x

FÓRUM CONTÁBEIS

CONTABILIDADE

respostas 3

acessos 89

Saldo aplicação financeira na contabilidade

Michele Aparecida de Almeida de Souza

Prata DIVISÃO 1, Contador(a)
há 45 semanas Quinta-Feira | 21 janeiro 2021 | 10:53

Prezados, bom dia, tenho algumas contas de aplicação financeira que fecham o mês na contabilidade com o valor líquido de ir e o irrf é contabilizado na despesa.
Somos uma empresa sem fins lucrativos, mas eu entendo que deveria deixar o saldo de aplicação financeira no ativo sendo o bruto e só contabilizar o ir no resgate da aplicação, alguém consegue me ajudar ?

Telma Carreira Frate

Ouro DIVISÃO 3, Contador(a)
há 45 semanas Quinta-Feira | 21 janeiro 2021 | 14:54

Boa Tarde

Entendo o certo ser o líquido mesmo, pois descontando o IRRF pois não é seu e sim do governo ou a compensar, então na conta deve ser o liquido e também contabilizado os juros à parte.

Abç

Telma Carreira Frate, empresária, escritório contábil.

Professora , Contadora, MBA em Controladoria, Lato Sensu em Direito Tributário, MBA em Gestão de Pessoas, Coaching e Liderança.
Cursos via vídeo com exercício e apostilas, msgs no privado.

Michele Aparecida de Almeida de Souza

Prata DIVISÃO 1, Contador(a)
há 45 semanas Quinta-Feira | 21 janeiro 2021 | 15:19

Obrigada Telma

Certo, os juros são contabilizados como rendimentos de aplicação financeira. Porém no saldo da aplicação no ativo da empresa fica sempre o valor líquido e não o bruto, o correto não seria deixar o bruto e quando houver um resgate de aplicação financeira, contabilizo o valor de ir descontado do resgate da aplicação.

Telma Carreira Frate

Ouro DIVISÃO 3, Contador(a)
há 45 semanas Quinta-Feira | 21 janeiro 2021 | 15:47

Sim....eu respondi me baseando que não houve resgate..rs

Telma Carreira Frate, empresária, escritório contábil.

Professora , Contadora, MBA em Controladoria, Lato Sensu em Direito Tributário, MBA em Gestão de Pessoas, Coaching e Liderança.
Cursos via vídeo com exercício e apostilas, msgs no privado.
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.