x
2020-09-07T16:58:03-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

CONTABILIDADE

respostas 3

acessos 121

Fato Curioso e Não tão recorrente

há 7 semanas Segunda-Feira | 7 setembro 2020 | 16:58

Prezados boa tarde!

Gostaria de elucidar um caso para os colegas de profissão se já ouve algum exposto .

Algum tempo atrás houve um fraude no setor financeira da empresa A.
Dessa fraude transferiram 350k da conta corrente da empresa A para diversas outras contas PF's e a empresa A entrou com ação contra o Banco e nesse ano o Banco vai depositar a empresa o valor de saída na época da empresa.

A questão que a empresa A foi venda para grupo X e nessa negociação esse valores foram abatidos do preço e a advogada que está conduzindo esses tramites junto ao banco , nos informou que essa quantia tem que voltar para os sócios antigos.

Ou seja como realizar essa operação de saída dessa quantia da empresa para os sócios antigos? 

Uma vez que entendo que o resultado da empresa vai ser prejudicado se lançarmos diretamente em conta de resultado.
Quais documentos serviram de base - para se fundamentar em futuras auditorias o próprio contrato de venda da empresa para esses novos donos?

Alguém já sofreu esse tipo de operação?

Atenciosamente

há 7 semanas Terça-Feira | 8 setembro 2020 | 15:04

Boa tarde, bem curioso essa fato mesmo!
Se os novo proprietários estão de acordo com a devolução, é simples:  
>Da entrada do dinheiro na empresa:
D - caixa/bancos
C - contas a pagar - proc judicial - passivo circulante
>Da devolução aos antigos sócios:
D - contas a pagar - proc judicial - passivo circulante
C - caixa/bancos
Discriminar no histórico a que se refere esse pagto. citando numero de proc., nomes , etc,
Com relação aos documentos acredito que tanto o processo contra o banco e o contrato de venda da empresa dão suporte para essa movimentação.
Duvida:
Como foi tratado na época essa saída do banco de 350k?  A empresa era lucro real?

Att.
Anderson Kolera Silva
ansilva@ciamuller.com.br
https://www.linkedin.com/in/anderson-n-silva-17948740/
Consultoria e Freelancer:
Lucro Real | DFC - Demonstrativo do Fluxo de Caixa | ECD/ECF | Demonstrações Financeiras | Notas Explicativas |
"Quem come o fruto do conhecimento, é sempre expulso de algum paraíso"
há 6 semanas Sexta-Feira | 18 setembro 2020 | 09:37

Então a empresa é Lucro Presumido.

Mas a questão que tem registrado no Ativo Não Circulante o valor da Fraude - então a operação com a entrada do dinheiro foi :

C- Valores Fraude 
D - Banco Itau ......350.000,00

Problema é fazer essa devolução para essa nova empresa : qual vai ser o contra partida para fechar os valores sem afetar o resultado.

Seria conta do PL redutora?

Pois se registrar diretamente no passivo vai ficar valor em aberto sem contra partida.

Mas ainda não foi definido essa devolução estamos estudando o caso.


E sim foi realizado a Cisão sem esses valores na época e agora a advogada que esses valores e ainda que não aconteça tributação desses valores e nem seria correto também afetar o resultado da companhia em meu entendimento .



Obrigado meu amigos pelos esclarecimentos.

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.