x
CONTEÚDO artigos

Empresário contábil

O que faz um contador consultor e como se tornar um?

O modo como a contabilidade é feita vem sendo alterado ao longo dos anos, por essa razão, os contadores precisam se atualizar para continuar a crescer.

05/10/2020 11:35:01

10,1 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

O que faz um contador consultor e como se tornar um?

Fazer contabilidade não é uma tarefa de hoje. Relatos históricos apontam até que há 2.000 anos a.c, os sumérios já se utilizavam dessa ciência. Eram registrados os fatos de natureza econômico-financeira das empresas. O avançar dos anos e tecnologia deixa o questionamento: O contador deve apenas registrar transações da empresa, preencher planilhas e gerar guias de impostos?

Todo aparato tecnológico já deu conta de atender a clientes e a baixos preços. E nesse contexto, onde se tem profissionais da contabilidade cada vez mais derrubando os preços em busca de novos empresários na carteira, é que o viés consultivo aparece.

O pensamento da maioria dos donos de negócios é que é preciso contratar um contador para que ele realize a parte de obrigações que nenhum empresário pode deixar de cumprir. Ponto. 

Seguindo essa linha de raciocínio, muitos pensam que contador é igual mãe. Todas são iguais, só mudam de endereço. Logo, podem ser facilmente substituídos, se necessário. Outros ficam até com preguiça de trocar de contador. Afinal, são tantos anos com aquele mesmo profissional.

O que muitos contadores ainda não perceberam foi a possibilidade de oferecer novos serviços para os empresários. Isso sem fugir de sua função principal, de aprendizagem rápida e sem exigência de uma nova graduação: os serviços consultivos. Eles rendem novas receitas ao contador e trazem ao empresário STR: Satisfação, Transformação e Realização. 

Grande parte dos negócios no Brasil são micro ou pequenas empresas. Geralmente os empresários não têm formação ou grande conhecimento financeiro e contábil. A maior parte não possui organização financeira, o que os deixa sem critério real para tomar decisões estratégicas e previsão de crescimento.

Essa é a grande oportunidade para os contadores, a atuação na gestão financeira da empresa. É um serviço essencial para qualquer contador que deseja se livrar de estereótipos da profissão, melhorar os seus honorários e ter atuação direta no crescimento das empresas.

Os contadores já realizam grande parte dos serviços necessários para atuar na gestão financeira dos seus clientes. É possível realizar um serviço proximal com o cliente para que ele tenha um negócio escalonado e cobrar honorários por isso. A maior parte dos contadores deixa essa oportunidade passar em branco quando poderiam atuar na gestão financeira de seus empresários.

 Atuação do contador consultor

 Há diferenças entre um contador comum e um contador consultor. Enquanto o contador comum trabalha apagando incêndiorecebe os documentos para lançamentos atrasados, lida diariamente com reclamações dos clientes e quase nunca consegue negociar os honorários os contadores consultores agregam serviços em que o cliente vê valor, ajudam diretamente na gestão do negócio, recebem honorários melhores e são vistos como indispensáveis para os empresários.

Isso acontece porque os contadores consultores atuando na gestão financeira das empresas, dão clareza às entradas e saídas que a empresa teve, avaliam alterações que tiveram ao longo do tempo e ajudam a realizar projeções para próximos meses. A gestão financeira é que vai levar a uma boa gestão da empresa. 

É importante ressignificar o papel do contador no Brasil. Além do contador tomar conta da conformidade ele pode ajudar na parte financeira, na gestão financeira. É uma forma de invés de ser encarado como um mal necessário, ser quem ajuda a promover o sucesso do empresário, o conselheiro. 

Qualidades essenciais

E será que qualquer contador pode se tornar um consultor? Existem algumas qualidades que são passos largos na caminhada de um contador comum que quer se tornar contador consultor. A primeira delas é não se contentar em fazer o básico. 

A rotina diária pode deixar o profissional acomodado, às vezes até com medo, para evoluir e acompanhar as evoluções do mercado. Mas isso não deve ser impedimento para o contador que deseja se tornar um contador consultor. A evolução deve ser constante, em conjunto com a busca pelo trabalho de excelência.

Além de não se conformar com o básico, o contador consultor precisa saber se diferenciar. Não adianta querer se diferenciar dos concorrentes oferecendo os mesmos serviços. A gestão financeira é o ponto principal da diferenciação dos contadores consultores. 

Quando falamos em gestão financeira, inclui terceirizar o setor financeiro da empresa de seu cliente. O chamado BPO financeiro, que significa Business Processing Outsourcing. 

O BPO financeiro permite que o contador consultor levante todos os dados financeiros e contábeis da empresa, gerando integração entre as duas áreas. Isso faz com que os lançamentos contábeis sejam muito mais rápidos e precisos, porque os lançamentos das entradas e saídas realizados são utilizados pela contabilidade. É um meio de deixar o trabalho de fechar a contabilidade mais rápido.

Um outro ponto chave na qual o contador deve se dedicar é saber vender. A negociação está presente o tempo todo, com a família, com a equipe, com os futuros clientes e para o cliente atual. 

Os contadores têm que entender que o serviço contábil é um contrato de trato continuado, se propaga no tempo. É como no casamento. É necessário reconquistar a esposa ou o marido todos os dias,.

O processo de vendas é muito poderoso. Os contadores precisam olhar com mais carinho para esse ponto porque uma boa venda gera uma boa entrega. Muitos negócios contábeis não são fechados, pois o cliente não soube realizar o processo de vendas correto. Ou não souberam precificar e ao longo do tempo o contrato vai se tornando um fardo, pois o nível de cobrança e demanda é intenso.

Até sobre quais atividades os clientes têm de fazer para ter uma boa contabilidade, como mandar as transações realizadas para o contador sem atrasos, são fruto de um mau processo de negociação das vendas.

Com o passar dos dias fica cada vez mais clara a necessidade dos contadores se reinventarem. Já não basta oferecer o básico, os serviços de conformidade tem o seu preço reduzido todos os dias. A única maneira do contador se valorizar é oferecendo algo a mais, algo que possa ajudar as empresas a dominarem as suas finanças e crescerem, fazendo a empresa contábil crescer junto.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.