x
2020-04-10T06:48:15-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

ASSUNTOS ACADÊMICOS

respostas 1

acessos 127

Expectativas ao Cursar Ciências Contábeis

há 16 semanas Sexta-Feira | 10 abril 2020 | 06:48

Olá amigos. Creio que aqui deve haver profissionais muito experientes e que possam me ajudar com meu dilema.

Eu curso o 3° Semestre de Ciências Contábeis, tenho 20 anos e estou com dúvidas em relação ao meu futuro.

Contabilidade não é exatamente o que eu esperava, cai no conto de que envolveria muita matemática, mas na verdade tem muito mais haver com o direito e eu nunca gostei do direto.

Ainda não trabalho na área contábil e tenho dúvidas em relação ao mercado de trabalho, há diversas matérias que apontam que no futuro proximo a contabilidade, será grande parte feita por meio eletrônico, e que a função do Contador será a de pensar e traçar estratégias, com isso o a demanda por profissionais da área diminuirá e sobrarão apenas vagas para os mais bem preparados, com elevadíssimo nível de conhecimento. Acham que para mim que estou começando a carreira agora, tem espaço nas funções que abrangem as Ciências Contábeis? Pensando no futuro.

Além disso, por ter criado expectativas errôneas sobre a graduação, me pergunto se devo trocar de área, pelo que li, as funções mais simples relacionadas a contabilidade são repetitivas e envolvem mais digitar do que pensar. Você terá de lidar muito mais com uma máquina do que com as pessoas. Eu não quero fazer isso por muito tempo da minha vida.

Quando ingressei no curso pensei que ele poderia me abrir oportunidades para cargos  onde pudesse expor minha opinião e participar efetivamente do resultado da empresa e envolveria muitos cálculos, não apenas fazer lançamentos e olhar para um computador o dia inteiro.

Acham que eu devo trocar de curso, pois essa é a realidade que terei de enfrentar seguindo essa carreira ou eu estou errado? Se trocar poderiam me indicar outro curso em que eu posso aproveitar os conhecimentos obtidos  em Contábeis? Estava pensando em Ciências Econômicas.

Peço desculpas aos profissionais da área que lerem este texto e ficarem chateados. Sei da importância da Contabiliade na nossa sociedade, tenho professores/ contadores, muito experientes e qualificados que amam essa profissão. Minha principal dúvida é se esse curso vai me render bons frutos no futuro e se eu vou gostar da área.

Trocar de área é uma decisão importante, tenho medo de permanecer e de trocar, se puderem me ajudar fico agradeciso. 

há 16 semanas Segunda-Feira | 13 abril 2020 | 08:17

Olá Vitor, fico feliz em poder enxergar sua exposição sincera e seu conflito eminente sobre as ações e reações contábeis no decurso de nossas vidas. Gostaria de fazer algumas ressalvas e exposições sobre seu posicionamento do meu ponto de vista, finalizei o curso em 12/2019 e espero poder ajuda-lo:

Contabilidade não é exatamente o que eu esperava, cai no conto de que envolveria muita matemática, mas na verdade tem muito mais haver com o direito e eu nunca gostei do direto.
A contabilidade conta com diversas áreas de atuação  e tem toda a ergonomia de que necessita seus profissionais e usuários, não se deixe levar pelas matérias que o curso te oferta e acreditar que apenas tratamos de ordenamentos jurídicos,  a educação é a base para desenvolvermos nossa apreciação por áreas especificas, é impossível dominar determinados assuntos com apenas alguns semestres. Então, decida-se pela grade contábil (ao analisar o curso como um todo) e por áreas de especialização e não somente pelo que vê nos primeiros períodos.  

 há diversas matérias que apontam que no futuro próximo a contabilidade será grande parte feita por meio eletrônico, e que a função do Contador será a de pensar e traçar estratégias, com isso o a demanda por profissionais da área diminuirá e sobrarão apenas vagas para os mais bem preparados, com elevadíssimo nível de conhecimento.
Esse é o caminho para o qual todas as profissões estão sendo levadas,  e a demanda de trabalho sempre será determinada pelo grau de empenho e desenvolvimento de cada profissional, o mercado será sempre competitivo e inovador, e é natural que ele selecione os melhores perfis para destaca-los. Não se deixe levar por essa ideia, pois para um profissional dedicado dificilmente faltará mercado, nem tampouco serão esses substituídos por máquinas ou softwares, este é um complemento daquele.

Quando ingressei no curso pensei que ele poderia me abrir oportunidades para cargos  onde pudesse expor minha opinião e participar efetivamente do resultado da empresa e envolveria muitos cálculos, não apenas fazer lançamentos e olhar para um computador o dia inteiro.
Sobre essa expectativa me permito entender seu anseio, e aconselho completando a resposta anterior, se decidir pela profissão busque a melhor área de profissionalização que se adapte as suas expectativas e habilidades, não se prenda a um tradicionalismo hora citado por alguns que não se dispuseram a essa inovação profissional ou que se sentem felizes e dispostos em realizar o seu serviço da maneira que o fazem.
 
Acham que eu devo trocar de curso, pois essa é a realidade que terei de enfrentar seguindo essa carreira ou eu estou errado? Se trocar poderiam me indicar outro curso em que eu posso aproveitar os conhecimentos obtidos  em Contábeis? Estava pensando em Ciências Econômicas.
Por fim, a decisão é unicamente sua e não pode se basear no sucesso ou insucesso de outrem, deve se basear na sua vontade e determinação de fazer dar certo ou de mudar enquanto há tempo. O que posso lhe assegurar é que a decisão sensata deve ser agarrada com seriedade, e fazer o máximo possível para que as coisas deem certo. Minha decisão foi assertiva, pois me sinto realizado por fazer parte dessa classe que é muito importante  para o exercício da cidadania. Se precisar de ajuda estou a disposição. Espero ter ajudado.

Com apresso, 
Charles Oliveira

Charles Oliveira
"A boa educação é moeda de ouro. Em toda a parte tem valor."
Padre Antonio Vieira
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.