empreender de forma simplificada, e a responsabilidade financeira que vem com ele deve ser tratada com a devida seriedade. A prevenção e a regularização são as chaves para manter o CPF limpo e garantir um futuro financeiro seguro para o empreendedor.

Leia mais sobre

O artigo enviado pelo autor, devidamente assinado, não reflete, necessariamente, a opinião institucional do Portal Contábeis.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.