x

INSS

Calculadora do INSS. Posso confiar?

Saiba as vantagens e desvantagens da simulação apresentada pelo sistema do INSS.

09/05/2022 17:00:01

3,8 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Calculadora do INSS. Posso confiar? Pexels

Pensando em se aposentar?

Você até já deu aquele Google e buscou informações sobre as mudanças nas regras para aposentadoria, mas ainda assim tem algumas dúvidas.

Acessou o aplicativo ou site do MEU INSS, e verificou que lá no simulador tem os requisitos e cálculo automático, mas fica a dúvida se as informações que estão ali são suficientes e corretas para pedir a tão sonhada aposentadoria.

Pensando nisso, resolvi falar da maneira prática e de fácil acesso: Calculadora do INSS para contagem da sua aposentadoria.

Após as mudanças nas regras da aposentadoria (lá em novembro de 2019), o INSS ficou um tempo sem possibilitar que você tivesse essa informação diretamente no site, e tudo isto porque estava atualizando a calculadora para que gerasse a simulação das regras de transição.

Agora ao acessar seu cadastro no MEU INSS você consegue simular sua aposentadoria, e isso facilita muito para seu pedido, não é mesmo?

Depende. A calculadora do INSS, é uma ferramenta excelente para alguns e pode causar desvantagens para outros, e por isso vou destacar as principais vantagens e desvantagens.

Vantagens: Prático e de fácil acesso. Basta acessar com seu CPF e senha e você terá acesso a simulação em todas as regras.

Desvantagens: não leva em consideração todas as variáveis, como: erros e ausências no CNIS, conversão de períodos especiais, e ainda possibilidades de aposentadorias melhores.

Também não realiza projeção de como melhorar sua aposentadoria, e nem te informa se compensa ou não recolher contribuições em atraso.

Se você busca informações sobre aposentadoria sempre confira todas as regras e informações do seu CNIS.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.