x
2020-02-10T11:56:47-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

CONTABILIDADE

respostas 0

acessos 24

PROVISÃO E PAGAMENTO IMPOSTOS - DOCUMENTAÇÃO ANTIGA CONTABILIDADE

há 7 semanas Segunda-Feira | 10 fevereiro 2020 | 11:56

Bom Dia,

Acabei de pegar uma empresa nova, e ao receber o Balanço, DR da outra contabilidade percebi que não foi feito na contabilidade a provisão de um parcelamento junto à Receita (adquirido em 07/2019) e também os impostos não estavam separados  em suas respectivas contas (ao invés de ter no balanço COFINS à Recolher, PIS à recolher e assim por diante, está apenas IMPOSTOS À RECOLHER). A empresa era do Lucro Presumido, agora em 2020 passou para o Lucro Real.

O que estou com dificuldade é que fazendo o pagamento em Janeiro dos impostos referentes à Dezembro, o saldo da conta que era jogado todos os impostos na antiga contabilidade não bate com o valor de todos os impostos pagos. O valor dos impostos pagos é muito maior que o valor que foi feito na conta IMPOSTOS A RECOLHER na antiga contabilidade.

Outro problema é que tem um saldo na conta Provisões Tributárias (no Passivo) e esse saldo nem ao menos bate com o valor do Parcelamento na Receita (imaginei que talvez a antiga contabilidade poderia ter feito o parcelamento nessa conta).

Não sei como proceder com o pagamento do IRPJ, CSLL, PIS, COFINS nem do Parcelamento, já que não gostaria de jogar em despesas. Gostaria de baixar essa conta geral que criaram de IMPOSTOS À RECOLHER e começar a fazer certinho, cada imposto uma conta (PIS A RECOLHER, COFINS A RECOLHER, ETC)

E como não foi feito provisão desse parcelamento em uma conta devida, não sei onde baixar essas parcelas que estão sendo pagas do parcelamento (não gostaria de simplesmente jogar em Despesas com Impostos kk, mas se for o único jeito).

Já pedi Livro Diário para a antiga contabilidade, para ver se entendo melhor o que fizeram, mas até agora não me disponibilizaram.

Se puderem ajudar, Grata.

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.