x
CONTEÚDO artigos

Pandemia

3 serviços que contadores de sucesso prestam durante a crise

Existem três pontos nos quais os contadores precisam ficar de olho para se tornarem prioridade na folha de pagamento dos clientes.

17/08/2020 14:00:01

9,3 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

3 serviços que contadores de sucesso prestam durante a crise

Contadores consultores são parte da solução para recuperar o país dessa grande crise econômica, senão a maior que teremos de passar, que se instalou em função do coronavírus. Estamos vivenciando uma fase em que existem mortes de pessoas acometidas da doença, mas também devemos ter muitas mortes de empresas. Por isso separamos 3 serviços que os contadores consultores podem prestar durante esse período de crise. 

Os empresários da área contábil já estão sentindo os impactos com a inadimplência. Existe também uma pressão para que os preços cobrados sejam reduzidos, até mesmo troca de serviços contábeis por empresas de menor porte e que não prestam serviço de consultoria, ou seja, que só fazem serviço de conformidade. 

Muitas cidades já estão paralisadas em função da crise do coronavírus. É um momento de impacto para toda cadeia produtiva e é preciso tomar ações para minimizar isso e, ao mesmo tempo, ajudar para que todo mundo volte o quanto antes a trabalhar sem ter o coronavírus nas ruas. 

Você tem de focar 100% no que tem controle. Seu serviço é de contribuição total para com a saúde financeira das empresas de seu cliente. É impedir que empresas quebrem e também ajudar com que elas voltem a prosperar. A consequência direta disso é sua empresa também prosperar.

Mas como subir na lista de prioridade de pagamento para o cliente? Se fazendo presente. Isso com suporte emocional, orientação técnica e auxílio na gestão financeira do empresário.

1- Dar apoio psicológico para seus clientes

Houve um impacto muito maior do coronavírus que é o impacto mental disso tudo. As pessoas estão em pânico, estão em choque, estão depressivas. É um momento em que os empresários estão desestabilizados, estão descrentes, sem motivação.

O contador precisa ser fortaleza para seus clientes, alguém que lhe traga mensagens positivas. Que o tire do ciclo vicioso de: alguém em desespero que não faz o que deveria ser feito e por não fazer o que precisa ser feito, o problema se agrava. E pelo problema se agravar, a pessoa se desespera mais ainda. E a conclusão disso é a pessoa ir se afundando. 

O desfecho disso pode ser da empresa quebrar muito mais rápido do que quebraria se o empresário tivesse ajuda. O empresário precisa de alguém que possa ouvir suas dores e conversar. E esse alguém é o contador consultor. Se faça presente. 

Está mantendo contato com seu cliente? Já ligou para ele? Ele precisa de apoio e todo o seu amparo e posicionamento vão contar muito. Você precisa provar como é importante ter sua pessoa, contador consultor, para poder ajudar nesse processo. 

A atitude mais comum que você verá dos contadores é entrar em contato com seus clientes e dizer algo do tipo: "Olá, fulano. Meu contato é para saber se você vai conseguir me pagar dia tal. É que estou fazendo aqui um planejamento...".

O empresário está no olho de um furacão e o contador consultor deve assumir mais do que nunca seu posto de ter responsabilidade e comprometimento com o sucesso do cliente. Seu contato deve ser do seguinte:

"Olá, fulano. Estou ligando para entender e resolver as questões que estão tirando o seu sono. Vamos analisar a situação interna da sua empresa? Vou te mostrar as oportunidades que temos neste momento para minimizar os impactos”.

2- Prestar orientações técnicas

O contador tem de estar atento às medidas que o governo tem lançado, acompanhar todas essas mudanças, os incentivos que têm sido dados, como as instituições financeiras têm agido, os bancos que estão com as melhores carências, os que não adotaram a prática. O cliente precisa receber isso mastigado, de maneira didática. Já pensou em fazer uma cartilha com tais informações? É necessário manter um relacionamento próximo.

Aspectos trabalhistas

A folha de pagamento é algo que vai demandar trabalho, pois tem muitos empresários que vão precisar definir se vão dar férias, se vão demitir funcionários, se vão afastar colaboradores, se vão reduzir salários. No aspecto trabalhista ele precisa ser orientado de como lidar em relação a redução da carga horária de trabalho. Se é possível ou não retirar pagamento de vale transporte e vale alimentação com a redução da carga horária trabalhada. Também sobre o que é necessário fazer para poder funcionar em home office ou não.

Aspectos tributários

No campo tributário, existe uma ação prioritária: repense o planejamento tributário de seu cliente considerando previsão de queda de faturamento.  Cada empresa tem sua peculiaridade e você precisa prestar esse suporte ao cliente. 

Tem uma porção de empresas que poderiam estar restituindo o PIS e Cofins monofásico. Tem a questão da possibilidade do não pagamento do Simples neste momento. 

3- Suporte na gestão financeira

Os donos de pequenos negócios no Brasil não dominam seus números. E em momentos como esses, de crise, de desespero, quem não domina seus números está sujeito  a cometer mais erros. Erros graves, fatais. 

É um empresário que vai sair cortando tudo, inclusive o seu serviço de consultoria, sem saber se isso é devido. Quando na verdade o seu honorário, seu custo para a empresa é o único custo dentro da organização que pode ajudar a reduzir as outras despesas. Pois o contador pode ajudar com consultorias e orientações para otimizar os outros gastos. 

É o momento de se posicionar ainda mais forte como um consultor financeiro. Pequeno e médio empresário precisa de alguém para ajudar na análise de números e tomada de decisões. 

Uma tática desenvolvida neste período de crise é prestar a todos os clientes o serviço de BPO financeiro de maneira gratuita. A postura adotada é: "Nesse período eu quero te ajudar a superar essa crise". 

Óbvio que fazendo isso você mostra a ele que é sim uma prioridade. Pois o cliente percebe que as informações que vai ter a partir disso são prioritárias para poder evitar uma quebra dos negócios dele. 

Todas as recomendações descritas podem ajudar com que a turbulência do coronavírus na vida dos empresários e do país tenham impactos minimizados com a ação de consultoria prestada pelo contador.  

Gostou das dicas? Vamos trocar mais informações. Deixe seu comentário.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.