x

FÓRUM CONTÁBEIS

CONTABILIDADE

respostas 2

acessos 63

Venda de Imóveis

Gabryela Ferreira Assolari

Iniciante DIVISÃO 2, Administrador(a)
há 11 semanas Segunda-Feira | 25 janeiro 2021 | 08:59

Bom dia!

Uma empresa, Lucro Presumido, atividade 6810-2/01 - Compra e venda de imóveis próprios, comprou um imóvel por R$85.000,00 e vendeu por R$150.000,00, porém o valor da venda foi abatido em uma dívida de uma segunda empresa do mesmo proprietário, não entrando em espécie para a empresa.
Essa ação é caracterizada como venda da empresa? Será feito o recolhimento dos impostos normalmente? (PIS, COFINS, IRPJ e CSLL) Se sim, como poderá ser contabilizado esse imóvel, na sua entrada e na sua saída?



Atenciosamente,
Gabryela Ferreira

Anderson Kolera Silva

Ouro DIVISÃO 2, Contador(a)
há 11 semanas Segunda-Feira | 25 janeiro 2021 | 18:20

Boa tarde!
Essa operação nao esta correta, fere o principio da Entidade, pois a empresa que esta vendendo nao tem nada haver com a empresa devedora, não tem como registrar essa operação.
O mesmo vai acontecer na contabilidade da empresa devedora, não ter como baixar a divida.

Att.
Anderson Kolera Silva
ansilva@ciamuller.com.br
https://www.linkedin.com/in/anderson-n-silva-17948740/
Consultoria e Freelancer:
Lucro Real | DFC - Demonstrativo do Fluxo de Caixa | ECD/ECF | Demonstrações Financeiras | Notas Explicativas |
"Quem come o fruto do conhecimento, é sempre expulso de algum paraíso"

Eurus Christian Bahniuk

Prata DIVISÃO 1, Contador(a)
há 11 semanas Terça-Feira | 26 janeiro 2021 | 07:26

Gabryela,

Sim, você deverá reconhecer a venda de R$ 150.000,00 e pagar todos os impostos pertinentes a operação.

Quanto ao fato de não ter entrado o recurso, você deverá também formalizar um empréstimo para o proprietário, pagando o IOF devido (mútuo entre PJ e PF). Na outra empresa, o proprietário emprestará o recurso para ela e fará a quitação da dívida.

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.