x
2020-11-19T12:13:05-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

CONTABILIDADE

respostas 1

acessos 78

Como contabilizar o que não incorpora ao imobilizado?

há 9 semanas Quinta-Feira | 19 novembro 2020 | 12:13

Colegas, boa tarde. 
Me ajudem?

No dia 02 de janeiro foi adquirido um equipamento de produção pelo valor de R$ 30.000.000,00 pago à prazo.  Foi pago adicionalmente R$500.000 de Honorários profissionais; R$200.000 de Manuseio no recebimento; R$300.000 de Testes de funcionamento; R$ 100.000 de custos administrativos e R$ 200.000 de outros custos indiretos. A vida útil definida pela empresa para o equipamento foi de 10 anos. A depreciação é calculada pelo método linear e começou em Janeiro. O valor residual para venda do equipamento no final da vida útil em R$ 3.000.000,00.

Minha duvida é: como faço o lançamento? 
Sei que honorários, manuseio e testes incluem ao valor do imobilizado. Totalizando então 31.000.000. Mas e os custos administrativos e outros custos indiretos? eu devo contabilizar de que forma?

há 9 semanas Sexta-Feira | 20 novembro 2020 | 11:48

Lorena,
O valor do custo inicial do ativo  imobilizado é formado pelas parcelas referidas nos itens 16 e 17 do Pronunciamento Técnico CPC 27. Vejamos:  
16. O custo de um item do ativo imobilizado compreende:(a) seu preço de aquisição, acrescido de impostos de importação e impostos não recuperáveis sobre a compra, depois de deduzidos os descontos comerciais e abatimentos; (b) quaisquer custos diretamente atribuíveis para colocar o ativo no local e condição necessárias para o mesmo ser capaz de funcionar da forma pretendida pela administração; (c) a estimativa inicial dos custos de desmontagem e remoção do item e de restauração do
local (sítio) no qual este está localizado
.
17. Exemplos de custos diretamente atribuíveis são:
(a) custos de benefícios aos empregados (tal como definidos no Pronunciamento Técnico CPC 33 – Benefícios a Empregados) decorrentes diretamente da construção ou aquisição de item do ativo imobilizado;
(b) custos de preparação do local;
(c) custos de frete e de manuseio (para recebimento e instalação);
(d) custos de instalação e montagem;
(e) custos com testes para verificar se o ativo está funcionando corretamente, após
dedução das receitas líquidas provenientes da venda de qualquer item produzido
enquanto se coloca o ativo nesse local e condição (tais como amostras produzidas
quando se testa o equipamento); e
(f) honorários profissionais.

Os valores que não são agregados de acordo com os critérios acima devem ser imputados ao resultado do período, como despesa. 

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.