x
CONTEÚDO artigos

Ações

4 dicas para montar uma carteira de ações

Venha descobrir neste post sobre como é possível ter sucesso ao montar sua carteira de ações!

24/09/2020 14:30:01

1,4 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

4 dicas para montar uma carteira de ações

Você sabia que é realmente possível ganhar dinheiro e rentabilidade com uma carteira de ações?

Se você pretende realizar uma viagem, fazer seu casamento, comprar um deck de madeira, entre qualquer outro objetivo, uma carteira de ações pode ser o tipo de investimento que você está precisando.

No entanto, saiba que montar uma carteira de ações não é uma tarefa simples, especialmente se você é iniciante neste mercado.

Por essa razão, existem algumas dicas simples e práticas que podem facilitar esse processo e torná-lo muito mais proveitoso.

Ao montar a sua carteira de ações, existem alguns conhecimentos básicos que você precisa ter.

Além disso, é preciso seguir a estratégia que mais está de acordo com o que você espera obter de retorno com o seu investimento em ações.

Mas vamos ao que interessa: como montar uma carteira de ações? Neste post, nós elaboramos algumas dicas para você encontrar os melhores caminhos para isso. Continue nos acompanhando e descubra todos os detalhes do post! Vamos lá?

1- Entenda seus objetivos

Antes de mais nada, é essencial entender o motivo pelo qual você está investindo em ações da bolsa de valores.

Claro, no fim das contas, o objetivo de todo investidor é um só: ganhar o máximo de dinheiro.

No entanto, enquanto alguns investidores possuem o perfil mais arrojado, outros preferem a proteção do seu patrimônio mais do que se arriscar.

Logo, seu perfil irá afetar diretamente o tipo e porte de empresa que você vai acompanhar e comprar para ter em sua carteira de ações.

2- Entenda o mercado

Além disso, também é essencial entender que existem diversas modalidades dentro da bolsa de valores.

Quando falamos em ações, estamos nos referindo há diversas empresas, e entre elas, estão as que estão consolidadas no mercado, e as que possuem alto potencial de crescimento, como uma empresa de ímã de ferrite nova no mercado, por exemplo. Existem até mesmo companhias que estão na beira da falência.

Conhecer os riscos e benefícios em relação ao tipo de ação que estará comprando para ter em sua carteira vai fazer toda a diferença nas suas estratégias.

3- Diversifique com atenção

Se você pretende correr menos riscos, diversificar suas ações é uma excelente alternativa. Mesmo que uma empresa apresente boas perspectivas de curto prazo, nada garante que isso se torne realidade.

Sendo assim, possuir diferentes empresas e diferentes setores em seu portfólio é uma forma de estar preparado para qualquer acontecimento. Mas cuidado: diversificar demais também é perigoso.

Não invista em empresas que não conhece direito, como uma indústria de grama sintética decorativa que possui muitas dívidas, por exemplo, entre outros negócios.

4- Lembre-se do Imposto de Renda

Por fim, lembre-se também que, se você obteve lucros com operações na bolsa de valores, você provavelmente terá que pagar o imposto de renda.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.