x

ARTIGO TRIBUTÁRIO

As habilidades fundamentais do empreendedor tributário

Para atuar no mercado de recuperação tributária existem algumas habilidades necessárias para obter sucesso, confira dicas do especialista.

23/11/2023 13:30:02

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Habilidades fundamentais do empreendedor tributário

As habilidades fundamentais do empreendedor tributário

Eu sou um defensor da ideia de que qualquer profissional da área tributária pode ser um empreendedor. A única ferramenta que será necessária é um conjunto de conhecimentos e habilidades fundamentais para que se faça um bom trabalho.

Contudo, a grande dificuldade que a maioria dos profissionais têm é justamente entender quais são esses conhecimentos e habilidades que a área exige. E a sua sorte é que eu, como empreendedor tributário experiente, conheço sua dor e estou disposto a te ajudar!

Neste artigo, você vai conhecer os seis principais atributos para executar um bom trabalho como empreendedor tributário. Basta identificar o nível que cada uma delas está desenvolvida e trabalhar para aprimorar as habilidades que ainda não estão maduras.

Tenho certeza que em pouco tempo você estará pronto para fechar contratos como empreendedor tributário e prosperar nessa carreira!Seis habilidades que todo empreendedor tributário deve ter para atingir o sucesso

1 - Conhecimento em legislação tributária

O conhecimento básico que todo empreendedor tributário deve ter, antes mesmo de pensar em começar na área, é em relação à legislação de tributação no Brasil. Esta é a primeira habilidade técnica que você precisa dominar, pois sem ela é impossível entregar um bom trabalho.

O empreendedor precisa ter a clareza de que, em 90% das vezes, será ele o responsável por dirigir toda a parte tributária do seu cliente. Deste modo, se algum detalhe escapar da sua visão, não haverá outra pessoa para reparar o erro, deixando que o tributo cobrado injustamente não seja restituído.

E como o Brasil possui um sistema tributário bem complexo, é muito comum que diversas situações passem despercebidas. Para ser um bom empreendedor tributário, seu conhecimento sobre tributação precisa ser completo a ponto de conseguir passar um pente fino eficiente e não deixar nenhuma cobrança irregular esquecida.

2 - Conhecimento básico em Direito

Em algumas situações, o órgão responsável por gerir o imposto cobrado injustamente contesta seu pedido, seja para ganhar tempo, seja para desestimular a parte requerente. A burocracia quase sempre é utilizada como arma de contra ataque, e você precisa saber escapar dela.

Não raramente, é exigido que vista a camisa de advogado do seu cliente, unindo forças nos canais competentes para “defender” a recuperação tributária. Por este motivo, ter conhecimento em Direito, mesmo que em um nível muito básico, é fundamental para que se obtenha sucesso nas suas negociações.

Além do Direito Tributário, você precisa ter noções básicas em Direito do Consumidor, do Trabalho, Previdenciário, Público e Administrativo. Lembre-se, isso não quer dizer que precisa ser expert em todas as áreas, mas conhecer o suficiente para defender os direitos do seu cliente.

3 - Conhecimento em processo administrativo fiscal

Uma das obrigações de um bom empreendedor tributário é o trato com os profissionais de fiscalização, negociando prazos e outras questões referentes à tributação. Quanto melhor for seu relacionamento com as autoridades fiscais, maiores são as chances de um menor passivo fiscal para o cliente.

Portanto, conhecer as principais etapas do processo administrativo fiscal é imprescindível para fundamentar esse relacionamento. Com consciência de quais são os deveres e os direitos tanto do órgão fiscalizador quanto da empresa, a negociação será muito mais fácil!

4 - Pensamento estratégico

Um empreendedor sempre precisa pensar de maneira estratégica para alcançar seus objetivos. Sem a capacidade de analisar um cenário problemático e encontrar nele oportunidades que levam a um resultado satisfatório, será muito difícil prosperar no ramo de empreendedorismo tributário.

Em diversas situações, você precisará pensar qual é a maneira mais eficiente de analisar um cliente para uma melhor organização. Alguns arquivamentos de registros tributários, por exemplo, podem estar mal armazenados e confusos, o que exigirá de você um planejamento estratégico para não se perder entre tantas informações.

Além disso, o pensamento estratégico te ajuda a encontrar as melhores oportunidades. Quando você está começando no empreendedorismo, precisa identificar um nicho de mercado e explorá-lo em busca de bons contratos. 

Ter a habilidade de pensar estrategicamente vai te ajudar a estruturar um plano de ação e encontrar as melhores negociações neste novo ramo!

5 - Inteligência emocional

O mercado de tributação testa seu controle emocional em alguns momentos, pois lidar com muitas burocracias pode ser uma atividade estressante. Ter inteligência emocional e conseguir se manter calmo, mesmo sob muita pressão, é fundamental para conseguir alcançar bons desempenhos.

A maturidade emocional te ajuda a não ceder aos impulsos sentimentais, pensando sempre de maneira racional e focando melhor na resolução de problemas. Quando lidamos com análise tributária, a paciência e a concentração são as nossas melhores ferramentas. 

Sem elas, fica muito difícil analisar a situação financeira de uma empresa e identificar os tributos que foram cobrados indevidamente.

Saiba lidar com suas emoções no ambiente de trabalho. Isso serve não só para o empreendedorismo tributário como para qualquer área, visto que um bom profissional sempre sabe separar o que deseja fazer do ele precisa executar. 

Ter essa clareza de raciocínio ajuda a evitar muitas atitudes precipitadas!

6 - Capacidade de analisar dados

Uma das habilidades mais fundamentais dos tempos atuais, a capacidade de analisar dados é um conhecimento que você precisa ter para realizar um trabalho primoroso. Em um mercado de trabalho onde a informação é a principal matéria prima, conseguir utilizá-la de maneira inteligente é muito importante.

Sendo um bom analista de dados, você terá maior facilidade de entender a situação tributária de uma empresa, acompanhando o cenário diretamente do meio digital. Hoje em dia, existem formas muito mais rápidas de condensar um grande número de informações. Contudo, de nada adianta esse recurso sem saber usá-lo.

A habilidade de análise de dados, falando de modo simplista, é ler uma lista de informações colhidas e, a partir desse quadro, entender onde você precisa agir. Desta forma, você encontra resultados de maneira muito mais ágil e assertiva.

Lembrando que essas são apenas as seis principais habilidades e conhecimentos para um empreendedor tributário, o básico para você começar sua trajetória.

Quanto mais competências adicionais possuir, melhor será o seu desempenho no mercado. Mantenha isso em mente e continue se aprimorando constantemente!

Leia mais sobre

O artigo enviado pelo autor, devidamente assinado, não reflete, necessariamente, a opinião institucional do Portal Contábeis.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.