x
2019-01-11T15:16:13-02:00

FÓRUM CONTÁBEIS

CONTABILIDADE

respostas 4

acessos 964

Venda do Ativo Imobilizado Que Foi Integralizado no Contrato

há 1 ano Sexta-Feira | 11 janeiro 2019 | 15:16

Boa tarde Caros,

Estou com dúvidas referente a venda de um ativo imobilizado (veículo) poderia me orientar?

Empresa: Ltda
Seguimento: Locação e comércio de máquinas de Epis
Regime Tributário: Optante pelo Simples Nacional

Quando a empresa foi constituída a cerda de 2 anos, um dos sócios integralizou uma parte do capital social dando como garantia um veículo, porém a empresa não emitiu a NF dando entrada referente a este veículo, e a cerca de 6 meses o sócio da empresa informou a contabilidade que vendeu o veículo.

Minhas dúvidas são:

1. Como fazer a baixa desse ativo, uma vez que consta no contrato social? Terá que fazer alteração no contrato?

2. Na questão dos impostos referente a ganho de capital, não tem nem como calcular porque o veículo está em nome de pessoa física, poderiam me orientar?

há 1 ano Sexta-Feira | 11 janeiro 2019 | 23:50

Thais,

Você afirma que o veículo foi dado em garantia; ora, se isso ocorreu o bem nunca foi de propriedade da sociedade. Logo, é necessário verificar o que diz o contrato.

Se houver declaração de que houve a transferência da propriedade para a sociedade, você deve dar entrada no bem no ativo imobilizado e dar baixa quando da venda e se o sócio embolsou o dinheiro ele deve essa quantia para a sociedade.

Se a venda foi por valor maior que valor da integralização há ganho de capital; se menor, há perda de capital. Em qualquer caso deve ser considerada a depreciação do período.

há 5 semanas Sexta-Feira | 14 agosto 2020 | 08:35

Bom dia Lucas, tudo bem?

O que decidimos foi dar o mesmo tratamento como se o sócio tivesse efetuado a entrada da nota fiscal, por que nós registramos o veículo na
contabilidade sendo parte do capital de acordo com o contrato social, então
mediante a venda do veículo tivemos que fazer  baixar o veículo e vimos que a empresa obteve ganho de capital e fizemos o recolhimento através do DARF.
Mesmo que o carro estava em nome do sócio e ele não havia feito a  carta para a empresa e nem efetuou a transferência para a empresa.

Espero ter ajudado!

há 2 semanas Quarta-Feira | 2 setembro 2020 | 19:08

BOA NOITE, GOSTARIA DE AJUDA PARA O CALCULO DE UMA DEPRECIAÇÃO DE UMA RETRO-ESCAVADEIRA (NCM 84295900) .
ELA FOI ADQUIRIDA EM 08/09/2014 PELO VALOR DE 195.000,00 E ESTA SENDO VENDIDA AGORA PELO VALOR DE 80.000,00
EM 09/2020. 
NA TABELA DA RECEITA FEDERAL ELE ESTA QUADRADA COM A VIDA ÚTIL DE 4 ANOS E 25% DE DEPRECIAÇÃO.
REF.NCM  |                                    BENS                                                                                              |    PRAZO DA        |   TX ANUAL              
                  |                                                                                                                                            |VIDA UTIL (ANO) |  DE DEPRECIAÇÃO
_____________________________________________________________________________________________________________________________________
8429         |"BULLDOZERS", "ANGLEDOZERS", NIVELADORES, RASPO-TRANSPORTADORES   |         4                  |             25%
("SCRAPERS"), PÁS MECÂNICAS, ESCAVADORES, CARREGADORAS E PÁS CARREGADORAS,
COMPACTADORES E ROLOS OU CILINDROS COMPRESSORES, AUTOPROPULSORES.
 ____________________________________________________________________________________________________________________________________  
COMO CALCULO ESSA DEPRECIAÇÃO? 
QUAL O VALOR RESIDUAL DELA?
QUAL IMPOSTO A EMPRESA IRA PAGAR SOBRE OS 80.000,00?

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.