x
2020-11-05T17:15:11-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

AUDITORIA E PERÍCIA

respostas 1

acessos 59

imposto honorários periciais

há 10 semanas Quinta-Feira | 5 novembro 2020 | 17:15

Boa tarde, 
Recebi honorários periciais de processos em que não foi gratuidade de justiça e sim custeado pelas partes. Dessa forma, a empresa que custeou os processos fez o depósito em conta judicial e assim que houve a expedição do alvará judicial, o valor foi transferido para minha conta bancária. 
Não houve retenção de imposto em nenhum momento. Minha dúvida é como faço para pagar esse imposto? Penso que é via carnê leão, porém quando coloquei que o pagamento foi realizado por pessoa jurídica ( codigo 2000 no carne leão), não aparece nada no demonstrativo de apuração e não tenho a opção de gerar DARF paga pagamento do imposto.
Poderia colocar pagamento feito por pessoa física e não colocar nenhum CPF e descrever que é pagamento de honorário pericial?
São pagamentos feitos por empresas, seguradoras, etc. em que não possuo nenhum vínculo empregatício, apenas sou auxiliar da justiça, prestando serviço para o Tribunal de Justiça, mas ao mesmo tempo não é o Tribunal que está me pagando tais honorários.
Desde já muito obrigado pelas respostas.

há 4 semanas Sábado | 19 dezembro 2020 | 15:33

Boa tarde, Dr. Gabriel. 

Sou perito contábil e também recebo pagamentos referente a honorários periciais, ao elaborar a petição solicitando a liberação do alvará costumo calcular e informar o valor do imposto que será retido e nesse caso o próprio tribunal faz a retenção liberando somente o valor líquido dos honorários. Fica a dica para os próximos recebimentos de alvará.

Para o seu caso específico, seria válido tentar solicitar ao pessoal do tribunal que emitissem um DARF para retenção de IR e você realizaria o pagamento. 


Leandro Baltazar
Perito-contador

Site: precisaocp.com / whatsapp (21) 98584-8343
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.