x

FÓRUM CONTÁBEIS

AUDITORIA E PERÍCIA

respostas 2

acessos 42

salario maternidade mei

Mario

Iniciante DIVISÃO 1, Engenheiro(a) Autônomo
há 8 semanas Quarta-Feira | 11 setembro 2019 | 16:29

possuo  registro no mei  de 07/2017 onde fiz o primeiro pagamento em dia, ate a data de hoje 11/09/2019 onde todas as das estão pagas. porem foram pagas fora  de data meu filio nasceu em fevereiro, as das estava pagas porem em atraso a carência de 10 meses antes do meu filho nasce tem que se em dia, ou conta desde a primeira quando me filiei ao mei. quando pago atrasado eu perco os direitos apos quantas contribuições em dia eu teria meu direito garantido ou nunca mais teria, uma vez que o auxilio pode ser pedido em ate 5 anos apos o nascimento. se eu pagar as próximas 10 em dia, eu terei direito

Thiago A. de Castro

Prata DIVISÃO 3, Auxiliar Escritório
há 8 semanas Quinta-Feira | 12 setembro 2019 | 07:58

Mario, aconselho a entrar no site da previdência que foi reformulado para resolução da maioria das questões via internet, e caso não resolva ligar no 135 para ai sim da solução á você.

Espero ter ajudado.

Jefferson Silva Damasceno

Prata DIVISÃO 1, Contador(a)
há 8 semanas Quarta-Feira | 18 setembro 2019 | 00:36

Boa noite Mario!

Informa-se que os pagamentos em atraso não contam na carência e se houve pagamentos atrasados, continuamente, pode ter perdido a qualidade de segurado. E para recuperá-la não pode existir pagamentos atrasados até cumprir toda a carência, pois caso contrário irá prevalecer sem a qualidade de segurado ou podes demorar em adquiri-la sendo justamente no período de nascimento do seu filho.

Atenciosamente,


O senhor é o meu pastor! Nada me faltará!

Jefferson Silva Damasceno
CRC/DF: 017827/O-2 - CNPC/CFC: 2541
Fones: (61) 9 8561-6413 / 9 9191-8590 (whatssap)
e-mail: jefferson.jud.unb@gmail.com
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.