x

Empresarial

Como avaliar o valor de uma empresa para venda

Sempre quando se fala em venda de uma empresa, existe a opinião, que o valor é calculado sobre o faturamento da empresa.

26/04/2021 09:15:02

2,7 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Como avaliar o valor de uma empresa para venda Foto: Witthaya Prasongsin/Getty Images/pikpng

Sempre quando se fala em venda de uma empresa, existe a opinião, que o valor é calculado sobre o faturamento da empresa.

Ouve-se falar também, que com a soma de todo o ativo da empresa já se terá o resultado.

Uma empresa pode gerar um faturamento considerado alto, porém pode ter despesas maiores que este.

Pode também ter um patrimônio avaliado em milhões e ter um passivo maior que toda a sua estrutura.

Com o conhecimento técnico, é possível avaliar a atual situação da pessoa jurídica, e o que ela pode render no futuro, sempre aplicando as técnicas necessárias.

A Técnica mais utilizada para avaliação de empresa é pelo “Fluxo de Caixa Descontado”.

No Fluxo de Caixa Descontado é encontrado o valor presente da empresa, levando em consideração o que ela pode gerar no futuro, nesta técnica, são consideradas duas variáveis, muito importantes, retorno e risco.

Outra técnica bastante utilizada é a “Múltiplos de Mercados”, o qual compara o desempenho econômico de outras empresas do mesmo setor.

Em algumas empresas apenas a marca, já corresponde uma parte significativa de seu valor.

Existem outras técnicas, que também podem ser utilizadas, cabendo ao comprador e vendedor avaliar qual melhor se aplica em seu negócio, sempre estando assessorado por um profissional com expertise na área.

Assim, sempre esteja assessorado por um profissional da área, com experiência e expertise, para que possa te ajudar na melhor decisão.

Alexandre Dell’ Orti – Contador

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.