x

FÓRUM CONTÁBEIS

CONTABILIDADE

respostas 2

acessos 82

Separação gastos pessoais

Rodrigo

Iniciante DIVISÃO 3, Assistente Administrativo
há 11 semanas Sexta-Feira | 11 dezembro 2020 | 23:45

Boa noite a todos.
Estou fazendo o financeiro de uma empresa mas tenho algumas duvidas referentes a separação dos gastos pessoais.
1) Faz sentido separar os gastos pessoais pagos com recurso da empresa criando um centro de custos para essas contas pessoais? Ou melhor seria criar uma categoria de gastos pessoais?
2) como eu faço com uma despesa para a empresa mas com a nota tirada em nome da pessoa física? Eu registro no centro de custo da PJ ou no centro de custo pf? Ou se for usar as categorias, na da PF ou PJ?
Eu sei que isso deve ser bem básico para vocês, mas ainda não tenho experiências na área contábil, entao quero fazer tudo certinho aqui no financeiro para quando eu for começar a fazer o contabil já estar tudo certinho.
Agradeço desde já.

Moderador

Claudio Rufino

Moderador , Contador(a)
há 8 semanas Terça-Feira | 29 dezembro 2020 | 11:33

Rodrigo,

Estimado, seja bem vindo ao portal, espero que por aqui encontre a satisfação para seus anseios profissionais. Vamos lá!

Boa noite a todos.
Estou fazendo o financeiro de uma empresa mas tenho algumas duvidas referentes a separação dos gastos pessoais.
1) Faz sentido separar os gastos pessoais pagos com recurso da empresa criando um centro de custos para essas contas pessoais? Ou melhor seria criar uma categoria de gastos pessoais?
Essa temática simplesmente não existe, porque jamais devemos misturar o patrimônio da Entidade com o de seus sócios, aqui já há uma infração ao principio contábil da ENTIDADE. O ideal meu caro amigo, nesse caso é mensurar um "Pró-labore" mensal para os sócios, dessa forma estarão dentro das normas e regras do negócio.

2) como eu faço com uma despesa para a empresa mas com a nota tirada em nome da pessoa física? Eu registro no centro de custo da PJ ou no centro de custo pf? Ou se for usar as categorias, na da PF ou PJ?
TECNICAMENTE, se a despesa é de fato da empresa, porque o documento fiscal não fora emitido contra o CNPJ da Entidade? não faz nenhum sentido ter despesas da empresa cadastrada no CPF de seus sócios.

NOTAS:

1 - Sua ideia é boa quando se traduz pela criação de centros de custos, contudo em virtude da "confusão patrimonial" que permeia seu "Financeiro" isso não se aplicaria ou não se aplica;

2 - Os "Gastos Pessoais" pagos com os recursos da empresa, por sí só, se traduzem por um pró-labore "disfarçado", então, qual o problema de simplesmente "Formaliza-lo"? Vai como dica e boa sugestão, até para seu crescimento profissional nessa área contábil, a provocação de uma reunião com os proprietários da empresa e estabelecer que os patrimônios pessoais e empresariais não podem se misturar.

Por fim, a fim de manter o conta corrente da empresa em saúde financeira e estável, os sócios que tiveram suas contas particulares, pagas com recursos da empresa, deverão retornar o valor para o caixa/bancos conta movimento.

Tenha por ai um bom final de ano e, bons estudos!

Empresário, seja prudente, contrate profissional habilitado
Professor de Contabilidade
http://www.fcscontabeis.com.br
http://www.facebook.com/fcscontabeis
http://professorclaudiorufino.blogspot.com/

Rodrigo

Iniciante DIVISÃO 3, Assistente Administrativo
há 8 semanas Terça-Feira | 29 dezembro 2020 | 13:16

Obrigado pela resposta Claudio.
Eu realmente entendo que isto não deveria estar acontecendo, mas infelizmente é complicado mudar a cabeça do empresário.
Mas bem... vamos seguir firmes e fortes buscando a melhora.
Obrigado novamente.

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.