x

TRIBUTÁRIO

Produtos que você não sabia que são fabricados na ZFM

As empresas da ZFM são responsáveis pela fabricação de diversos produtos que utilizamos diariamente em nossas casas.

28/03/2024 21:30:01

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Produtos que você não sabia que são fabricados na ZFM

Produtos que você não sabia que são fabricados na ZFM

A Zona Franca de Manaus (ZFM) é frequentemente criticada pela quantidade de subsídios que recebe.

Porém, pouca gente sabe que a Zona Franca de Manaus concentra um enorme e moderno polo industrial, no qual são fabricados produtos que utilizamos diariamente.

A lista de produtos fabricados na ZFM é imensa, mas podemos destacar os seguintes:

  • Aparelhos de ar-condicionado;
  • Televisores;
  • Canetas;
  • Isqueiros;
  • Baterias elétricas;
  • Bicicletas e bicicletas elétricas;
  • Celulares;
  • Computadores;
  • Motocicletas;
  • Terminais bancários;
  • Repelente de mosquitos;
  • Tornozeleiras eletrônicas;
  • Aparelhos de ginástica;
  • Lâmpadas LED.

Os benefícios tributários federais e estaduais incentivam a fabricação de produtos na ZFM.

As empresas acessam os benefícios por meio da aprovação de projetos econômicos. A fabricação de produtos beneficiados pelo modelo da Zona Franca de Manaus deve seguir o respectivo PPB – Processo Produtivo Básico.

As etapas mínimas de produção definidas pelos PPB’s garantem que o produto receba os benefícios da ZFM.


Artigo por Thiago Mancini Milanese - Advogado e sócio do escritório GRM Advogados, especialista em Direito Tributário pela Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas.

Leia mais sobre

O artigo enviado pelo autor, devidamente assinado, não reflete, necessariamente, a opinião institucional do Portal Contábeis.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.