x
CONTEÚDO artigos

Empresas de materiais para construção terceirizam serviços contábeis, por quê?

A pesquisa teve como objetivo verificar quais foram os fatores que levaram as empresas de materiais de construção a optar pelos serviços contábeis, destacando as vantagens e desvantagens.

27/09/2012 11:41:30

3,1 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Os serviços contábeis são fundamentais para as organizações empresariais. Muitas procurando reduzir custos, e utilizam-se da terceirização destes serviços. Este procedimento é muito utilizado pelas microempresas, empresas de pequeno e médio porte, por ser inviável manter estes serviços dentro do recinto da própria empresa (NUNES, 2009).

O artigo teve o objetivo geral de verificar quais os fatores que levam as empresas varejistas de materiais de construção de Tangará da Serra – MT a terceirizarem a prestação de serviços. Como objetivos específicos: analisar se as prestações de serviços contábeis auxiliam na tomada de decisões; as vantagens e desvantagens de terceirizar o serviço contábil.

Foi realizada uma pesquisa bibliográfica no que se refere às atribuições do contador e levantamento, survey, para obter os dados junto às empresas. O universo de empresas em Tangará da Serra é de 22 empresas.

Resultados e Discussão

Os resultados obtidos nas empresas sobre a função que o contador exerce na organização. Os resultados apontaram que a maioria dos entrevistados, 45%, vê o papel do contador como apenas para apurar os impostos a serem pagos. Percebeu-se que a assessoria para tomada de decisão é o papel secundário que o contador deve exercer nas empresas varejistas de materiais de construção. Essa postura contrapõe-se à doutrina contábil que estabelece que o contador deveria ser fonte de informação para a decisão gerencial.
Percebe-se que há igualdade entre as formas utilizadas das informações contábeis pelas empresas: em apenas atender as exigências do Fisco e também para traçar metas e desenvolver ações de crescimento da empresa, com 42% cada. Já 11% dos entrevistados preferiram não informar de que forma são utilizadas as informações dentro da organização, outros 5% definiram que obtêm as informações para saber sobre o giro do estoque, qual produto tem uma demanda e oferta mais em evidência do que a outra.
Foi avaliado a importância e o grau de satisfação dos serviços contábeis dentro do ambiente organizacional respectivamente, nota-se que 89% dos entrevistados afirmam que a contabilidade é uma ferramenta gerencial muito importante para tomada de decisões e outros 11% classificam como importante.
No mesmo pensamento foi analisado o grau de satisfação sobre os serviços prestados, 74% alegaram estarem satisfeitos com as informações prestadas, em contrapartida 21% não estão satisfeitos, e outros 5% preferiram não opinar sobre o assunto.

Os entrevistados que apontaram que o papel do contador na empresa tem como fundamento atender o fisco, também afirmaram que utilizam os serviços para apurar os impostos a serem pagos. Outro fato relevante é que outros 75% afirmaram que o papel do contador na organização é de traçar metas para o desenvolvimento dos objetivos ou uma ferramenta importante para a tomada de decisão.

Nota-se que 68% dos empresários continuariam usando a contabilidade nas organizações, porém há um risco para 21% dos entrevistados na qual apontaram que não utilizariam os serviços, deixando a empresa exposta ao não conhecimento de custos, giro de estoque, análise de liquidez e consequentemente o descontrole administrativo.
Foi verificado que 58% das empresas entrevistadas recebem essas informações mensalmente, outros 32% recebem semanalmente e 10% dos entrevistados não expuseram sua opinião ou não souberam responder a periodicidade das informações, atribuídos 5% para cada.
Através do detalhamento das respostas dos entrevistados sobre as vantagens e desvantagens da terceirização dos serviços contábeis, 2 entrevistados apontaram somente desvantagens na terceirização. Os entrevistados que apontaram a redução de custo como vantagem, apontaram como desvantagem, principalmente, a perda de prestigio no mercado. Em contrapartida nota-se em que outra boa parte dos entrevistados afirmaram que é desvantagem em relação aos serviços contábeis que não contribui com a competitividade do produto no mercado de trabalho (12 entrevistados), porém 13 empresários apontaram que seria vantajoso a terceirização para melhorar a qualidade do serviço que a empresa de comércio de materiais para construção oferece aos seus clientes, o contador pode analisar o que está sendo vantajoso em saída de estoque ou centralizar o investimentos em propagandas, em inovação de estoques, em treinamento de pessoal entre outros fatores que contribuam a qualidade do serviço.
Os resultados apontaram que a maioria dos entrevistados, perante aos serviços contábeis levantados para a pesquisa, afirmaram que a análise da elaboração de balanços e demonstrações (89%), encaminhar declarações (100%), apuração e controle de lucros/prejuízos (89%) e a elaboração de processos governamentais (89%) foram pontos que destacaram diante dos outros como serviços feitos exclusivamente pelo contador. Percebeu-se também que algumas empresas não utilizam a reavaliação de ativos (56%), mesmo existindo legislação prevendo as práticas para esse procedimento.

Considerações Finais

O artigo teve o objetivo geral de verificar quais os fatores que levam as empresas varejistas de materiais de construção de Tangará da Serra – MT a terceirizarem a prestação de serviços. Foi verificado que a contratação dos serviços terceirizados contábeis possui vantagens e desvantagens, na qual é destacado um ponto importante, que caso seja mal utilizado pode se tornar um risco para a empresa, que é a redução de custos, pois não havendo uma administração correta e decidida pode ter a perda de qualidade do produto e a descentralização de informações. Obteve-se como fatores determinantes para a terceirização a qualidade nos serviços prestados e a redução de custos. A finalidade seria contribuir tanto aos contadores quanto aos administradores, para que haja harmonia em relação ao trabalho um para com o outro.

Referências

IMHOFF, Márcia Moraes; MORTARI, Aline Perico. Terceirização, vantagens e desvantagens para as empresas. Santa Maria: 2005.
MARTINS, Sérgio Pinto. A Terceirização e o direito do trabalho. São Paulo: Atlas, 2001.

NUNES, Sandra M. A. Terceirização de serviços contábeis: um estudo de caso na tropical calçados. Juína – MT: 2009. < http://www.biblioteca.ajes.edu.br>. Acesso em: 10 de Novembro de 2011.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.