x
2020-10-15T12:02:10-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

CONTABILIDADE

respostas 0

acessos 39

CONTABILIZAÇÃO DE COLETA E VENDA DE LEITE CRU IN NATURA.

há 6 semanas Quinta-Feira | 15 outubro 2020 | 12:02

Recebemos um novo cliente aqui na contabilidade em que eu trabalho, a empresa desse nosso novo cliente está no regime normal, uma entidade sem fins lucrativos que, em uma das áreas de atividades que a empresa exerce é a de compra de leite cru in natura para revender a indústrias, mas fiquei com uma tremenda dúvida a respeito dos processos de contabilização que devo seguir pois a empresa compra e vende o leite da seguinte forma:

O caminhão que pertence a empresa do nosso cliente coleta o leite nos pontos de coleta dos mais de 30 fornecedores cadastrados, cada fornecedor tem seu próprio ponto de coleta e o leite coletado é entregado a indústria para a qual a empresa em questão realiza a venda, porém nenhum documento fiscal é emitido, nem no ato da coleta e nem no ato da entrega até o fechamento do mês, depois que o mês é fechado existe uma negociação para estabelecer o valor a ser pago por cada litro de leite que o laticínio/indústria irá pagar para a empresa do nosso cliente, para que depois a empresa do nosso cliente formule um preço por litro a ser pago para os seus fornecedores cadastrados. A minha dúvida é; como a empresa do meu cliente não estoca o leite coletado de seus fornecedores eu posso realizar o seguinte lançamento?:

Na compra:

D- Estoque de mercadorias =(A.C)
C- Fornecedores de Leite =(P.C)

Para depois que o preço por litro a ser pago pelo laticínio for negociado e o documento fiscal de venda para o laticínio for emitido e a venda for concretizada, eu possa fazer os seguintes lançamentos:

Na venda:

D- Títulos a receber =(A.C)
C- Receita de venda =(C.R)


Na baixa de estoque:

D- Custo de M. Venda (C.M.V) =(C.R)
C- Estoque de mercadorias =(A.C)

No pagamento dos Fornecedores :

D- Fornecedores de Leite =(P.C)
C- Banco ###### =(A.C)

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.