x

FÓRUM CONTÁBEIS

CONTABILIDADE

respostas 0

acessos 186

Alexandre Robson Zaro

Iniciante DIVISÃO 2, Bancário(a)
há 3 semanas Quinta-Feira | 23 setembro 2021 | 19:29

Preciso efetuar dois lançamentos quanto a proposta que segue:

Uma empresa emitiu 400 debêntures, cada uma a $ 1.000, obtendo um prêmio de 10%. O pagamento será 5 anos (60 meses) após a emissão, com juros de 1% ao mês. O prêmio (ágio) pago pelo investidor ocorre porque as taxas que um investidor recebe, em entidade financeiro, para uma
aplicação de $ 400.000 são de aproximadamente 0,4% ao mês. Quando uma empresa oferece pagar em uma debênture 1% ao mês, como é o caso da Metal América S.A, isso representa mais do que o dobro da rentabilidade do investidor ante o sistema financeiro. Essa grande diferença provoca uma forte procura pelo título, o que acarreta o prêmio no ato da emissão ou lançamento da debênture. O prêmio, neste caso, será de 10% de $ 400.000 = $ 40.000. Esse valor deve ser
considerado uma dívida para com o investidor, uma vez que a empresa só ganhará de fato essa receita financeira quando cumprir as obrigações presentes nos
termos da emissão das debêntures. O investidor pagou um prêmio para receber juros de 1% por 60 meses; portanto, os $40.000 de prêmio só
serão ganhos à medida que a empresa cumpra seus compromissos com o investidor. O prêmio de $ 40.000 deve ser contabilizado como dívida de curto (12 meses) e longo prazo (48 meses) e apropriado por competência como receita financeira.

Solicito a orientações dos parceiros

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.