x

FÓRUM CONTÁBEIS

CONTABILIDADE

respostas 3

acessos 2.609

Classificação de Despesa Software - Orçamentário

LUCAS DA SILVA

Lucas da Silva

Bronze DIVISÃO 2, Assistente Contabilidade
há 1 ano Terça-Feira | 23 agosto 2022 | 16:15

Boa tarde, prezados;

Estou com uma dúvida aqui no trabalho referente a licença de Microsoft e Power BI. 

A minha dúvida é referente se posso classificar essa despesa no grupo de investimento em Intangível ou ela é considerada uma despesa corrente? 

Acho muito deliciado algumas premissas dentro da norma referente a intangível, alguns casos são subjetivos como esse. 

Maria Paula Rahn

Maria Paula Rahn

Prata DIVISÃO 2, Consultor(a) Tributário
há 1 ano Terça-Feira | 23 agosto 2022 | 16:29

Boa tarde Lucas!!!!

Os softwares podem ser classificados como despesas correntes ou como despesas de capital. No primeiro caso, quando a despesa não contribuir, diretamente, para a formação ou aquisição de um bem de capital, a exemplo a locação de softwares, pois se trata de despesa corrente. Quando a despesa contribuir, diretamente, para a formação ou aquisição de um bem de capital, a exemplo do desenvolvimento de software que fará parte do ativo intangível, a despesa deve ser classificada como despesa como despesa de capital, tendo em vista que representa um investimento.

Na minha opinião, deverão ser contabilizados no ativo não circulante. No grupo do intangível, em conta apropriada que poderá denominar-se de SOFTWARE.

Atenciosamente.

A força não provém da capacidade física. Provém de uma vontade indomável.
LUCAS DA SILVA

Lucas da Silva

Bronze DIVISÃO 2, Assistente Contabilidade
há 1 ano Quinta-Feira | 25 agosto 2022 | 10:57

Olá, Maria Paula!!!

Muito obrigado pelo esclarecimentos. Mas ainda fiquei na dúvida, esse contrato da Microsoft como Outlook, são renovados todo ano, seguindo a premissa que é utilizado como ferramenta muito mais interna do que externa, não seria classificado como um uso de licença e mais "administrativo"? É errado ainda sim colocar na despesa corrente? 

Por estratégia Gerencial, o ideal seria ser classificado como Investimento. Mas fico na duvida referente a amortização desses bem Intangível, ele possui contrato e valido de 1 ano com um valor considerável alto para nossa empresa. 

Maria Paula Rahn

Maria Paula Rahn

Prata DIVISÃO 2, Consultor(a) Tributário
há 1 ano Quinta-Feira | 25 agosto 2022 | 11:07

Bom dia Lucas, tudo bem?

A respeito do tópico, com certeza, em âmbito de estratégia gerencial, o melhor seria optar por despesa corrente. Mas se tratando de um investimento, significa que essa despesa irá contribuir diretamente para a formação ou aquisição de um bem de capital... Por isso se enquadra como intangível. Se sua empresa tivesse locado mensalmente sem um contrato anual, aí sim, ela entraria em despesa corrente.

Atenciosamente.

A força não provém da capacidade física. Provém de uma vontade indomável.

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.